Flávio Dino critica condução coercitiva de Lula pela PF

Dino PF

O governador Flávio Dino (PCdoB) saiu em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e criticou a condução coercitiva realizada pela Polícia Federal (PF) na manhã de hoje.

Para o comunista o ato foi tomado de “espetacularidade”, o que  “conflagra a sociedade”.

Dino afirmou que medidas coercitivas devem obedecer ao princípio da proporcionalidade (necessidade). “Não me parece o caso na condução do ex-presidente Lula”, disse.

Curioso é que Flávio Dino não se manifestou da mesma forma na ocasião da condução coercitiva do adversário político, ex-secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad (PMDB), no ano passado.

Na ocasião, a PF conduziu o secretário para prestar depoimento, mesmo depois de o peemedebista ter se manifestado publicamente, e encaminhado documento para a PF, se colocando à disposição da Justiça para qualquer informação.

Coisas da política…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *