Edilázio faz nova incursão ao interior do estado

O deputado estadual Edilázio Júnior, candidato a uma vaga na Câmara Federal pelo PSD, partido que também apoia a candidatura de Roseana Sarney (MDB) ao Governo do Maranhão, fez nova incursão ao interior do estado com a sua campanha política.

Ao lado de eleitores, aliados, lideranças políticas, presidentes de partidos, lideranças comunitárias, apoiadores e admiradores, ele visitou os municípios de Timon, Porto Franco, Campestre, Ribamar Fiquene, Edison Lobão, Sítio Novo, Montes Altos, Imperatriz, Itinga do Maranhão, São Francisco do Brejão, Açailândia e Bom Jardim.

Em todos os municípios percorridos ele foi recebido com festa e grande expectativa pelo eleitorado local.

Além de reuniões políticas, Edilázio conduziu caminhadas e o corpo-a-corpo junto ao eleitor.

Falou um pouco de sua atuação ao longo dos dois mandatos exercidos na Assembleia Legislativa e apresentou algumas de suas propostas para a Câmara Federal, dentre elas, as que tratam do desenvolvimento econômico do estado, da promoção de emprego e renda e da assistência à população carente do estado.

Em Porto Franco, Campestre, Ribamar Fiquene, Governador Edison Lobão e Sítio Novo, as ações de campanha foram realizadas ao lado do deputado Antônio Pereira.

Em Imperatriz o candidato do PSD participou de grande festa política ao lado da candidata Roseana Sarney e do deputado estadual Adriano Sarney (PV).

Em Itinga, Montes Altos e em Açailândia ele também participou de caminhadas ao lado de Adriano. Já em Bom Jardim ele participou de caminhada ao lado da candidata a deputado estadual Dr. Thaiza.

Edilázio prepara para o próximo fim de semana uma nova incursão ao interior do estado para apresentar as propostas do 5533 para a eleição 2018.

Aluisio fortalece candidatura no interior do estado

Em cada lugar que a caravana de Aluisio Mendes passa no interior do Maranhão, a certeza da vitória. Neste fim de semana, o candidato que quer novamente lutar pela população do estado no Congresso esteve em Morros, Cachoeira Grande, Belágua, São Benedito do Rio Preto e Urbano Santos. Em todas as cidades e em especial na Região do Baixo Parnaíba, Aluisio reforçou o seu compromisso com as causas populares, consolidou alianças e marcou presença.

Em Cachoeira Grande, Aluisio participou de grande carreata pelas ruas e avenidas da cidade, acompanhado por aliados, dentre eles, a prefeita Iracema de Urbano Santos. Nas comunidades do município, Aluisio se reuniu com lideranças, fez uma prestação de contas do que realizou em seu primeiro mandato em Brasília e destacou projetos para serem finalizados caso seja reeleito.

Em Belágua, além de ser recebido por aliados, Aluisio foi literalmente “abraçado” pela população que quer a sua volta para o Congresso como seu representante. Em Morros, Aluisio se reuniu com lideranças partidárias e representantes da sociedade civil.

Mas o grande momento de sua caravana neste fim de semana se deu nas cidades de São Benedito do Rio Preto e Urbano Santos. Aluisio foi recebido por uma verdadeira multidão que invadiu as ruas pelo compromisso com o deputado. “Quero agradecer a cada cumprimento, a cada gestão nobre. A cada pedido, agradecimento. Sei de minha responsabilidade neste momento e quero humildemente pedir que a população deste nosso querido estado confie mais uma vez em nosso trabalho e nos leve à Brasília para lutar por um Maranhão mais justo para todos”, destacou o deputado Aluisio.

A dona-de-casa Leonina Santos, de Urbano Santos, destacou a sua confiança no trabalho de Aluisio Mendes. “Este é o deputado que vai lutar pelo nosso Maranhão. Toda a minha família é Aluisio. Aluisio, o nosso deputado!”, disse.

Edilázio aponta calote do Governo à Saúde de Balsas

O deputado estadual Edilázio Júnior, pré-candidato do PSD a uma vaga na Câmara Federal, utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa para cobrar do governador Flávio Dino (PCdoB), o repasse de mais de R$ 600 mil à Sociedade Beneficente São Camilo, que por meio de um convênio, presta serviços de Saúde no município de Balsas.

O calote de 12 meses do convênio tem resultado em atraso nos salários de profissionais da saúde, sobretudo de médicos, que fizeram um apelo a Edilázio na semana passada por uma cobrança ao chefe do Executivo Estadual.

A Sociedade Beneficente São Camilo é o mesmo Hospital São José, que realiza mais de 800 procedimentos ambulatoriais e mais de 400 internações mensais na assistência Materno-Infantil e que também atende pacientes dos municípios de São Raimundo das Mangabeiras, Tasso Fragoso, Riachão, Fortaleza dos Nogueiras e Sambaíba.

Ao todo, o Governo deve um montante de R$ 613.719,98 mil à entidade, o que tem resultado no atraso de salários aos profissionais de saúde.

“Venho fazer um apelo aqui ao senhor governador e ao secretário de Saúde, senhor Carlos Lula, para que paguem os médicos que tanto trabalharam e tanto fizeram pela Saúde de Balsas antes de o hospital macrorregional ser inaugurado ali naquela cidade. Estive no município, tive a oportunidade de conversar com diversos profissionais da Saúde naquele município e todos sofrem com o atraso de um ano, mais de um ano na verdade, da Associação Beneficente São Camilo que desde 2017 prestavam serviço por meio de um convênio para o Estado”, afirmou.

Edilázio lembrou que o descaso do chefe do Executivo para com os profissionais da saúde e o calote na entidade fere o discurso de Flávio Dino de valorização, transparência, investimento e respeito ao setor.

“Existe um parecer técnico encaminhado pela SES há um ano para a Secretaria de Planejamento do Estado, para que o orçamento dos profissionais seja pago, mas até o momento não foi autorizado. A Os profissionais estão precisando desse recurso e fizeram um apelo para que o governador tenha a sensibilidade honre os seus compromissos”, completou.

O Governo ainda não se manifestou sobre o tema.

TRE indefere pedido de registro de candidatura de coronel Pereira

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) do Maranhão indeferiu o pedido de registro de candidatura do coronel Pereira (SDD), que tentava disputar uma vaga na Assembleia Legislativa.

Pereira é ex-comandante-geral da Polícia Militar (PM), nomeado para o cargo pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

A decisão de indeferimento do pedido de registro de candidatura do policial militar foi unânime da Corte Eleitoral. O relator da matéria foi o juiz Gustavo Vilas Boas.

Ele apontou a não comprovação, do coronel Pereira, da sua desincompatibilização do cargo público dentro do prazo estabelecido pela Lei.

Os demais membros do colegiado acompanharam o magistrado.

Instituto Machado de Assis faz retificação no edital do concurso de Raposa

O Instituto Machado de Assis, responsável pela organização do concurso público para preenchimento de mais de 200 vagas na Prefeitura de Raposa, procedeu retificação no edital do certame. Foram feitos ajustes em três cargos: nutricionista, assistente social e psicólogo.

Nos três cargos, foi suprimida a obrigação de residência na área, que assim, passaram a ter os seguintes pré-requisitos: diploma de curso superior devidamente registrado para cada área e registro no conselho de classe competente.

A carga horárias para os cargos de nutricionista e psicólogo é de 40 horas semanais. Para assistente social, a jornada é de 30 horas por semana. Os três cargos oferecem salário de R$ 2 mil.

Deputado do PCdoB tem candidatura indeferida no TRE

O suplente de deputado Fernando Furtado (PCdoB), que ficou conhecido em âmbito nacional na ocasião do vazamento de um áudio de uma audiência pública da qual participou, em que ele classifica índios de “viadinhos” e ataca a Igreja Católica, teve o seu registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral.

O registro foi indeferido em decorrência de ações dos quais é alvo na 2º instância da Justiça Estadual. Ele não apresentou documentos necessários para explicar qual a situação dos processos penais.

Fernando Furtado é candidato a deputado estadual pela coligação “Todos Pelo Maranhão 3”.

