Deputado denuncia má qualidade de obras do Maranhão à PF

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) encaminhou hoje (28) um ofício ao Ministério Público Federal (MPF) e à Polícia Federal do Maranhão denunciando a baixa qualidade de obras do Governo do Maranhão financiadas com recursos de um empréstimo tomado no Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES).

Trata-se de obras entregues e que, em menos de 20 dias, em virtude da péssima qualidade dos serviços, já estão em fase de destruição. Ele deu o exemplo da Ponte do Balandro, em Bequimão, que foi inaugurada há menos de um mês e, segundo o parlamentar, já tem buracos e rachaduras no asfalto.

Em Carolina, foi uma obra do “Mais Asfalto” que se deteriorou em pouco tempo.

“Já fizemos várias denúncias. Nós moradores, percorremos a estrutura a pé para confirmar a má qualidade das obras e sempre saímos do local com certeza de que somos vítimas de uma enrolação e de uma propaganda enganosa. Em alguns pontos, o piso afunda ao ser pressionado por um dos pés. É possível também arrancar com os dedos lascas do asfalto sem qualidade. Imagine quando começar a chover. Estão pensando que nós somos bestas. Tenho certeza que isso não é barato e quem vai pagar somos nós, a população”, denunciou o senhor Raimundo, de Carolina, no sul do Maranhão, segundo a assessoria do parlamentar.

Ao fundamentar a denúncia, o deputado Wellington deixou claro não ser contra a pavimentação asfáltica, mas exigiu a qualidade nos serviços feitos. “Não somos contra a recuperação asfáltica. Ao contrário, o Programa ‘Mais Asfalto’ é uma ideia boa, algo que faria a diferença na vida das pessoas caso fosse feito com seriedade e com responsabilidade. Infelizmente, o que a população encontra é algo de péssima qualidade. Isso pode ser comprovado em Arari, quando menos de 20 dias após a entrega da pavimentação, já era possível comprovar a péssima qualidade do asfalto (saiba mais). O mesmo ocorreu em Carolina, em trechos das avenidas Elis Barros, Frederico Martins e Avenida Brasil. É dinheiro público jogado fora em um asfalto de péssima qualidade evidenciado tanto na capital como no interior do Estado. Algo tem que ser feito diante disso. Não é porque o serviço é público que pode ser feito de qualquer forma. Alguém precisa ser responsabilizado por esse crime”, pontuou o deputado Wellington.

Além das denúncias quanto à qualidade do asfalto, o deputado Wellington ainda apresentou o “absurdo que é se ter dois postes no meio da rodovia MA-272 entre Barra do Corda e Fernando Falcão, o que mostra o verdadeiro desperdiço dos recursos públicos aplicados sem qualquer tipo de qualidade, sem controle e sem fiscalização”, já que, segundo ele, asfaltaram a rodovia mesmo com os postes como empecilhos, transformando-se em chacota nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *