Governo vai manter “aluguel camarada” de imóvel na Aurora

População reagiu, no início do ano, a instalação de unidade da Funac no local

O Governo do Estado informou, por meio de nota, que vai substituir o anexo da Fundação da Criança e do Adolescente, instalada num prédio da Aurora – escândalo nacional que ficou marcado como “aluguel camarada” -, por uma Companhia Militar.

A desativação da unidade da Funac ocorreu em cumprimento a um acordo firmado no âmbito de um processo judicial, movido pela Associação de Moradores do bairro na Vara de Interesses Difusos e Coletivos.

Os adolescentes que eram mantidos no imóvel já foram transferidos para outra unidade da fundação.

Alugado desde 2015, o imóvel pertence a Jean Carlos Oliveira, filiado ao mesmo partido do governador, o PCdoB, desde março de 2013. Jean também era funcionário contratado da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap).

O escândalo nacional surgiu quando O Estado revelou, que apesar de ter pago R$ 170 mil só de aluguel pelo prédio, o Governo só passou a utilizar o imóvel em abril deste ano.

Dados oficiais do Portal da Transparência, mostravam que o primeiro pagamento feito pelo governo ao comunista ocorreu no dia 13 de agosto de 2015: R$ 9.563,33.

Na ocasião da repercussão nacional, o secretário de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos, e presidente do PCdoB, Marcio Jerry, afirmou que a escolha do imóvel foi uma coincidência.

“Contrato de locação não exige documento que ateste filiação partidária. A pessoa citada não tem nenhum vínculo orgânico com o partido. E o imóvel foi identificado por imobiliária, que intermediou. Tudo normal e legal. Imagina qual ‘filtro’ seria possível para identificar que Jean de tal era filiado ao partido. Querem desviar a atenção do essencial”, afirmou.

Saiba Mais

Além de pertencer a um filiado do PCdoB, o imóvel alugado pelo Governo foi utilizado na campanha de 2014 como comitê de campanha do partido. Lá eram realizadas reuniões político-partidárias e servia também como centro de distribuição de material de campanha.

Informações de O Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *