Marcos Silva chama Saboia de oportunista e abre crise na ultraesquerda

Marcos Silva ataca Saboia

Marcos Silva ataca Saboia

A coisa não anda muito boa entre os partidos que compõem a ultraesquerda maranhense. O sindicalista e eterno candidato Marcos Silva (PSTU), aspirante ao Senado da República, classificou o adversário Haroldo Saboia (PSOL), de oportunista, e disse estar ansioso para um debate eleitoral com seu adversário.

Já conhecido por utilizar a prática dos ataques contra seus adversários e contra a imprensa que não reza na cartilha “esquerdista”, o folclórico Marcos Silva agora tenta desmoralizar Saboia, que também disputa vaga no Senado Federal.

Ele utilizou o seu perfil no facebook para supostamente lembrar de um episódio que antecedeu a queda do ex-governador Jackson Lago (PDT) do Poder, e em seguida fazer referência ao candidato do PSOL.

“[...] Sempre fiz política com lealdade até com os diferentes. Ao contrário de Haroldo Saboia que é um oportunista na defesa de seus interesses pessoais e tristemente movido por inveja e sempre tentando se esconder atrás da história dos outros sem um propósito político coletivo. Estou esperando esse oportunista em um debate”, disse.

Eu hein…

Nota: Saboia ainda não se manifestou a respeito dos ataques de Silva.

Zeluís Lago tem registro de candidatura deferido pelo TRE

Zeluís Lago e a sua candidata a vice

Zeluís Lago e sua candidata a vice

O candidato do PPL ao Governo do Estado, Zeluís Lago, obteve hoje o deferimento do seu registro de candidatura no Tribunal Regional Eleitoral  (TRE) do Maranhão.

O registro de candidatura do irmão do ex-governador Jackson Lago havia sido impugnado pelo candidato a deputado federal Antônio Ferreira Martins, o Totó Martins (PHS), segundo Lago, aliado de Flávio Dino (PCdoB), sob a alegação de que constavam pendências em sua filiação partidária.

Zeluís Lago, no entanto, provou estar em dias com o PPL, partido o qual ajudou a fundar no plano nacional e exerce a presidência estadual no Maranhão.

Para ele, a impugnação de sua candidatura foi uma espécie de manobra do adversário Flávio Dino, o qual ele também acusa de ter o assediado para servir de laranja na eleição 2014.

A assessoria de Flávio Dino chegou a rechaçar a participação na impugnação de candidatura de Lago, mas jamais se posicionou sobre as acusações do suposto “assédio”.

Lago afirma que é o verdadeiro representante da oposição maranhense e investe no eleitorado deixado por Jackson Lago. Ele vai inaugurar comitês de campanhas nos municípios onde Jackson obteve melhor desempenho eleitoral.

E é exatamente isso que incomoda Flávio Dino…

Mais 12 municípios serão visitados pela caravana do “Pra Frente Maranhão”

Foto Gilson Teixeira -  Lobão Filho em Pastos Bons (2)O candidato ao governo do Estado pela coligação “Pra Frente, Maranhão”, Lobão Filho (PMDB), retoma nesta quinta-feira (31) sua agenda política em 12 municípios do interior. O primeiro compromisso do candidato será em Barra do Corda – cidade localizada no centro geográfico do Maranhão, na confluência dos rios Corda e Mearim. Ainda na quinta-feira, Lobão Filho, lidera caminhadas em Newton Belo e Bom Jardim, retornando a São Luís, às 20h, para reunião e eleição na Famem.

“A nossa meta é visitar todos os 217 municípios do estado para levar a nossa mensagem de fé e esperança de um Maranhão muito melhor para todos. Vamos também dialogar com as mais diversas lideranças políticas e comunitárias e com a população em geral para a construção de um amplo programa de governo que atenda aos anseios da nossa população”, enfatizou Lobão Filho.

Nesta etapa de incursões ao interior, Lobão Filho visita ainda, na sexta-feira (01), as cidades de Pio XII, Satubinha, Altamira do Maranhão e Monção. No sábado (02), o senador visitará Igarapé do Meio, Bela Vista, Pindaré Mirim e Santa Inês, onde realizará um grande comício ao lado dos companheiros de chapa Gastão Vieira, candidato ao Senado e Arnaldo Melo, candidato a vice-governador, ambos pelo PMDB.

No domingo (03), Lobão Filho encerra o roteiro em Tufilândia. “Conclamo a população para participarem de nossos atos políticos e conhecer as nossas propostas de trabalho, bem como fazer sugestões para que possamos aprimorar nosso plano de governo, que será implementado com participação popular e com o apoio e parceria dos gestores municipais”, finalizou o senador Lobão Filho.

Um projeto fracassado

Camelódromo de São Luís fica na Magalhães de Almeida

Camelódromo de São Luís fica na Magalhães de Almeida

O que seria uma solução para, pelo menos, amenizar a invasão da Rua Grande e imediações por ambulantes sem lhes tirar o ganha-pão, o Camelódromo montado na Avenida Magalhães de Almeida na reta final da gestão do prefeito Tadeu Palácio dá seus últimos suspiros e vai entrar para a crônica da cidade como um completo fracasso.

Inaugurado em 2008 com o pomposo nome de Centro de Comércio Informal (CCI), o conhecido Camelódromo não deu certo e logo depois de inaugurado os ambulantes que lá se instalaram começaram a reclamar da queda nas vendas, da falta de consumidores e de publicidade para legitimar o novo espaço comercial. Atualmente, os vendedores estão fazendo o caminho inverso. E logo começaram a deixar as tendas e as barracas preparadas em mais uma ação municipal para voltar ao leito da Rua Grande na tentativa de conquistar os consumidores.

A Associação de Vendedores Ambulantes e Similares de São Luís, diante da ineficácia da iniciativa da Prefeitura de criar o Camelódromo, andou se esforçando para consolidar o projeto, mas não deu certo. Os ambulantes que ainda ali permaneceram continuaram reclamando da falta de consumidores e diziam que já não compensava manter qualquer negócio no espaço. Hoje, alguns lamentam a falta de atrativos e o isolamento do restante do centro comercial. A perda de importância foi agravada pela baixa movimentação e falta de iluminação noturna, presença de moradores de rua e de usuários de drogas, que passavam a noite no local e deixavam sujeira espalhada por todos os cantos do CCI.

A maioria dos vendedores deixou seus pontos de venda e regressaram para Rua Grande e áreas circunvizinhas ou para os canteiros das praças Deodoro e do Pantheon. A maior parte das barracas abandonadas fica nos fundos do Camelódromo, onde há menor fluxo de compradores. As chances mínimas de venda são das bancas mais próximas da avenida, onde os poucos consumidores aproveitam o embarque e desembarque das vans ou ida a comércios próximos para comprar algo.

Outra explicação para o fracasso do Camelódromo foi o aumento do uso de cartão de crédito pelos consumidores. Os vendedores ambulantes não têm acesso a essa tecnologia e por isso não podem vender com pagamento via crédito bancário. A diminuição do uso do dinheiro em papel também agravou a situação dos ambulantes, que, cercados da impossibilidade de venda, estão voltando aos pontos onde o comércio informal já está fora de controle.

Em busca de uma articulação para manter a funcionalidade do espaço, a Associação de Vendedores Ambulantes e Similares de São Luís enviou solicitou à Prefeitura solução para a insegurança no local. Foi-lhe feita uma promessa de solução, só que até agora nada de concreto foi providenciado.

A Prefeitura se mantém silenciosa quanto à possibilidade de revitalização do Camelódromo. Enquanto isso, o caos no comércio informal de São Luís permanece e aguarda o cadastramento e a legalização de vendedores ambulantes, que deveriam ser feitas pela Blitz Urbana. Ações tímidas foram feitas na gestão prefeito Edivaldo Júnior (PTC), mas ainda nenhuma foi notada pela população que vai ao Centro ou pelos comerciantes formais, que sofrem com a concorrência desleal da venda nos camelôs.

Se ao ser inaugurado, há quase seis anos, o Camelódromo foi tido como a esperança de reduzir o número de comerciantes informais no Centro, atualmente ele representa apenas o fracasso e a falta de visão comuns aos gestores do Município de São Luís.

Editorial de O Estado do Maranhão

Assegurada a reeleição de Gil Cutrim na Famem

Gil Cutrim é candidato de chapa única

Gil Cutrim é candidato de chapa única

O prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim (PMDB), será reeleito hoje presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) para o biênio 2015/2016. Ele é candidato da única chapa registrada para o pleito e, assim como na eleição de 2012, tem seu nome como o consenso entre os gestores filiados à entidade.

A eleição ocorrerá hoje, das 8h às 17h, na sede da entidade, situada no Calhau, em São Luís.

A chapa registrada no processo de eleição direta da Famem tem Gil Cutrim como o candidato a presidente; Hernando Macedo (PCdoB), prefeito de Dom Pedro, como primeiro vice-presidente e Filuca Mendes (PMDB), prefeito de Pinheiro, como o segundo vice-presidente. Sérgio Albuquerque (PMDB), prefeito de Primeira Cruz, é o secretário-geral.

De acordo com Cutrim, a nova diretoria da entidade buscará dar continuidade ao diálogo com prefeitos de todas as regiões do estado e pleitear junto ao governo federal e estadual melhorias para os municípios.

O peemedebista falou da articulação que garantiu a sua permanência na federação. “Para mim, é um orgulho muito grande poder gozar da confiança dos meus colegas. A eleição, mais uma vez de consenso, mostra que estamos unidos visando continuar o trabalho em prol do municipalismo”, afirmou.

Ele contabilizou as conquistas obtidas aos municípios. Destacou o oferecimento de novos serviços gratuitos (assessoria jurídica e criação de sites institucionais, por exemplo); realização do projeto Município em Foco; aproximação das gestões municipais dos órgãos de controle externo; realização de duas “Marchas em Brasília” e aproximação dos gestores de instituições que promovem o desenvolvimento.

PT e PMDB definem agenda ‘casada’ no Maranhão

O Estado – Dirigentes do PT e do PMDB, em reunião realizada ontem com lideranças de

Lobão Filho tem o apoio do PT de Dilma

Lobão Filho tem o apoio do PT de Dilma

todos os partidos da coligação “Pra Frente, Maranhão”, definiram detalhes para a intensificação de uma campanha “casada” entre a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e o candidato peemedebista ao Governo do Estado, senador Lobão Filho (PMDB).

Segundo o presidente do PMDB, ex-senador Remi Ribeiro, o objetivo do encontro foi afinar o discurso dos dois principais partidos da chapa para o início efetivo da campanha e reforçar a imagem da presidente ao lado de Lobão Filho e do deputado federal Gastão Veira (PMDB), candidato a senador da coligação governista.

“Há ainda uma certa dúvida sobre quem a presidente Dilma apoia no Maranhão em virtude desse movimento de parte da militância do PT em direção ao nosso adversário. Mas isso acabará com a intensificação dessa agenda conjunta. Não haverá mais dúvidas sobre o fato de que o senador Lobão é o único candidato a governador da presidente Dilma no Maranhão, assim como ela é a nossa única candidata a presidente”, destacou Ribeiro, citando a criação de um comitê de militantes petistas em apoio a Flávio Dino (PCdoB), candidato da coligação “Todos pelo Maranhão”.

De acordo com a coordenadora-geral da campanha de Dilma Rousseff no Maranhão, Berenice Gomes (PT), todos os partidos da coligação deram sugestões para a atuação do comitê de Lula/Dilma/Lobão Filho.

“Essa reunião foi definidora dos próximos passos para a campanha da presidente Dilma

Lobão recebeu o apoio de Lula para a disputa eleitoral

Lobão recebeu o apoio de Lula para a disputa eleitoral

Rousseff no Maranhão. A partir de agora, teremos a intensificação das agendas e um ‘casamento’ maior das imagens da presidente com a dos candidatos do PMDB ao Governo, o senador Lobão Filho, e ao Senado, o deputado federal Gastão Vieira”, declarou.

Observação – Assim como o presidente do PMDB, o estabelecimento de ações conjuntas entre o PT e o PMDB se encarregarão de dirimir as dúvidas sobre com quem os petistas estão efetivamente coligados.

“Nossa coligação formal é com o PMDB, e isso ficará cada vez mais claro a partir de agora. Não rejeitamos nenhum partido que faça parte da coligação nacional de apoio à presidente Dilma, mas trabalharemos para que a realidade local também seja respeitada”, completou.

Berenice Gomes anunciou, ainda, que medidas administrativas podem ser tomadas contra os militantes que se voltaram contra a aliança com os peemdebistas e formalizaram a criação de um comitê pró-Flávio Dino.

“Esse é um assunto sobre o qual não há muito o que se discutir: o partido tem instâncias e um estatuto que precisa ser respeitado. Nós, em âmbito estadual não tomaremos nenhuma decisão sem a anuência da direção nacional, que já nos informou de que um dirigente vem ao Maranhão atuar como observador dessa situação”, completou.

Além do estabelecimento de agendas conjuntas e do “casamento” das imagens da presidente Dilma Rousseff (PT) com a do senador Edison Lobão Filho (PMDB), lideranças do PT e do PMDB definiram nas reuniões de ontem a criação de um comitê conjunto de campanha, para traçar estratégias comuns entre os candidatos a presidente, governador e senador. Dirigentes nacionais do PT devem integrar o grupo de trabalho.

 “Tratamento diferenciado”

A coordenadora-geral da campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) no Maranhão, Berenice Gomes, defendeu, ontem, em entrevista a O Estado, que o PMDB tenha “tratamento diferenciado” por parte da petista quando estiver no estado em campanha.

Segundo ela, o PMDB tem sido leal ao projeto de reeleição de Dilma e isso deve ser levado em consideração na hora da definição das agendas.

“Tenho dito que não podemos despotencializar nenhum dos partidos que fazem parte da aliança nacional pela reeleição da presidente Dilma. Mas não podemos esquecer, também, que o PMDB tem como única candidata a presidente, enquanto o candidato do PCdoB apoia três candidatos a presidente”, disse, lembrando o apoio de Flávio Dino, além de Dilma, a Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB).

Para Gomes, essa lealdade precisa ser compensada. “É claro que, nesse contexto, defendo um tratamento diferenciado ao PMDB e ao candidato Edison Lobão Filho por parte da presidente Dilma e do PT”, pontuou.

Na segunda-feira, dia 28, durante reunião da coordenação nacional da campanha petista, o presidente nacional do partido, Rui Falcão, já havia manifestado a preferência do PT pelo PMDB no Maranhão. “No Maranhão, nós somos PMDB desde criancinha”, disse na ocasião.

Lobão Filho quer promover emprego e desenvolvimento do estado

Lobão com lideranças políticas na cidade de Bacabal

Lobão com lideranças políticas na cidade de Bacabal

O senador Lobão Filho (PMDB), candidato ao governo do Estado pela coligação “Pra Frente, Maranhão”, enfatiza que um dos grandes desafios do seu governo é promover desenvolvimento com geração de emprego aos milhares de brasileiros residentes no Estado.

Segundo, o senador tudo foi pensado e será colocado em prática para fortalecer a economia maranhense, bem como qualificar e aperfeiçoar a mão de obra local para o mercado de trabalho cada vez mais exigente.

Para tanto, um dos focos do Programa de Aceleração do Maranhão (PAM) é “Desenvolvimento e Emprego”, que inclui entre os planos de ações, os programas acessórios “Pro-Agro”, “Gênesis”, “Planeta Maranhão”, “Ampliação da Infraestrutura do Complexo Portuário do Maranhão” e “Parceria Público-Privada (PPP)”.

O programa de PPP prevê atrações de investimentos em infraestrutura, logística, instalação, melhoria e ampliação dos polos industriais, nas zonas urbanas e rurais. “Os recursos estaduais são escassos, então, vamos buscar apoio do empresariado para adotarmos medidas ágeis, eficientes e eficazes para resolvermos os nossos problemas estruturantes. A nossa gestão terá uma visão empresarial com metas e prazos a serem cumpridos”, afirmou Lobão Filho.

O programa Pró-Agro tem por finalidade fortalecer as cooperativas produtivas, pequenos produtores rurais e a agricultura familiar, gerando novos negócios, emprego e renda. “Precisamos evitar o inchaço das grandes cidades, fixar o homem ao campo com reais condições de produzir não apenas para o seu sustento, mas para comercializar o excedente de sua produção, o que vai propiciar aos maranhenses, produto de qualidade e com preços mais acessíveis”, explicou o candidato peemedebista.

Já o Programa Gênesis vai estimular a economia criativa,

Peemedebista tem o apoio do ex-presidente Lula

Peemedebista tem o apoio do ex-presidente Lula

incentivar a criação artística e cultural, profissionalizando os produtores e empresários da área. Outro ponto de destaque é a criação do Planeta Maranhão com a participação de intelectuais, cientistas e pensadores das universidades públicas e privadas do Maranhão. O programa tem a finalidade de consolidar novos paradigmas de desenvolvimento e a integração econômica do Maranhão aos estados do Nordeste, do Brasil e do mundo.

Outra vertente é a ampliação da infraestrutura do Complexo Portuário do Maranhão. “Vamos fazer do Porto do Itaqui um dos portos mais importantes do mundo para colocarmos o nosso Estado no mapa dos grandes exportadores da América Latina, gerando riqueza ao Maranhão e emprego e renda aos maranhenses”, acentuou Lobão Filho, ao anunciar o propósito de “atrair para a área do porto projetos industriais para que o Maranhão seja visto como destino de excelentes negócios no Brasil e no mundo”.

Lobão Filho propõe mudanças na escolha de ministros do STF

De autoria do Senador Lobão Filho (PMDB), candidato ao governo do Estado pela

Lobão Filho/foto: Waldemir Barreto

Lobão Filho/foto: Waldemir Barreto

coligação “Pra Frente, Maranhão”, a proposta de emenda à Constituição – PEC 030/08, propõe alterar o processo de escolha dos ministros do Supremo Tribunal Federal – STF.

De acordo com o texto, o processo de escolha terá início a partir dos três postulantes indicados pelos seguintes órgãos, cada um: Conselho Federal da OAB; Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal; e Comissão de Constituição e Justiça e Redação da Câmara dos Deputados. Em seguida, o próprio STF deve escolher entre os três indicados que serão ainda, apreciados pelo Senado. Finalizando o processo, caberá ao presidente da República a nomeação do escolhido.

Atualmente, a escolha desses ministros é feita pelo presidente da República que tem como critério, brasileiros natos, entre 35 e 65 anos, que possuam saber jurídico e reputação ilibada. Antes de ser efetivada, a escolha deve ser aprovada pelo Senado.

Na justificativa proposta pelo senador Lobão Filho, a mudança deverá assegurar a indicação de nomes de maior sensibilidade política, legitimidade e maior representatividade no meio jurídico e parlamentar. “A escolha dos ministros confere ao Presidente da República um poder indireto sobre a mais alta corte de justiça do país, que deveria atuar com maior independência em relação ao Poder Executivo”, explicou o senador Lobão Filho.

Aposentadoria – Devido ao caráter vitalício do cargo de ministro, os nomeados podem exercê-lo até os 70 anos, quando são aposentados compulsoriamente, por conta da idade limite de aposentadoria dos funcionários públicos determinada pela Constituição Federal.

O prestígio político de Edilázio Júnior

edilázio júnior comitê“Poucos no país têm o privilégio de ter ao seu lado num mesmo evento como este, um ex-presidente da República, um senador da República, candidato ao Governo e um dos mais competentes ministros de estado”.

Foi o que disse o deputado estadual Edilázio Júnior a respeito das presenças do ex-presidente José Sarney (PMDB), ministro de Minas e Energia Edison Lobão (PMDB) e senador Lobão Filho (PMDB), expoentes do grupo político da governadora Roseana Sarney (PMDB), na inauguração de seu comitê de campanha, situado no Renascença, em São Luís.

Edilázio estava acompanhado de prefeitos, vice-prefeito, vereadores e de lideranças comunitárias da capital, quando deu o ponta pé inicial de sua corrida em busca da reeleição.

Ele agradeceu o apoio de Sarney, de Lobão e Lobão Filho, que estava no evento, e foi saudado pelas lideranças políticas do grupo ao qual pertence.

“Chegou até aqui com muito garra e um brilhante trabalho desenvolvido na Assembleia Legislativa. É jovem, competente e será o parlamentar fundamental no governo de Lobão Filho”, disse o ministro Lobão.

“Primeiro quero saudar o dono da casa, o dono dessa festa, que é o deputado Edilázio, pela inauguração de seu comitê de campanha. E quero dizer que sou pé quente. Uma das coisas que meus adversários reclamam, é de que eu nunca perdi eleição”, disse o senador José Sarney, e completou: “Edilázio está bem porque fez um excelente mandato nesses quatros anos. É um jovem capaz, honesto, inteligente, dedicado as tarefas, e nunca ninguém viu o nome dele envolvido em outra coisa a não ser no trabalho. Ele terá uma grande votação, por tanto, vocês [militantes] se mobilizem cada vez mais para a sua vitória”, finalizou.

Lobão Filho também cumprimentou Edilázio. “Não vi aqui para fazer comício para mim. Vim para fazer uma homenagem a este jovem. Já deputado estadual, muito jovem, conseguiu receber o respeito e a admiração de todos os seus pares. Sou amigo de quase todos os deputados estaduais, não há um, entre eles, que tenha dito uma palavra sequer de restrição a você. E isso é algo que não se conquista com favores ou com dinheiro. Só se conquista com trabalho e dignidade. Vamos andar irmanados, caminharemos juntos no Governo do Estado e na Assembleia. Você busca um Maranhão melhor para os maranhenses. Essa também é a minha busca. Vamos trabalhar juntos!”, finalizou Lobão Filho.

Roseana inaugura obras amanhã em Timon e em Matões

Roseana Sarney estará amanhã em Timon

Roseana Sarney estará amanhã em Timon

A governadora Roseana Sarney viaja aos municípios de Timon e Matões, na Região dos Cocais, nesta quarta-feira (30). Acompanhada de comitiva, ela inaugura, autoriza e vistoria obras, em áreas prioritárias como saúde, infraestrutura e desenvolvimento industrial.

“O Governo está realizando mais de 1.300 obras em todas as regiões, o que inclui os Cocais, uma das mais importantes do Maranhão. Vamos a Timon e Matões para entregar serviços e também dar continuidade aos trabalhos já em andamento”, declarou a governadora.

A agenda será iniciada em Timon. Pela manhã, Roseana Sarney e o secretário de Estado do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Maurício Macedo, assinam ordem de serviço para a construção do Parque Empresarial de Timon. O evento ocorrerá no canteiro de obras, na BR-316 (próximo ao posto Estrela – sentido Timon-Caxias). Na ocasião, serão apresentados detalhes do projeto do Parque Empresarial.

Na fase de implantação, a obra vai gerar 300 empregos diretos, com previsão de alcançar 3.400 quando as empresas estiverem em operação, sendo que estas poderão induzir cerca de 17.000 empregos na região.

O Parque Empresarial de Timon está localizado em uma área de cerca de um milhão de metros quadrados, divididos em lotes empresariais, distribuídos em espaço urbanizado com pavimentação, energia, água, drenagem, além de centro administrativo, estacionamento, pátio de carreta, entre outras estruturas. O terreno foi doado pela Prefeitura Municipal de Timon.

Para 2014, está prevista a construção dos parques empresariais de Caxias e de Timon, Imperatriz e Pinheiro. Já numa segunda etapa, será a vez das cidades de Rosário, São José de Ribamar, Codó, Chapadinha, Capinzal do Norte, Presidente Dutra, Santa Inês, Coroatá, Estreito e Alcântara. Estes se encontram em fase de estudos. O investimento é de mais de R$ 40 milhões, dentro do Programa Viva Maranhão.

Vias urbanas e hospital – Na mesma solenidade, Roseana Sarney e o secretário de Infraestrutura, José Raimundo Frazão, autorizam a pavimentação de mais 21 ruas de Timon. A ação contempla os 217 municípios do estado, já tendo asfaltado 1.100 km de ruas e avenidas.

Em seguida, a governadora vistoria as obras de reforma do Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco, iniciadas mês passado. Após a conclusão da obra, a unidade de saúde terá o perfil intensificado, com oferta de serviços de urgência e emergência em cirurgia trauma ortopédica e neurocirurgia, UTI Geral, laboratório de análises clínicas, raio X, ultrassonografia e tomografia.

Matões – Em seguida, a governadora Roseana se desloca para Matões, onde inaugura trecho de 10 km da MA-034, ligando o município ao entroncamento da BR-226, no povoado Baú, pertencente a Caxias.

Ao todo, o investimento é da ordem de R$ 30 milhões, contemplando 71,5 km. A obra faz parte do programa do Governo do Estado cuja meta é ligar todas as sedes municipais por rodovias asfaltadas. Vale destacar que a obra possui duas frentes de trabalho.

Na solenidade, também assina ordem de serviço que contempla a pavimentação da avenida principal de Matões, totalizando 1 km de extensão. O governo também executa serviços de asfaltamento de 4 km de vias urbanas nos bairros Alto da Siriema e Lagoa. A obra beneficia 29.969 moradores. Logo após a governadora retorna a São Luís.