Começam hoje as inscrições para o concurso da Polícia Militar

Foram iniciadas hoje as inscrições para o concurso da Polícia Militar do Maranhão. Ao todo, 1.214 vagas serão oferecidas.

Além da abertura do período para inscrição, houve a divulgação de alterações no edital do certame. Com as mudanças, Caxias e Imperatriz foram incluídas como cidades onde as provas objetivas também serão aplicadas, além de São Luís. A inclusão de Caxias e Imperatriz ocorre após um pedido do deputado Wellington do Curso (PP).

A inclusão facilita a vida dos candidatos que moram nessas regiões, que não vão precisar gastar tempo e dinheiro com deslocamentos até a capital.

Será admitida a inscrição somente via internet, no endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17, até as 10h do dia 30 de novembro deste ano, no horário de Brasília.

O concurso da PM oferece vagas nas carreiras de soldado e tenente, com exigência de níveis médio e superior, respectivamente.

As provas objetivas para cargos com nível superior serão no dia 28 de janeiro de 2018, pela manhã. As provas para cargos de nível médio serão no mesmo dia, mas pela tarde.

 

Albérico Filho ainda não deu posse a concursados da Saúde em Barreirinhas

O prefeito do município de Barreirinhas, Albérico Filho (PMDB), continua sem dar posse a aprovados em concurso público para diversas áreas da administração, sobretudo da Saúde.

O concurso foi realizado em 2016 pelo ex-prefeito Léo Costa, que convocou e nomeou todos os mais de 300 aprovados e abriu prazo para que fosse dada a posse, como estabelece Lei Municipal.

Antes mesmo de assumir o posto, Albérico Filho conseguiu suspender liminarmente o ato de nomeação após a sua equipe de transição ingressar com uma representação no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

A sustentação: dificuldade financeira para honrar com o pagamento dos salários dos concursados.

A argumentação, contudo, não prosperou.

O conselhieiro de contas Raimundo Oliveira Filho, do TCE, acatou parecer do Ministério Público de Contas (MPC) e revogou decisão liminar, que suspendia os atos de nomeação de candidatos aprovados em concurso público.

Com isso, caberia a Albérico, a partir dali – março deste ano -, efetivar a posse de todos os aprovados.

Mas, isso não ocorreu. Pressionado pelo Ministério Público e com o atraso no início do ano letivo, ele prometeu dar posse a apenas alguns concursados da área da Educação [professores], e ignorou as outras áreas da administração pública.

Na Saúde, por exemplo, o gestor não deu posse a 7 enfermeiros concursados, mas optou por contratar – pelo mesmo salário estipulado no edital do concurso -, mais de uma dezena de profissionais, em caráter temporário.

Uma afronta.

O município de Barreirinhas enfrenta agora uma série de ações judiciais ajuizadas pelos aprovados no concurso públIco. Algumas destas ações já estão conclusas para despacho.

Audiências públicas e uma série de reuniões com o Ministério Público, provocadas pelo deputado estadual Wellington do Curso (PP), também já foram realizadas. O município, contudo, silencia.

O blog já entrou em contato com a Prefeitura de Barreirinhas e aguarda uma manifestação sobre o tema.

Leia mais sobre o tema:

Revogada liminar que impedia posse de concursados em Barreirinhas

Aprovados em concurso público fazem manifestação contra Albérico Filho

Wellington se reúne com concursados em Barreirinhas e cobra Albérico Filho

Wellington se reúne com concursados de Barreirinhas e cobra Albérico Filho

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão na manhã de hoje para tratar da reunião que aconteceu com os aprovados no concurso público de Barreirinhas no último fim de semana.

A Comissão de aprovados solicitou que o deputado Wellington intermediasse uma reunião com o Ministério Público, Prefeitura e o Poder Judiciário nos próximos 15 dias, em prol da posse dos concursados.

Além disso, os aprovados solicitaram também a possibilidade de realização de uma audiência pública ainda nos próximos 30 dias, da mesma forma como ocorreu no dia 6 de março, realizada pela Assembleia Legislativa no município que, segundo os aprovados, foi muito proveitosa.

“Nós sabemos que há uma decisão do Judiciário, que proíbe a Prefeitura de realizar contratações temporárias para cargos para os quais existam candidatos aprovados. Ao invés de cumprir a decisão judicial, o prefeito insiste em contratar de forma precária e nós, aprovados, continuamos sendo enganados”, desabafou Elizeu, aprovado para o cargo de professor.

Sobre a situação, o deputado Wellington enfatizou o seu papel parlamentar enquanto fiscal das leis e colocou-se à disposição dos aprovados.

“Logo no início de março, realizamos uma audiência pública para tratar sobre a situação dos aprovados no concurso público de Barreirinhas. Indo ao encontro disso, tivemos também uma decisão favorável do Judiciário, proibindo, inclusive, a Prefeitura de contratar de forma precária. Infelizmente, as contratações precárias continuam e, na condição de fiscal das leis, estamos à disposição. Os aprovados no concurso de Barreirinhas continuam na luta pelas nomeações. Não podemos nomear, mas intermediaremos sim essa reunião, a fim de que a Prefeitura se manifeste favorável ao que a própria lei impõe. Recebemos muitas denúncias, sendo uma delas, inclusive, de que há pessoas no cargo de motoristas que sequer possuem a habilitação necessária. Essa é uma realidade que deve ser combatida e, por isso, reafirmamos o nosso compromisso com cada maranhense ”, disse Wellington.

Como um dos encaminhamentos da reunião, ficou agendada uma reunião para o dia 19 ou 20 de setembro, que acontecerá na própria cidade.

Guardas municipais fazem protesto em Ribamar contra Luis Fernando

Guardas Municipais da cidade de São José de Ribamar realizaram esta semana um protesto pacífico cobrando do prefeito Luis Fernando Silva (PSDB) direitos trabalhistas adquiridos pela categoria e que foram retirados logo que o tucano assumiu a prefeitura, em janeiro.

Utilizando cartazes – com as frases: “Quero Minhas Horas Extras”; “Sr. Prefeito Luis Fernando. Exigimos Respeito e Direitos!”; “Quero Meu Décimo” -, os Guardas Municipais estiveram na sede da Secretaria Municipal de Planejamento e Administração, onde também cobraram explicações da secretária Joana Marques.

“O governo do prefeito Luis Fernando está exigindo tudo de nós, inclusive nos forçando a exercer a função de policial sem que haja treinamento. Nosso salário, hoje, é um dos piores do Brasil. Ganhamos migalhas e somos obrigados a trabalhar 24h por dia”, disse o GM Roberval.

“Caso essa situação não seja resolvida este mês, a categoria, acredito, irá entrar em greve”, completou.

Ao serem recebidos por representantes da Sempaf, ficou acertado que na segunda-feira a prefeitura apresentará à categoria um levantamento detalhado mostrando caso a caso.

Em menos de dois meses, esta é a segunda manifestação de servidores que o prefeito Luis Fernando se vê obrigado a enfrentar depois que o mesmo retirou benefícios diversos de praticamente todas as categorias.

Em fevereiro, funcionários concursados do setor da saúde realizaram uma manifestação em frente a Câmara Municipal de São José Ribamar, chegando a bloquear por determinado período a Avenida Gonçalves Dias, principal da sede da cidade.

Eles cobravam do prefeito tucano o retorno de conquistas histórias, como insalubridade, adicional de qualificação e auxílio alimentação – todas contidas no Plano de Cargos, Carreiras e Salários – que foram retiradas por Luis Fernando no início do ano.

O gestor chegou a ser reunir com a categoria e garantiu que iria rever caso a caso. Até o momento, a informação que se tem é de que os funcionários continuam na mesma situação.

‘Concurseiros’ do Piauí ocupam espaços no Maranhão

Lista de candidatos convocados para concurso da PM nos municípios de Timon e Caxias

Lista de candidatos convocados para concurso da PM nos municípios de Timon e Caxias

23,65% de candidatos aprovados e que foram convocados para a Polícia Militar do Maranhão, são naturais de outros estados; a maioria absoluta é do Piauí

Não é de hoje que muito se comenta em bancas de cursos preparatórios para concursos públicos situados em São Luís, a determinação e o desempenho de “concurseiros” do nosso estado vizinho, Piauí.

E a cada concurso público realizado no Maranhão, essa tese acaba sendo confirmada.

O resultado da convocação do Governo do Estado de aprovados no concurso da Polícia Militar, realizada na última segunda-feira, também pode servir de parâmetro para esta análise.

De um total de 389 candidatos convocados para a escola de formação da PM, 92, ou 23,65%, é natural de outros estados, a maioria absoluta do Piauí.

A convocação para dois municípios específicos, chama mais atenção ainda. Em Timon, onde funciona o 11º Comando da PM, de um total de nove candidatos do sexo masculino aprovados, oito são piauienses e apenas um maranhense.

Já no município de Caxias, de um total de 13 aprovados – também do sexo masculino -, dois são maranhenses, um é pernambucano e 10 são do estado do Piauí. Uma marca impressionante e que comprova o excelente desempenho destes “concurseiros”.

Boa parte dos candidatos de outros estados e que foram aprovados no concurso, é bem verdade, já reside no Maranhão e até frequenta concursos preparatórios em São Luís e em outros municípios. E basta ir a uma sala de aula em alguns dos cursos preparatórios de maior referência na capital, para observar isto.

É inegável, no entanto, independentemente disso, que os estudantes de nosso estado vizinho parecem determinados e têm obtido êxito no desafio de ocupar os espaços no serviço público maranhense. E os méritos são deles.

Excedentes de concurso público da PM se unem por convocação

Wellington do curso com aprovados em concurso público

Wellington do curso com aprovados em concurso público durante encontro na Litorânea

Aprovados no concurso público da Polícia Militar realizado em 2012, e que permanecem na condição de excedentes, se uniram para pleitear junto ao Governo do Estado e ao governador eleito Flávio Dino (PCdoB), a convocação para as etapas subsequentes previstas em edital.

O grupo realizou o primeiro encontro na semana passada, com mais de 80 excedentes, e o segundo ontem, na Avenida Litorânea,  com o objetivo de treinar e buscar o apoio do deputado estadual eleito, Wellington do Curso (PPS) e do vereador Professor Lisboa (PCdoB).

Como são quase nulas as chances da atual administração convocá-los, os excedentes esperam que Flávio Dino cumpra com o que prometeu durante a campanha eleitoral, e chame todos os aprovados no concurso para o suprirem as vagas em aberto.

O concurso público para a PM foi realizado no mês de fevereiro de 2012 e expira em fevereiro de 2015, um mês depois da posse de Flávio.

Na entrevista de hoje concedida à TV Mirante, o comunista afirmou que pretende reforçar a Polícia Militar para combater a onda de crimes na capital e no interior do estado. Uma esperança a mais para os excedentes, que querem ter a chance de servir o Estado…

Roseana anuncia 3 mil vagas para professor em concurso público

Roseana Sarney quer fazer concurso público para professores da rede estadual

Roseana Sarney quer fazer concurso público para professores da rede estadual

A governadora Roseana Sarney (PMDB) anunciou ontem, durante evento que marcou a assinatura da ordem de serviço para a construção da sede própria da Universidade Virtual do Maranhão (Univima), que o Governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa projeto de lei autorizando a criação de 3 mil novas vagas de professor da rede estadual de ensino.

As vagas devem ser preenchidas por concurso público, a ser realizado em 2015, e as despesas decorrentes da criação dos cargos já estão previstas na Lei Orçamentária Anual (LOA) a ser aprovada pelo Legislativo.

“Tenho a satisfação de anunciar que já mandei para a Assembleia [projeto que prevê] a abertura de 3 mil novas vagas para professores. Vamos ter concurso público ano que vem. Já está no orçamento [a previsão de despesas para] essas 3 mil novas vagas”, declarou a governadora.

Segundo o deputado estadual Roberto Costa (PMDB) o projeto deve chegar hoje à Casa. “Definiremos um relator e eu mesmo pedirei urgência para a aprovação dessa matéria”, afirmou.

Presidente da Comissão de Orçamento da Casa, o peemedebista confirmou que já havia sido incluída peça orçamentária de 2015 a previsão come essas despesas. “A LOA contempla o aumento das despesas com a incorporação desses servidores após concurso público”, completou.

Ellen Társila é eleita a Miss Beleza 2013 no Mini Miss Maranhão

A pequena Ellen Társila foi eleita Missa Beleza 2013 ontem, no Mini Miss Maranhão

A pequena Ellen Társila foi eleita Missa Beleza 2013 ontem, no Mini Miss Maranhão

A belíssima Ellen Társila Fróz de Oliveira, de 4 aninhos de idade, foi eleita ontem a Miss Beleza, no concurso Mini Miss Maranhão 2013, evento realizado no auditório Zenira Fiquene, na Faculdade Fama.

O concurso, promovido pelo Studio Marcio Prado reuniu meninas em três categorias: a Mini Miss (que reuniu crianças de 4 a 8 anos) – no qual Ellen ficou com a terceira colocação; o Mirim (de 9 a 12 anos) e a Juvenil (de 13 a 17 anos).

A princesa Ellen Társila, que desfilou com desenvoltura e encantou a plateia com seu charme, carisma e beleza, estava acompanhada dos papais apaixonados, Atanildo Oliveira e Evely Mendes Fróz.

A pequenina, que já demonstrou forte potencial em seu primeiro concurso disputado, foi só felicidade com o título de Miss Beleza 2013.

O blog parabeniza os pais da princesinha e deixa aquele forte abraço para pequenina Ellen, que sempre muito educada, meiga e adorável, é um amor de criança, sem dúvida uma benção do Altíssimo.

Uma princesa!

A princesa Ellen com os pais: Atanildo Oliveira e Evely Mendes, após a premiação

A princesa Ellen com os pais Atanildo Oliveira e Evely Mendes, após a premiação

Mais de 72 mil prestam concurso do HUUFMA hoje em São Luís

Concurso do Hospital Universitário é realizado hoje

Concurso do Hospital Universitário é realizado hoje

Será realizado hoje o concurso público do Hospital Universitário do Maranhão (HUUFMA), promovido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Pela manhã, serão aplicadas as provas para cargos de nível superior. À tarde, será realizado o seletivo de nível técnico e médio. Segundo a empresa promotora, foram registradas 72.029 inscrições – 937 delas para cargos médicos, 38.185 para cargos assistenciais e 32.907 para cargos da área administrativa.

No total, são oferecidas 1.877 vagas distribuídas em três editais, sendo 310 vagas de nível superior em 59 especialidades médicas, 1.386 vagas de níveis médio e superior na área assistencial e 181 vagas para a área administrativa, além de formação de cadastro de reserva.

As provas objetivas para o provimento de vagas do HUUFMA terão 50 questões de múltipla escolha, 10 delas de Língua Portuguesa, cinco de Matemática e Raciocínio Lógico, cinco de legislação aplicada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), cinco de legislação aplicada ao Sistema Único de Saúde (SUS) e 25 de conhecimentos específicos.

As provas serão aplicadas em 62 locais diferentes e realizadas em horário local, com duração de quatro horas. Segundo a empresa promotora, para os cargos de nível superior, o horário de abertura dos portões será às 7h30, com fechamento às 8h30 e início às 8h45. Para os cargos de nível médio, os portões abrirão às 13h45, com fechamento às 14h45 e início às 15h.

O gabarito das provas objetivas será divulgado no endereço eletrônico do IBFC www.ibfc.org.br, em até 48 horas após a aplicação dos testes, assim como o caderno de questões e o espelho da folha de respostas, mas apenas durante o prazo recursal.

Estrutura – Em nota, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) informou que serão garantidas as medidas técnicas para a regularidade no trânsito nas proximidades e nos acessos às provas do concurso para o Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Agentes de trânsito estão mobilizados para controle de embarque e desembarque nos locais das provas e para o ordenamento de estacionamento. A secretaria informou, também, que será assegurada frota de ônibus para atender à demanda.

O comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Alfredo Nepomuceno, informou que empregará 60 policiais militares para garantir a segurança nos arredores dos locais de prova. “Os batalhões foram orientados a fazer rondas na entrada e na saída dos candidatos durante o seletivo, além de rondas próximo às escolas onde serão aplicadas as provas”, disse.

Carreira – Os candidatos aprovados no concurso público do HUUFMA que ingressarem no quadro da EBSERH serão contratados sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e terão direito ao plano de cargos, carreiras e salários, além do plano de benefícios da empresa.

De acordo com a direção da empresa, a contratação dos profissionais permitirá ao Hospital Universitário do Maranhão a reativação de leitos e a ampliação dos serviços de saúde prestados à população, preceitos garantidos por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf).

Segundo o reitor da Universidade Federal do Maranhão, Natalino Salgado, através de sua assessoria, o Complexo Hospital Universitário (Unidade Dutra e Unidade Materno Infantil) será administrado pela Ebserh, uma empresa que pretende ser um instrumento de melhor aproveitamento dos serviços de saúde, permitindo o aperfeiçoamento da gestão dos hospitais universitários, dentro de um processo democrático e transparente, de contratação necessária e urgente de profissionais.

De acordo com a universidade, o Hospital Universitário continuará sendo 100% público, sendo referência no atendimento à população em procedimentos de alta complexidade em diversas especialidades.

Mais

Hotéis da cidade registraram um aumento médio de 50% nas reservas de quartos até a sexta-feira. Segundo a coordenadora de reservas do Holiday Inn São Luís, Myrella West, a procura de vagas para o fim de semana do concurso cresceu desde a segunda-feira quando foi divulgado os locais de provas. “Observamos um crescimento de 70% no número de reservas. As pessoas têm procurado hotéis que ficam nas proximidades dos locais de provas”, afirmou.

 De O Estado

UEMA realiza 1ª etapa do PAES domingo

uemaA Universidade Estadual do Maranhão (Uema) realiza, domingo (3), a primeira etapa do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (PAES) 2014, em São Luís e demais Centros de Estudo Superiores do Maranhão.

Com 30.753 inscrições, a Uema oferece um total de 3.544 vagas nos seus cursos de graduação. De acordo com a pró-reitora de graduação, Maria Auxiliadora Gonçalves Cunha, as expectativas são as melhores. “A nossa preparação tem sido feita durante o ano todo. A experiência da Comissão do Vestibular permite a tranquilidade no processo pelos procedimentos realizados”, destacou a pró-reitora.

O cartão de confirmação de inscrição já está disponível no site da Uema e o candidato somente terá acesso aos locais de prova mediante a apresentação da confirmação de inscrição impressa (com foto 3×4 anexa, recente e datada) e de documento de identificação.

Entre os cursos com maior número de inscrições, estão Medicina (Caxias) com 3.962; Direito (São Luís) com 2.863; Engenharia Civil (São Luís) com 1.988; Direito (Bacabal) com 1.093; Administração (São Luís) com 990; e CFO-PM (São Luís) com 896.

As provas do PAES 2014, para os cursos nas modalidades, presencial e a distância, serão realizadas nos 21 campi da Uema, com início, impreterivelmente, às 13h (horário local) e com duração de 5h.

O resultado da primeira etapa está previsto para o dia 18 de novembro. A segunda etapa será realizada no dia 1º de dezembro.

Secom