Roberto Rocha quer que a PF investigue morte de Mariano Castro

O senador Roberto Rocha (PSDB) solicitou ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, investigação da Polícia Federal sobre a morte do médico Mariano de Castro.

Mariano, preso em novembro do ano passado no bojo da Operação Pegadores, era considerado uma espécie de líder de uma organização criminosa que desviava milhões da Saúde do Maranhão, na atual gestão.

A morte dele foi primeiro divulgada como suicídio, mas a polícia do Piauí não descarta a a possibilidade de ele ter sido assassinado.

Mariano teria deixado uma carta, publicada em blogs da capital no início da semana, com a delação de todo o esquema na Saúde do Maranhão.

A PF pode também investigar o teor da carta…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *