VÍDEO! Ciclistas caem em buraco aberto por água das chuvas na Cidade Operária

foto 3Um enorme buraco aberto pela água das chuvas na rua 14D*, da Unidade 105, do bairro Cidade Operária – que também dá acesso à avenida principal do Jardim América e a Creche do Recanto dos Pássaros -, tem sido uma armadilha para pedestres, ciclistas, motociclistas e condutores automóveis.

Somente no último fim de semana, foram várias as pessoas, desavisadas, que caíram e se machucaram no buraco. No vídeo acima, dois ciclistas foram as “vítimas” da falta de infraestrutura e do descaso por parte do Poder Público no bairro. Um deles caiu de cabeça. Ele se levanta em seguida, aparentemente atordoado com a queda e fica por instantes sentado na calçada de uma residência, enquanto recupera-se do baque.

foto 1Em seguida ele levanta, com o colega, e tira a bicicleta, que no vídeo aparece completamente submersa na água.

O vídeo foi gravado pela câmera de segurança da casa de um morador. Outros vídeos, com registro de queda de motociclitas, já repercutiram nas redes sociais.

foto 1Os moradores da Unidade 105 da Cidade Operária e do Jardim América já solicitaram à Prefeitura de São Luís serviços de recuperação asfáltica para o bairro. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) anuncia desde o ano passado, obras do programa “Mais Asfalto no bairro”. As máquinas, contudo, jamais chegaram à Unidade 105, ou ao bairro Jardim América, do qual a rua também pertence.

Caso a rua – que já não permite sequer a passagem de carros em decorrência da profundidade do buraco , não seja recuperada, os moradores prometem fechar a Avenida do Jardim América em forma de protesto.

*A Rua 14D da Cidade Operária, é a mesma 18D do Jardim América.

Descaso na Vila Luizão

973c77d89066bc585f8fe25a9433976fÉ precária a situação de ruas e avenidas do bairro Vila Luizão, na capital. Sem uma infraestrutura decente, as vias foram afetadas pelas chuvas que caíram em São Luís nos últimos dias, prejudicando moradores, pedestres e motoristas.

Exemplo disso é a Rua do Canavial, que há anos tem recuperação prometida por prefeitos e vereadores [Ivaldo Rodrigues (PDT)] e Marquinhos (DEM)], que atuam na região.

Sem pavimentação e sistema de drenagem de águas pluviais, a rua se tornou num verdadeiro lamaçal. Um risco para pedestres, sobretudo gestantes, crianças, idosos e deficientes físicos, que precisam utilizar a rua para chegar em casa.

Um descaso, semelhante às centenas de exemplos espalhadas por toda a cidade. Mas, as eleições estão chegando…

Placa foi colocada por moradores em forma de protesto contra os vereadores Ivaldo Rodrigues e Marquinhos

Placa foi colocada por moradores em forma de protesto contra os vereadores Ivaldo Rodrigues e Marquinhos

Moradores do Coroado protestam com faixa por causa de buraco em rua

Moradores da Rua do Arroz, no Coroado, protestam contra Edivaldo Júnior

Moradores da Rua do Arroz, no Coroado, protestam contra Edivaldo /Foto: Lailson Everton

Moradores da Rua do Arroz, no Coroado, encontraram uma maneira inusitada de protesto contra a administração municipal de São Luís por causa de um buraco que impede o tráfego de veículos na via.

Confeccionaram uma faixa com a seguinte frase: “Parabéns. Pelo primeiro ano de trabalho do prefeito Edivaldo Holanda Júnior e pelo aniversário de 4 meses do buraco na Rua do Arroz”.

O subtítulo da faixa ainda acrescenta: “Em toda São Luís, Ilha de buracos. (Patrimônio da Desumanidade)”.

Outro lado – Vale ressaltar, no entanto, que a Prefeitura de São Luís ampliou em 2014 as operações de pavimentação e recuperação de vias em vários bairros da capital. No domingo da semana passada, Edivaldo esteve no João Paulo, onde fiscalizou a primeira etapa do serviço. Ontem, a Prefeitura realizou a segunda etapa de obras naquele bairro. Na Rua General Arthur Carvalho, no Turu, obras de drenagem foram iniciadas também no fim de semana.

 

Imagem do Dia: buraco na Cidade Operária

Buraco fica na Rua 14 D, na Unidade 105 da Cidade Operária

Buraco fica na Rua 14 D, na Unidade 105 da Cidade Operária

Um enorme buraco situado em via pública na Cidade Operária tem impedido o tráfego de veículos no local. O problema foi denunciado por moradores da Rua 14 D, na Unidade 105 daquele bairro. A via, última da unidade 105, dá acesso a Avenida Principal do Jardim América, ao Recanto dos Pássaros e à comunidade Janaína.

As estacas de madeira que interditam a via, foram colocadas pelos próprios moradores. A ação atem como objetivo, evitar que veículos fiquem presos no local, como ocorreu no último fim de semana. A população aguarda por um posicionamento da Semosp, que até agora não enviou equipes para recuperar a rua.

Veículo ficou preso no local no fim de semana

Veículo ficou preso no local no fim de semana

Clique nas fotos para ampliar