Assassino de Décio vai a júri hoje

Jhonatan será julgado por um júri popular

Jhonatan será julgado por um júri popular

O assassino confesso do jornalista Décio Sá, o pistoleiro Jhonatan de Sousa Silva, 25 anos, senta hoje no banco dos réus. Ele desembarcou ontem, por volta das 14h, no aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís, para participar do julgamento de 11 acusados de participação no crime. O pistoleiro paraense que assassinou o jornalista será o primeiro a ser julgado, após um ano e nove meses do crime, que ocorreu por volta das 23h30, do dia 23 de abril de 2012, em um bar na Avenida Litorânea.

Jhonatan chegou em voo comercial da Azul Linhas Aéreas, escoltado por agentes penitenciários federais, transferido do Presídio Federal de Segurança Máxima de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul. Ao deixar o aeroporto, Jhonatan foi escoltado por homens do Grupo Tático Aéreo (GTA) até a sede do Instituto de Criminalística (Icrim) para fazer exame de corpo de delito e depois recolhido em uma cela na Superintendência da Polícia Federal, no bairro Cohama.

Além de Jhonatan Silva, também deve ir a júri popular no hoje Marcos Bruno de Oliveira, apontado como piloto de fuga. Os dois respondem pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e formação de quadrilha.

 De O Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *