Flávio Dino diz que CPMF “tá fazendo falta” e defende volta do imposto

dino6Gilberto Léda – Depois de atacar até a imprensa para negar que tenha sido dele a ideia de reinstituir a CPMF com alíquota de 0,38%, durante encontro com a presidente Dilma Rousseff (PT), no mês de setembro (reveja), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), derrubou ele mesmo a própria máscara na manhã desta sexta-feira (30).

Ao discursar para uma plateia de prefeitos maranhenses, na I Marcha Municipalista do Maranhão, evento promovido em São Luís pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), o comunista defendeu abertamente a volta da CPMF, ou de “outra coisa no lugar” dela.

“A CPMF não foi criada na semana passada, a CPMF existiu durante dez anos no Brasil, com alíquota de 0,38%, não era alíquota de 0,20%. E aí, por um momento, o Congresso resolveu acabar com a CPMF. Tá fazendo falta. Ou bota a CPMF ou bota outra coisa no lugar”, disse.

E foi mais longe: criticou gestores públicos que são contra a volta do chamado imposto do cheque.

“Me espanta um gestor público que é contra a volta da CPMF”, completou.

E, assim, cai mais uma farsa…

Clique aqui ou no quadro abaixo e ouça a declaração do governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *