Suspeito de assassinar dois policiais no fim de semana é morto em Bacabal

vitorO homem suspeito de assassinar dois policiais militares no município de Paço do Lumiar no último fim de semana, João Vitor, morreu hoje após trocar tiros com policiais em Bacabal.

Ele havia sido abordado pela polícia, mas acabou reagindo. João Vitor disparou contra os policiais quando foi alvejado.

Outro suspeito, identificado apenas como “Boca” continua foragido.

Roseana inaugura centro tecnológico em Pindaré-Mirim

roseanaA governadora Roseana Sarney (PMDB), cumpriu agenda de trabalho na manhã de hoje, no interior do estado, nos municípios de Santa Inês e Pindaré-Mirim e Pirapemas. O primeiro compromisso foi em Santa Inês, onde acompanhada de comitiva, Roseana Sarney foi recepcionada por deputados, prefeitos e lideranças políticas da região.

No município de Santa Inês, ela visitou a obra de construção do Hospital Macrorregional, de 100 leitos, mais uma ação do Programa Saúde é Vida, e destacou a importância da unidade de saúde para a região. “Este é um dos hospitais que estamos construindo que beneficiará não só os moradores do município de Santa Inês, mas de toda a região. Aqui as pessoas receberão atendimento sem que precisem se descolar para outros municípios, ou mesmo para a capital”, ressaltou.

RreRoseana Sarney, falou ainda sobre o prazo de entrega da unidade hospitalar. “Estamos fazendo de tudo para inaugurar o hospital no mês de dezembro. Caso não seja possível, o que importa é que já asseguramos toda a verba para a construção e a obra já está 90% concluída”, afirmou.

Pindaré – Após a vistoria ao hospital macrorregional de Santa Inês, a governadora e sua comitiva seguiram para Pindaré-Mirim, onde inaugurou o Centro de Capacitação Tecnológica da Universidade Virtual do Maranhão (Univima).

Durante a solenidade, a governadora Roseana Sarney descerrou a placa de inauguração do Centro de Capacitação Tecnológica de Pindaré-Mirim, que fica no km 5 da MA 230. Ela estava acompanhada do secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, José Costa; do prefeito do município, Walber Furtado; dos deputados eleitos, Hildo Rocha, Adriano Sarney, André Fufuca, entre outras autoridades.

Roseana Sarney, falou sobre a inauguração de mais um Centro de Capacitação. “É maravilhoso entregar mais um centro de capacitação em benefício dos jovens de Pindaré. Com esse novo centro, as pessoas poderão se capacitar, aperfeiçoar e competir de forma mais justa por um espaço no mercado de trabalho”, disse.

O Centro de Capacitação Tecnológica, instalado numa área de 2.800m², tem capacidade para atender 500 alunos e conta com salas de aula, laboratórios, sala de vídeo, biblioteca, lanchonete, quadra poliesportiva, entre outros espaços. O investimento para construção foi da ordem de R$ 3.011.023,13.

O secretário de Ciência e Tecnologia, José Costa, ressaltou a importância da concretização do projeto para a região. “Temos aqui um complexo educacional da mais alta qualidade, com salas de aula, laboratórios, que capacitará os jovens da região”.

José Costa destacou, ainda, a importância do Programa Maranhão Profissional. “A peça-chave dos Centros de Capacitação Tecnológica é o Programa Maranhão Profissional, que se propôs a capacitar milhares de jovens maranhenses”, assinalou o secretário.

Feliz com a obra, o prefeito Walber Furtado, agradeceu à governadora pela construção do Centro. “Todos nós, de Pindaré, queremos agradecer especialmente à nossa governadora por nos presentear com uma obra que nos dará muita alegria e que vai realizar o sonho de muitos jovens”, disse.

Ascom

Roberto Costa repreende Othelino

Roberto Costa repreendeu Othelino Neto

Roberto Costa repreendeu Othelino Neto

O deputado estadual Roberto Costa (PMDB) repreendeu há pouco na Assembleia Legislativa, o oposicionista Othelino Neto (PCdoB), que havia criticado uma crônica do ex-presidente da República, senador José Sarney (PMDB), pelo fato de o texto ter sido direcionado à administração municipal de São Luís.

O texto de Sarney foi publicado na edição de domingo de O Estado e tratou dos problemas de infraestrutura da cidade. Othelino tentou fazer uma relação do caos administrativo de Edivaldo Holanda Júnior (PTC), com o grupo adversário, trazendo o já batido discurso dos “50 anos de poder”.

Othelino quis evitar criticas a Edivado, mas recuou

Othelino quis evitar criticas a Edivado, mas recuou

Foi quando Roberto Costa repreendeu Othelino, principalmente pela falta de coerência. “Nós respeitamos o resultado da eleição, o resultado das urnas, agora querer impedir que façamos criíticas a essa administração caótica é demais”, disse.

“A insatisfação com os buracos da cidade não é só do senador Sarney ou do deputado Roberto Costa, é de toda a população que não acredita mais nessa administração. Todos temos o direito e até o dever de cobrar a implantação do bilhete único, o cumprimento da promessa de fazer a licitação das linhas de ônibus, de melhorar a educação, de implantar o VLT. Tudo isso foi promessa de Edivaldo não cumprida. O que não se pode é querer impedir críticas a uma administração desacreditada e que não tem o mínimo de credibilidade”, disse Roberto.

Othelino Neto parece ter assimilado a advertência, e não mais tocou no assunto…

Fábio Câmara aponta déficit de R$ 56 milhões no Ipam

Fábio Câmara apontou dívidas do Ipam

Fábio Câmara apontou dívidas do Ipam

O Estado – Os servidores públicos municipais estão com suas aposentadorias ameaçadas pela insolvência do Instituto de Previdência e Assistência do Município (Ipam). A informação foi dada pelo vereador Fábio Câmara (PMDB) durante audiência pública realizada na tarde de ontem, na Câmara Municipal de São Luís, para discutir o orçamento do Município para 2015.

Segundo Fábio Câmara, a autarquia responsável por gerir a previdência do quadro efetivo de funcionários da Prefeitura tem um déficit de R$ 56 milhões em suas contas. Ele pede a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o rombo no Ipam.

“O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de São Luís apresenta desequilíbrio atuarial, indicando que as receitas previstas em lei somadas ao seu patrimônio serão insuficientes para, no futuro, honrar o pagamento de todas as obrigações previdenciárias devidas aos seus segurados”, discursou o vereador Fábio Câmara, ao alertar sobre o problema na tribuna da Câmara.

O líder da oposição na Câmara acredita que esse buraco financeiro no Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) deve ter sido cavado por má gestão, principalmente com supostos desvios de recursos.

“Esta Casa tem por obrigação investigar as irregularidades nas contas da previdência dos servidores municipais. É por isso que vou propor uma CPI, pois o rombo já compromete a situação financeira do instituto que só consegue pagar a folha dos servidores inativo, graças a uma contrapartida da Prefeitura, no valor de R$ 56.856.006,00″, declarou. O secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento (Seplan), José Cursino

Raposo, protagonizou, durante o evento, uma saia justa ao comentar o assunto. Em entrevista (áudio em anexo), ele admitiu que a autarquia vem onerando as receitas da administração pública.

“O prefeito [Edivaldo Júnior] está agindo no sentido de fazer o Ipam uma administração mais moderna para funcionar dentro dos princípios previdenciários mais contemporâneos que existe e desse modo desonerando o tesouro que ainda banca parte das aposentadorias porque o Ipam ainda não pode (…). Essa é uma situação que onera o Tesouro momentaneamente, mas que está sendo trabalhado no sentido de se mudar essa situação para que o Ipam possa bancar todo esse encargo”, declarou Cursino

Zé Reinaldo confirmado como secretário de Flávio Dino

Flávio Dino confirmou Zé Reinaldo no governo

Flávio Dino confirmou Zé Reinaldo no governo

O governador eleito Flávio Dino (PCdoB) confirmou há pouco por meio de seu perfil no twitter o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) como futuro secretário de estado de Minas e Energia.

Zé Reinaldo resistia em assumir compromisso no Executivo e chegou até a afirma a imprensa que o seu objetivo era atuar na Câmara Federal, para onde foi eleito, mas foi convencido por Dino a abrir mão do mandato no Legislativo para assumir a pasta.

Desta forma, Flávio cumpre acordo com o também aliado Ribamar Alves (PSB), e abre espaço para a suplente, Luana Alves (PSB), que poderá assumir mandato de deputada federal.

Segurança Pública: desafio para Flávio Dino e sua equipe

Polícia Militar em frente ao presído / Arquivo

Polícia Militar em frente ao presído / Arquivo

O governador eleito Flávio Dino (PCdoB) – e seu futuro secretário de Segurança Pública, delegado Jefferson Portela – terão no sistema de Segurança e no combate ao crime no Maranhão talvez o maior desafio do seu início de mandato.

O sistema convive com a desconfiança em relação às ações policiais e conta ainda com a má vontade dos órgãos ligados aos direitos humanos e, sobretudo, com certa leniência da Justiça em relação aos criminosos, presos, em muitos casos, mais de 20 vezes até que mate um dos policiais que o prendeu.

Flávio Dino tem a vantagem de ser oriundo do Judiciário, de ter autoridade sobre seus ex-pares e de saber como funcionam as entranhas da chamada indústria de habeas corpus e Alvarás de Soltura. Além disso, o governador eleito é amigo do secretário de Segurança e correligionário dele no PCdoB. Se a necessidade for apenas a integração entre o comando do estado e o comando da Segurança, o futuro governo não terá do que reclamar.

Mas não há dúvidas de que o problema da Segurança é um dos mais urgentes do estado. E que necessita do apoio de todas as instituições – dos policiais civis e militantes aos sindicatos da categoria; da cúpula da Segurança Pública ao Judiciário, passando pelas entidades de defesa de direitos humanos e imprensa.

Apoio este que a governadora Roseana Sarney não pôde ter, em seus seis anos de governo – apesar dos esforços contínuos para encontrar a solução para o problema – e que enfrentaram boicote aberto dos vários setores envolvidos. É com pulso firme e diálogo que Dino e Portela terão que combater a violência no estado e garantir a Segurança dos cidadãos.

E o desafio é um dos maiores do seu governo.

Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão

Que bom! nenhum dos mais faltosos da Assembleia foi reeleito

Afonso Manoel foi o recordista de faltas em 2014

Afonso Manoel foi o recordista de faltas em 2014

Nenhum dos deputados mais faltosos da Assembleia Legislativa [O Imparcial apresentou a lista hoje] foi reeleito para a próxima legislatura, que se estenderá de 2015 a 2018.

Afonso Manoel (PMDB), que depois de ter perdido a eleição não mais retornou ao local de trabalho, foi o campeão de faltas em 2014.

Do dia 13 de fevereiro até 19 de novembro [semana passada], ele compareceu a apenas 20 das 137 sessões.

O deputado Carlos Filho (PMDB) faltou a 116 sessões somente neste ano. Hélio Soares (PMDB) faltou outras 98 vezes, Cleide Coutinho (PSB) 93; Dr. Pádua (PRB), 88 e Camilo Figueiredo (PR), 86.

Pelo menos nenhum deles retorna ao parlamento no ano que vem…

Edivaldo sem os seus

Edivaldo tem de refazer equipe de governo

Edivaldo tem de refazer equipe de governo

Quando assumiu a gestão de São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) montou uma equipe formada pelo chamado “Grupo do Batista”, reunião de amigos de escola ou de faculdade que dividiriam a responsabilidade da administração com o petecista.

Este grupo tinha nomes como o do empresário Ted Lago e do advogado Felipe Camarão, que sequer chegaram a assumir cargos na gestão de Edivaldo. Reunia inda Rodrigo Marques, que assumiu a poderosa Secretaria de Governo.

O objetivo do prefeito era cercar-se de homens de confiança, que conheciam seu jeito de agir e construiriam uma espécie de “carapaça” no prefeito para o enfrentamento político.

Agora, do “Grupo do Batista”, resta apenas o procurador–geral do Município Marcos Braid.

Rodrigo Marques deixou ontem o posto de comandante do secretariado, após dois anos de intensa pressão da classe política pela sua queda.

Marques blindou Edivaldo da pressão política da Câmara Municipal e dos partidos de oposição, mas não conseguiu “murar” o gabinete principal do Palácio La Ravardière da influência dos partidos que o apoiaram em 2012 e que ganharam ainda mais força, agora, com a vitória do governador eleito Flávio Dino (PCdoB).

O secretário de governo foi vítima do chamado “fogo amigo”; a classe política que cera Edivaldo queria alguém mais fácil no trato dos interesses políticos. E sobretudo que quisesse o link total entre a prefeitura e o novo governo.

A nova configuração do gabinete do prefeito terá agora a influência direta do novo governo.

E o “Grupo do Batista” encerrou sua participação na prefeitura.

Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão

Dois PMs são mortos em troca de tiros em Paço do Lumiar

divulgaçãoDois policiais militares da Tropa de Choque foram assassinados há pouco no município de Paço do Lumiar.

Os policiais, que ingressaram na corporação neste ano, estavam com amigos, numa confraternização no campo do Palmeiras, próximo ao Porto de Mocagituba, quando foram surpreendidos por homens armados que anunciaram um assalto ao grupo.

De acordo com a polícia, os bandidos identificaram que David do Vale e David Chapuy eram policiais – um deles estava armado e ainda trocou tiro com os marginais -, então iniciaram os disparos de arma de fogo.

Um dos bandidos também foi morto. O restante do bando fugiu num Celta preto de placas HJL-4746, que pertence a um Honda Civic cinza, de Ouro Branco MG.

Daivid Chapuy era sobrinho do coronel Ivaldo Barbosa, comandante do Policiamento Especializado (CPL).