Em 2015, primeiro ano de mandato, ele foi eleito pela organização Survival International vencedor do prêmio ‘Racista do ano de 2015’. Em julho daquele ano, durante audiência pública em São João do Caru (MA), a 359 km de São Luís, ele xingou índios da tribo Awá-Guajá e homossexuais, chamando-os de maneira pejorativa de ‘viadinho’ e ‘baitola’.

“Índio diz que não sabe plantar arroz. Então morre de fome, desgraça, é a melhor coisa que tem. Porque não sabem nem trabalhar”, destacou a Survival International do trecho da fala do deputado maranhense. Os Awá-Guajá são considerados um dos povos mais vulneráveis do planeta.

Ele também foi interpelado judicialmente e repudiado por entidades que atuam na defesa dos direitos humanos.

Apesar disso, foi blindado pela base do Governo na Assembleia Legislativa e não perdeu o mandato por quebra de decoro parlamentar.

Flávio Dino nega promessa sobre combate à pobreza no MA

O governador Flávio Dino (PCdoB), candidato à reeleição pela coligação “Todos pelo Maranhão” não falou a verdade aos jornalistas Sidney Pereira e Ana Guimarães, durante a entrevista concedida ao JMTV 1ª edição, da TV Mirante, quando foi confrontado sobre a promessa de campanha de tirar municípios da extrema pobreza no Maranhão.

No início da entrevista, Sidney Pereira sobre a promessa de retirar os municípios maranhenses do “rol dos municípios mais pobres do Brasil”.

“Como explicar que o senhor tenha falhado exatamente nessa proposta, que foi aquela que mais despertou esperança nos maranhenses?”, questionou Sidney, sobre a promessa feita logo após ter assumido mandato em 2015.

“Eu não prometi esse absurdo, que seria obviamente algo inviável, algo inalcançável”, respondeu Dino.

Ocorre que Flávio Dino prometeu sim.

No dia 1º de janeiro de 2015, da sacada do Palácio dos Leões, logo após assumir o cargo de chefe do Executivo, Flávio Dino afirmou para milhares de pessoas que acompanhavam o ato:

“O que nós queremos é que ao fim do governo não tenha nenhuma cidade maranhense no rol das 100 piores do Brasil”.

Portanto, basta comparar o que falou ontem e o que afirma hoje, o governador do Maranhão…

Abaixo, o discurso de posse de Flávio Dino, na sacada do Palácio dos Leões, onde ele trata do tema [a partir dos 16 minutos].

IPVA: Roseana promete devolver veículos apreendidos

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB), candidata da coligação “Coragem Para Fazer Mais”, anunciou ontem em seu programa político veiculado no Horário Eleitoral Gratuito, a devolução dos veículos apreendidos na atual gestão e que ainda não foram leiloados pela Vip Leilões.

Roseana classificou o ato de apreensão dos veículos de “perseguição” imposta pelo governador Flávio Dino (PCdoB), o seu adversário na disputa política.

“Eu queria tranquilizar os maranhenses que tiveram seus carros e motos apreendidos por esse governo. Eleita governadora, eu vou dar um ponto final nesse absurdo: vou devolver todos os veículos que ainda não foram leiloados”, declarou.

A emedebista também afirmou que os débitos de IPVA poderão ser negociados e parcelados em até 8 vezes.

“O nome de ninguém vai para o Serasa enquanto a dívida não for renegociada. Isso é respeito com o cidadão.Chega de perseguição e perversidade com o povo”, disse Roseana no programa.

Concurso oferece mais de 200 vagas com salários de R$ 954 a R$ 6 mil em Raposa

Certame tem como finalidade reforçar o quadro de servidores municipais, que serão lotados em cinco secretarias e na Guarda Municipal.

Estão abertas desde o último dia 5 e se estenderão até 15 de outubro as inscrições para o concurso público da Prefeitura de Raposa. Organizado pelo Instituto Machado de Assis, o certame oferece mais de 200 vagas, com salários que variam de R$ 954 (um salário mínimo) a R$ 6 mil, com lotação no gabinete do prefeito e nas secretarias municipais de Administração e Planejamento, Educação, Saúde, Infraestrutura e Transporte, Assistência Social e na Guarda Municipal. As provas objetivas do concurso serão aplicadas no dia 18 de novembro.

O concurso público de Raposa oferece vagas para os seguintes cargos: procurador jurídico (gabinete do prefeito), agente administrativo, auxiliar operacional de serviços diversos (AOSD), contador, motorista categoria D/E, vigia (Secretaria de Administração e Planejamento). Na área da Educação, as vagas são para merendeira, professor de educação básica (1º ao 5º ano), professor de português, inglês, artes, ciências, educação física, ensino religioso, filosofia, geografia, história, inglês e matemática, todos do 6º ao 9º ano.

Na saúde, há vagas para agente administrativo, agente comunitário de saúde, agente de endemias, auxiliar de farmácia, auxiliar operacional de serviços diversos (AOSD), digitador, educador físico, enfermeiro obstetra, farmacêutico, fiscal sanitário, médico auditor, médico cardiologista, médico dermatologista, médico ginecologista obstetra, médico pediatra, médico plantonista, médico veterinário, motorista categoria D/E, nutricionista, porteiro e vacinador.

Na pasta de infraestrutura e transporte, os cargos são os seguintes: agente administrativo, auxiliar operacional de serviços diversos (AOSD), eletricista e vigia. Na Secretaria Municipal de Assistência Social, há vagas para assistente social e psicólogo. Já na Guarda Municipal, o cargo disponível é o de guarda municipal.

Inscrição

O valor da taxa de inscrição varia de acordo com o nível de escolaridade da vaga pretendida. Para os cargos de nível fundamental, a taxa é de R$ 60,00. Os candidatos aos cargos de nível médio pagarão R$ 80,00 para se inscrever no seletivo. Os cargos de nível superior têm taxa de inscrição de R$ 110,00. A inscrição com valor mais alto é a do cargo de procurador jurídico, que exige diploma de curso superior em Direito e registro no conselho de classe competente. Para concorrer à única vaga ofertada para esse cargo, os candidatos pagarão R$ 150,00, salvo aqueles que obtiverem direito à isenção.

Os candidatos poderão dar entrada no pedido de isenção da taxa de inscrição do certame de hoje até o próximo dia 18. No dia 25 deste mês, sairá o resultado preliminar do pedido de isenção da taxa.

Cronograma

O cronograma do certame prevê para 14 de novembro a divulgação da relação definitiva dos candidatos inscritos e dos locais de provas. O gabarito preliminar das provas objetivas e o formulário para recurso contra o referido resultado será divulgado no dia 19 de novembro, um dia após a aplicação dos testes. A divulgação do resultado preliminar das referidas provas e do formulário para recurso está prevista para 10 de dezembro. O resultado final do concurso sairá dia 7 de janeiro de 2019 e até o dia seguinte os candidatos terão prazo para recurso. Dia 9 de janeiro de 2019 será publicado o resultado final e definitivo para homologação.

O edital completo do concurso, assim como seus anexos e o cronograma, na íntegra, podem ser acessados no site www.institutomachadodeassis.com.br

Roseana contesta censura em inserção que aponta o fim do Viva Luz

A coligação “Maranhão quer mais”, da candidata Roseana Sarney (MDB), ingressou na manhã de ontem com duas contestações à decisões da Justiça Eleitoral que censuram o programa eleitoral da emedebista.

No fim de semana, os juízes eleitorais Alexandre Lopes de Abreu e Clodomir Reis determinaram a suspensão de trechos da propaganda eleitoral de Roseana em que ela acusa o governador Flávio Dino de ter encerrado os programas sociais Viva Luz e Leite é Vida.

A argumentação utilizada por Flávio Dino e aceita pelos juízes é de que a informação é “sabiamente inverídica”.

Mas, não é bem assim.

Decreto assinado pelo próprio Flávio Dino em 2015 atesta que o comunista deu fim ao Viva Luz.

E o decreto foi anexado aos recursos apresentados por Roseana.

A adversária de Dino aguarda agora a revogação da decisão favorável ao comunista.