Deputados discutem cenário para a eleição da Mesa da Casa

Edilázio acredita que grupo pode lançar nomes para a disputa

Edilázio acredita que grupo pode lançar nomes para a disputa

Os deputados estaduais que pertencem à base do governo Roseana Sarney (PMDB), e que podem formar o grupo oposicionista à administração Flávio Dino (PCdoB) a partir de fevereiro de 2015, já discutem os prováveis cenários para a Assembleia Legislativa.

Um grupo de cerca de 10 deputados já se reuniu em pelo menos uma oportunidade, segundo o líder o Governo na Casa, deputado César Pires (DEM), para avaliar a atual conjuntura e discutir os passos do grupo no Legislativo. Para Pires, o grupo deve buscar a consolidação de espaços e autonomia na próxima legislatura.

Roberto Costa também enxerga possiblidade

Roberto Costa também enxerga possiblidade

“O nosso grupo político ainda não discutiu nomes e sim num primeiro momento apenas uma tese, que é a de espaços dentro da Casa. Num segundo momento é que poderemos aprofundar as nossas discussões e, aí sim, nos posicionarmos em relação a nomes”, explicou.

O líder do Bloco Pelo Maranhão, deputado Roberto Costa (PMDB), afirmou que é importante primar pela independência em relação ao Executivo, mas ponderou que é possível o grupo lançar um nome para a eleição da Mesa Diretora da Casa. “Acredito que nós temos totais condições de lançar um candidato para disputar a presidência. O que precisa haver dentro do grupo é diálogo e unidade em torno de um nome, que tem de ser bom para todos e defenda os nossos interesses”, afirmou.

O líder do Bloco Democrático, deputado Edilázio Júnior (PV), concordou com as palavras de Costa, em relação ao lançamento de um nome do grupo para a eleição da Mesa da Casa. “Se houver unidade e desprendimento é possível fazer um contraponto: eleger um nome do grupo e manter a independência da Casa”, afirmou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *