Flávio Dino, Embratur e os encontros pelo Maranhão

Flávio Dino em Matões quando deveria estar em Brasília

Flávio Dino em Matões quando deveria estar em Brasília

O presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB), pré-candidato ao governo por apenas uma ala da oposição, pode ter mentido ao Portal da Transparência do Governo Federal – que destaca em sua agenda oficial -, despachos internos em Brasília, quando na verdade ele cumpria compromissos políticos no Maranhão.

Reportagem de O Estado do Maranhão mostra dois exemplos inquestionáveis, com cópia da agenda da Embratur e matérias do Portal Vermelho, que mostram onde realmente estaria Dino em 5 de abril e no dia 1º de março.

No caso mais recente, a agenda oficial registra em 5 de abril, uma sexta-feira, a “leitura e resposta de e-mails, documentos internos e correspondência” pela manhã; e, à tarde, “despachos internos”. Tudo isso em Brasília.

Agenda da Embratur mostra "despachos internos"

Agenda da Embratur mostra “despachos internos”

Mas uma nota emitida pela “Imprensa do PCdoB” vai de encontro ao dado oficial. Segundo o release, Flávio Dino esteve não em Brasília na tarde daquele dia, mas no salão paroquial da Igreja Nossa Senhora dos Remédios, em São Luís.

De acordo com a assessoria do Partido Comunista, a presença do presidente da Embratur deu-se “para planejar uma mudança estrutural e política capaz de transformar os indicadores sociais do estado”. Ainda segundo a nota do PCdoB, “o presidente da Embratur, Flávio Dino, foi convidado a fazer parte do círculo de debates dos movimentos sociais em busca da superação de antigos problemas socioeconômicos do Maranhão”. Dino participou, também no mesmo dia, de uma reunião com o presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), o petista Chico Gonçalves.

Outra possível fraude na inserção das informações do Portal da Transparência, segundo a reportagem, ocorreu no dia 1º de março, também uma sexta-feira. A agenda de Flávio Dino aponta “despachos internos” em Brasília, pela manhã e à tarde. Mas o comunista estava em Matões, no interior do Maranhão, participando das solenidades de entrega de uma quadra poliesportiva e de uma escola, construídas pela Prefeitura. A notícia foi destaque no Portal Vermelho, site mantido em parceria com o PCdoB, e um vídeo do presidente da Embratur discursando foi postado na rede social “YouTube” pelo perfil da direção do PCdoB de São Luís.

Por essas e outras que na semana passada o secretário de estado da Saúde, Ricardo Murad (PMDB), postou em seu perfil no Facebook, criticas ao que ele considerou “abandono da Embratur” por Flávio Dino. Esta semana quem apontou para o comunista foi o deputado federal Chiquinho Escórcio (PMDB). Ele disse que a “Embratur está largada às baratas”. Dino protestou em seu perfil no twitter.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *