Flávio Dino troca concurso público na Saúde por criação de emprego na Emserh

O governador Flávio Dino (PCdoB) encaminhou Projeto de Lei 270/2017, à Assembleia Legislativa do Maranhão, que dispõe sobre a criação de empregos no quadro efetivo da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh).

O seletivo, que cria 1 mil vagas para a empresa, substitui na prática o concurso público para a Saúde prometido por Dino na campanha eleitoral e reforçado no dia da posse, 1º de janeiro de 2015, quando ele baixou decreto determinado a divulgação de um edital do concurso em até 90 dias.

Trata-se de uma desvalorização aos profissionais da Saúde, sob todos os aspectos.

Ao substituir o concurso público por empregos no quadro da Emserh, o Poder Executivo torna precária a situação do profissional. Ao invés de servidor público, com regimento por uma lei própria, estatuto jurídico, sistema previdenciário dentre outros benefícios, o aprovado no seletivo ocupará posto de empregado público, regido pela CLT, sem estabilidade assegurada.

Em linhas gerais, o aprovado no “concurso” não terá status de servidor público.

Além disso, os vencimentos básicos são baixos, e estão longe de uma valorização tão prometida à Saúde do Maranhão.

A título de comparação: Flávio Dino definiu salário base para Enfermeiro Especialista no valor de R$ 2.500,00.

No último concurso público realizado para o Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), conduzido pela Ebserh, o valor para Enfermeiro generalista [assistencialista] – ou seja, sem qualquer especialização exigida -, era de R$ 5.025,00.

O valor oferecido no referido projeto de lei do Governo do Maranhão para Técnico em Enfermagem é de R$ 1.000,00.

No concurso para o Hospital Universitário, realizado há cerca de 4 anos, o salário para Técnico em Enfermagem era de R$ 2.445,00. Quase o mesmo pago pelo Governo a Enfermeiro, que possui graduação de nível superior.

Uma vergonha.

Odontólogo, Nutricionista, Fisioterapeuta, Farmacêutico, Terapeuta Ocupacional e Bioquímico, também tiveram o salário base fixado em R$ 2.500,00.

Flávio Dino prometeu valorizar a Saúde e o profissional da Saúde no Maranhão. O que promove, com a realização desse seletivo – concurso para criação de emprego na Emsehr -, é justamente o contrário.

Lamentável…

Em tempo: O projeto de lei ainda não foi apreciado na Assembleia Legislativa.

Outro lado

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) comunica que será aberto concurso público para o quadro efetivo da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), com todas as garantias inerentes a um servidor público concursado. A SES esclarece que, diferentemente do sistema de educação e de segurança pública, a prestação de serviços na Saúde não se dá mais diretamente pelo estado, mas por meio de Organizações Sociais e da própria EMSERH, que possuem a gestão das unidades de saúde. Por não mais prestar diretamente o serviço, não faz sentido a existência de concurso público para ocupar vagas no quadro da Secretaria de Saúde. Quanto ao valor do salário base, ele segue os parâmetros praticados no mercado. Por fim, a SES destaca que o último concurso público realizado pelo Governo do Estado para área da saúde aconteceu há 25 anos.

12 ideias sobre “Flávio Dino troca concurso público na Saúde por criação de emprego na Emserh

  1. Quem tá desvalorizado são os concursados como eu. É tanta gente nessas Secretarias que quando precisa carregar uma cadeira, tem três pra pegar em cada perna.

  2. Era de se esperar, condenou tanto a prática de contratação de outras gestões e agora faz o mesmo se a intenção é desvalorizar os profissionais de saúde, pois já conseguiu o feito, salário baixíssimo igual a época de Roseana. Flávio Dino que a população maranhense tenha vergonha e o mande pra sua casa de onde nunca deveria ter saído em 2018.

  3. É mais uma estratégia desse governo que não faz as coisas na íntegra.
    Existem mais de 400 enfermeiros Generalistas que estão trabalhando através de seletivo e essas vagas não foram disponibilizadas no concurso, ou seja, ficaram ai perdurando por vários anos estes profissionais sem concurso público uma vez que as vagas que serão oferecidas no concurso público que está se aproximado é apenas para Enfermeiros com especialização em UTI. Vergonha dessa governo que promete muito e não faz quase nada.
    CADÊ AS VAGAS PARA ENFERMAGEM, SOMOS MAIS DE 400 ENFERMEIROS TRABALHANDO SEM CONCURSO. SÓ VAI OFERECER VAGAS PARA TÉCNICOS??????????

  4. Uma vergonha mesmo, eu vir quando ele disse que iria fazer concurso, agora ele vem com essa vergonha de seletivo, isso é somente pra eles que pagam bem menos é nós proficionalizantes é que somos prejudicados, nós temos mesmo que não se escrever nesse seletivo, todos nós virar as costas e lutar por nosso concurso e a melhoria dos salários que é uma vergonha, só técnica de enfermagem, o que nós ganhamos é uma vergonha, pois trabalhamos acima das nossas condições,muitas vezes somos humilhados, não temos direito a nada anão ser normas e mais trabalho, mais trabalhos e salários defasados, e se quiser ganhar mais um pouquinho vc tem que trabalhar em 3 ou mais, sem ter direito de acompanhar seus filhos, de passar Natal ano novo festas de aniversário etc, e mesmo ninguém reconhecem, esse salário de técnico é o pior nunca aumenta, eles não perceberam que os técnicos de enfermagem é a base do hospital, gente como somos desvalorizados, e agora vem mais um seletivo que ainda paga pior? quando vai chegar um governos que vai nos notar é reconhecer nosso valor é nos dá um salário dignos para que possamos trabalhar sem nos matar?

  5. Que todos “tentem” resolver essa situação nas próximas eleições. Esta ruim para o povo do MA, ate empresarios estaio vivendo as mazelas da gestão, com impostos altissimos ! Triste ?

  6. ALGUEM SABE INFORMAR SE TEM TICKET REFEIÇÃO PARA FUNCIONARIOS DO EMSERH? E O VALOR? IA TER FAZER O CONCURSO, ASSISTENTE ADM, MAS COM ESSAS DENÚNCIAS DE ATRASO DE SALÁRIO ACHO QUE NÃO VOU MAIS

  7. CERTAMENTE O VALOR É NO BRUTO, QUANDO VIEREM OS DESCONTOS UM TÉCNICO EM ENFERMAGEM DEVE FICAR COM UM SALÁRIO DE 800 E ALGUMA COISA…. É UM DESCASO E DESRESPEITO COM O PROFISSIONAL DE SAÚDE.
    FALTA DE VERGONHA NA CARA FAZER UMA PROPOSTA DESSA E O PODER LEGISLATIVO APOIANDO ESSA PALHAÇADA. NÃO PODERÍAMOS ESPERAR OUTRA COISA DESSES TAMBÉM!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *