Roseana reúne multidão em Timon e inicia campanha

Uma multidão deu uma calorosa recepção à candidata a governadora Roseana (MDB) e sua comitiva em Timon, encerrando o primeiro dia de campanha que incluiu também visitas aos municípios de Parnarama e Matões, onde atraiu centenas de moradores ao lado de seu vice Ribinha Cunha. Sob aplausos, Roseana destacou que, se eleita, vai retomar o desenvolvimento econômica e social do Maranhão.

“Escolhi começar nossa campanha pela Região dos Cocais. Há tempos, onde tenho andado, percebo o povo triste. Por isso gostaria de governar mais uma vez este estado que amo, e venho pedir seu voto. Temos uma chapa experiente, que já fez pelos maranhenses e podemos fazer mais”, disse Roseana.

Em Parnarama, com os candidatos ao Senado, Sarney Filho e Edison Lobão, e os candidatos a deputados Adriano Sarney, César Pires, Carlos Filho e Edilázio Júnior,  Roseana foi recepcionada pelo ex-deputado JJ Pereira, 44 anos de vida pública e liderança da Região dos Cocais. “Vou votar em Roseana, porque ela respeita a classe empresarial, não cria impostos, não persegue. Roseana é humana, sensível às causas dos mais necessitados, tem obras em todo o estado do Maranhão”, enfatizou JJ Pereira.

Dentre as principais ações realizadas pelo governo Roseana em Parnarama, citadas pelas lideranças Valdemar Junior e José Henrique, estão a pavimentação de 4 km de vias urbanas, melhoramento de estradas vicinais, pagamento de 10.230 contas de luz pelo Governo do Estado e assistência técnica e extensão rural gratuita, beneficiando 2.414 agricultores familiares, pescadores artesanais e aquicultores.

“Estamos com ela pelo trabalho que Roseana fez aqui na região, e também basta olharmos as diversas obras em todas as áreas feitas pela ex-governadora em todos os municípios”, justificou Gabriel Tenório.

Todas as lideranças que falaram, em um palanque improvisado devido a quantidade de correligionários que foram ao local, ressaltaram a importância das obras e planejamento feito por Roseana na Região dos Cocais. Algumas citadas foram a transferência de mais de R$ 390 mil para fundo de saúde do município; recuperação da MA-026, no trecho Matões/Parnarama; serviços de melhoramento e pavimentação das rodovias MA-262/MA-034, trecho Matões/entroncamento; MA-034/entroncamento da BR-226 (Baú) – extensão de 71,50 km e serviços de pavimentação de vias urbanas na sede. Além de 17.430 contas de luz pagas pelo Governo do Estado.

Em Timon, a ex-prefeita Socorro Waquim, candidata à deputada estadual pelo MDB, enfatizou o “verdadeiro descaso do atual governo com o Polo Industrial, ferramenta que poderia estar gerando emprego e renda para pessoas de todas as faixas etárias, inclusive os jovens”. Ela lembrou das 7.000 casas que entregou no município durante sua gestão com o apoio do Governo Roseana, o que, segundo ela, beneficiou mais de 30 mil cidadãos timonenses.

Ainda em Timon, na reunião organizada pela vereadora Professora Cláudia, Roseana foi recebida por agentes de saúde do município, membros de 22 grupos culturais, pastores de igrejas evangélicas, professores e grupos de estudantes.

Assessoria de campanha de Roseana Sarney

Flávio Dino inicia campanha com ato político em Raposa

Milhares de pessoas acompanharam o governador Flávio Dino na caminhada que abriu a campanha nas ruas pela reeleição, na noite desta quinta-feira (16), na Raposa. As bandeiras, camisetas e adereços foram usadas nas ruas com o número 65, que é o de Flávio nas urnas.

O ato foi embalado pelo Passinho do 65, o hit que tomou conta da campanha vitoriosa de 2014. Os candidatos ao Senado Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS) também participaram do evento.

Flávio Dino foi recebido e conversou com os maranhenses, que explicaram as razões de votar novamente nele para governador. “Voto nele para fazer a continuação do belo trabalho que ele está fazendo. Por isso é Flávio Dino de novo”, disse Francineide Santos, uma das mais empolgadas.

Ao falar para os milhares de pessoas presentes, Flávio pediu que “todo o povo do Maranhão ouça a nossa voz neste momento, como uma voz de esperança e uma voz de gratidão”.

“É 65: este é o número dos que querem que o Maranhão ande pra frente. Que Deus acompanhe a nossa campanha até a vitória no dia 7 de outubro”, acrescentou.

Ao falar sobre os avanços vividos pelo Maranhão desde 2015, Flávio ressaltou que tudo foi feito apesar da grave crise nacional. “Peguei um tempo difícil, mas não me queixo, porque Deus dá a carga de acordo com a nossa capacidade de levar adiante. Ele sabia o que fazia, porque me deu essa conjuntura difícil para dizer ao povo hoje que quem navegou na tempestade e sobreviveu está apto a navegar em mares calmos e fazer mais em favor da população.”

Assessoria de campanha de Flávio Dino

Candidatos ao Governo iniciam campanha com visitas a municípios

Os candidatos ao Governo do Estado, Senado da República, Câmara Federal e Assembleia Legislativa deram início hoje à campanha eleitoral no estado.

O governador Flávio Dino (PCdoB) realizará o seu primeiro ato de campanha no município de Raposa, com concentração às 18h, na Praça Chico Noca.

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB), por sua vez, tem uma agenda mais ampla, com visita a três municípios no primeiro dia de campanha.

Ela iniciou uma incursão ao interior do estado com visita a Parnarama, às 14h; Matões, às 15h45 e às 18h irá ao município de Timon.

O senador Roberto Rocha, candidato do PSDB, visita a cidade de Imperatriz com agenda parlamentar. Somente amanhã, no município de Balsas, ele fará o lançamento oficial de sua campanha.

Ramon Zapata, do PSTU, coordenará atividade de panfletagem no Terminal de Integração da Praia Grande, às 17h. Ele estará ao lado dos companheiros de chapa e de militantes do partido.

Já Maura Jorge, do PSL, se reunirá hoje com a sua coordenação de campanha e amanhã visitará o município de Balsas. No sábado, ela irá a Santa Inês.

Odívio Neto, do PSOL, fará reunião com a coordenação de campanha na sede do partido, no Cohafuma. Amanhã ele inicia atividade de rua com caminhada na Rua Grande e na Rua da Paz, no Centro de São Luís.

PRP no calcanhar de Flávio Dino

O Partido Republicano Progressista (PRP), controlado no Maranhão pelo ex-presidente da Assembleia Legislativa e ex-secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, tem dado dor de cabeça ao governador Flávio Dino (PCdoB).

É do partido político a autoria de duas ações eleitorais por propaganda eleitoral antecipada que resultaram em derrotas de Dino.

É também do PRP, a autoria de uma representação junto à Procuradoria-Geral da República, com pedido de reabertura de investigação contra o comunista, no âmbito da Lava Jato, por suposta lavagem de dinheiro do PCdoB nas eleições 2014.

O PRP também pediu à Justiça, acesso integral as contas de campanha do governador Flávio Dino de 2014 e tem cobrado da Polícia Militar, resultado da sindicância que apurou o escândalo da espionagem [reveja aqui, aqui e aqui], na corporação.

O PRP, leia-se, Ricardo Murad, tem sido uma espécie de espinho no calcanhar de Flávio Dino.

Promessa é dívida

Editorial de O Estado do Maranhão

Imagem da posse do governador Flávio Dino em janeiro de 2015

Quando em 2014 Flávio Dino foi eleito governador do estado do Maranhão, já havia à época a obrigação legal imposta a todos os candidatos a chefe do Executivo de registrar o seu plano de governo (promessas de campanha) perante a Justiça Eleitoral.

Com efeito, desde o ano de 2009 foi introduzido na Lei nº 9.504/97 (Lei das Eleições) o inciso IX ao artigo 11, §1°, que tem o seguinte teor: o pedido de registro de candidatura deve ser instruído com as propostas defendidas pelo candidato a prefeito, governador de estado e a presidente da República.

Logo, ao registrar as suas promessas de campanha na Justiça Eleitoral, Dino assim fazia não por mera liberalidade, não apenas por capricho ou vontade própria, mas, sim, para atender a um requisito para o deferimento do registro de sua candidatura. É dizer: se as suas promessas não fossem encaminhadas para a Justiça Eleitoral o comunista não teria o registro da sua candidatura deferido.

E quantas promessas de campanha ele fez em 2014? Não se pode ter a menor dúvida de que foram 65, número este, inclusive, que tinha apelo simbólico, já que 65 também era o seu número na urna eletrônica.

Ou seja, Dino resolveu fazer 65 promessas não de forma à toa, mas tão somente para confundir o eleitor, o que significa dizer que esse número é fantasioso desde a sua origem.

Quem ainda tiver dúvida quanto ao número de promessas feitas pelo governador – se 65 ou 37, como acabou sendo de forma imoral por ele mesmo afirmado em suas redes sociais -, basta ir ao sítio eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral e acessar o link “DivulgaCand”.

Pronto! Mentira comprovada, pois lá estarão divididas e caracterizadas as 65 (sessenta e cinco) promessas feitas por Flávio Dino à Justiça Eleitoral.

Isso significa dizer que Flávio Dino não é o governador que mais cumpriu promessas de campanha como falsamente foi alardeado por ele e seus asseclas no mundo virtual. Em realidade, se as 65 promessas tivessem sido levadas em consideração, o comunista seria um dos governadores que menos cumpriu o que prometeu.

Mas, não é só a busca da realidade por meio dos números que estão à disposição na Justiça Eleitoral que atestam a mentira governamental.

É, igualmente, a própria realidade dos maranhenses quem indica isso. Em três anos de governo comunista houve aumento considerável do número de pessoas que passaram a viver na linha da miséria – 312 mil indivíduos, segundo o IBGE. Somam-se a esse cenário os numerosos escândalos, inclusive de corrupção, que marcam o governo até aqui.

Chegou-se ao último ano do governo que até hoje não mostrou a que veio. O povo, esperançoso, ainda tem alguma expectativa das promessas de mudança elaboradas por Dino serem efetivadas, até porque, promessa é dívida.

Por enquanto, no mundo real, o que se vê são apenas notícias mentirosas (fake news) espalhadas com facilidade pela internet para fundamentar as mudanças prometidas, mas não percebidas.

Crise de egos

Os secretários de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos (Secap) e da Segurança Pública (SSP), Marcio Jerry e Jefferson Portela, respectivamente, ambos do PCdoB, travam uma disputa de egos na estrutura do primeiro escalão do Governo Flávio Dino, por causa das eleições 2018.

Jerry e Portela são pré-candidatos a deputado federal e têm entrado em conflito na disputa de base eleitoral no interior do estado. Ontem, a crise entre os auxiliares de Dino foi exposta de forma até constrangedora para o Palácio dos Leões.

Portela revelou a um blog que faz a cobertura política da capital que Jerry tem atuado para impedir a sua candidatura à Câmara Federal. – Indiretamente, o Marcio Jerry busca me deixar fora da disputa, mas reitero que sou candidato a deputado federal – disse. Jerry silenciou.

A crise entre os dois tem se arrastado desde o fim do ano passado, quando Portela iniciou movimentação nos bastidores pela sua pré-candidatura. Jerry tem confidenciado a aliados que pretende alcançar pelo menos 150 mil votos em 2018, para tornar-se, assim, o deputado federal mais bem votado da história do Maranhão.

Por isso a cisma com outros membros do PCdoB que alimentam o objetivo de também chegar à Câmara. Portela, contudo, já assegurou que não recuará. E demonstrou não temer o “homem forte” do Governo.

Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão

Iniciada campanha de vacinação contra a gripe em São Luís

Cinco dias depois de completar 60 anos, a doméstica Marileide Soares cumpriu um importante compromisso com sua saúde, indo à Unidade Básica do São Francisco para tomar, pela primeira vez, a vacina contra a gripe. A idosa foi uma das pessoas que procuraram nesta segunda-feira (17), uma das 62 unidades de saúde da rede municipal, onde começou a campanha nacional de vacinação contra a gripe. A campanha é realizada pelo Ministério da Saúde e coordenada pela Prefeitura de São Luís, na capital maranhense. A ação de saúde se estende até 26 de maio, com o “dia D” programado para o dia 13.

O primeiro dia da campanha transcorreu normalmente, sem filas nem demora nos postos. “Estou entrando na melhor idade e sei que a gente tem que se cuidar, por isso, a partir de agora vou vacinar todos os anos porque a gripe é uma doença que maltrata muito”, afirmou a doméstica Marileide Soares.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), a meta é vacinar 80% do público alvo, que este ano inclui professores de escolas públicas e privadas que estejam em atividade, além de pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a 4 anos de idade, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, orienta a população a procurar logo os postos. “A cidade está tendo uma variação climática muito grande que favorece o aparecimento de casos de gripe e essa vacina demora cerca de duas semanas para fazer efeito; por isso, quanto mais cedo o público alvo procurar o posto de vacinação melhor porque fica imunizado com mais antecedência”, explica Helena Duailibe.

A secretária de Saúde lembra que é indispensável levar o cartão de vacinação, mas se não tiver, pode ser feito na unidade. Pessoas com mais de 60 anos devem apresentar o RG e aqueles que têm doença crônica ou autoimune devem levar o relatório médico comprovando a patologia. Para os professores é exigida a comprovação da atividade profissional.

Dono de prédio da Funac participou da propaganda do PCdoB em 2014

Coincidência. O engenheiro eletricista Jean Carlos Oliveira, filiado ao PCdoB do Maranhão e proprietário do imóvel alugado pelo Governo do Estado para abrigar anexo da Funac na Aurora, participou da propaganda eleitoral do partido nas eleições 2014.

Jean recebeu pelo imóvel alugado ao Governo, mais de R$ 170 mil desde 2015, embora o prédio tenha sido utilizado pelo Executivo somente no dia 3 deste mês.

Na propaganda produzida pelo PCdoB, Jean pede votos para o então candidato a deputado estadual, Júlio Guterres (PCdoB). “Eu voto em Júlio Guterres porque uma das grandes bandeiras, uma das grandes lutas dele é a educação. Eu tenho certeza que na Assembleia Legislativa ele vai continuar essa luta”, diz o comunista.

A residência de Jean, que agora abriga unidade da Funac, foi comitê eleitoral da campanha de Gueterres em 2014 e ponto de apoio de distribuição de material do PCdoB, do governador Flávio Dino.

Mas o contrato da Funac foi mera “coincidência”…

Edivaldo mobiliza milhares na segunda caminhada realizada no João de Deus

edivaldo-joao-de-deusO prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), candidato da coligação “Pra Seguir em Frente”, mobilizou milhares de eleitores na sua segunda caminhada no bairro João de Deus.

Desta vez a concentração no João de Deus aconteceu na Rua São José, em frente a Associação da Telemar, onde desde às 16h uma grande aglomeração de pessoas aguardavam a chegada do prefeito Edivaldo e do seu vice na chapa da coligação “Pra Seguir em Frente” (PDT, PCdoB, DEM, PROS PTB, PSC, PRB, PTC, PEN, PR, PT e PSL), Júlio Pinheiro.

“Estamos na reta final da campanha neste primeiro turno. É com muita alegria que recebo esta manifestação de apoio dos moradores do João de Deus. Preciso do voto de cada ludovicense para continuar avançando em nossas políticas públicas. Vote 12, prefeito Edivaldo”, pedia Edivaldo a cada morador.

Já os moradores elogiavam Edivaldo por ser um gestor honesto e pelas benfeitorias realizadas durante o período de três anos e meio de seu mandato. A maioria dos populares ressaltava que ele foi o único prefeito de São Luís que esteve por várias vezes no bairro, mesmo sem ser no período eleitoral.

“Edivaldo olhou para os nossos problemas… Tem que continuar prefeito e terminar o que começou. É só vir aqui no João de Deus e ver o que ele fez!”, afirmou o mecânico Mauro José.

Pelas ruas em que passavam no João de Deus, Edivaldo e Júlio Pinheiro – além de candidatos a vereador da região – eram recepcionados calorosamente por uma multidão que tomava os logradouros. “Um exemplo de político e gestor em tempos de crise. Por isso é querido por todos que com certeza o elegerão de novo prefeito”, disse entusiasmada Cristiane Oliveira.

Alexandre Almeida mobiliza 50 mil em ato de campanha em Timon

alexandre-campanha-2Uma das maiores caminhadas políticas de Timon foi realizada na tarde e início de noite deste domingo (18). Alexandre Almeida (PSD), da coligação Unidos Somos mais Fortes, mobilizou mais de 50 mil pessoas em caminhada pela libertação. Além do vice na chapa, Ulisses Waquim, também estiveram presentes o presidente estadual do PSD, Cláudio Trinchão, o presidente estadual do PROS, Gastão Vieira e outros aliados de campanha.

No ato, a população deu o recado e mostrou que Alexandre é a melhor opção para a Prefeitura nos próximos quatro anos. A concentração do ato ocorreu na Zona Norte, no bairro Formosa e passou por diversos bairros até o Parque do São Francisco. Mostrando vitalidade e confiança, Alexandre Almeida percorreu os oito quilômetros do percurso a pé, cumprimentou eleitores, tirou selfies e pediu o voto daqueles eleitores que ainda diziam estar indecisos.

alexandre-campanhaAo final do percurso, todas as pessoas se reuniram na rua 108, do Parque São Francisco e, demonstrando emoção, Alexandre discursou e destacou o sentimento expresso pelo povo livre de Timon. “Quero agradecer toda a população que de livre e espontânea vontade veio até aqui e demonstrou o sentimento de que quer uma Timon livre. Este também é o meu sentimento e, a cada dia, tenho mais certeza da nossa vitória, que será a vitória do povo de Timon”, disse sendo saudado em seguida.

Ele também fez um convite a todos para que votem no dia 2 de outubro no “melhor projeto para a cidade”. “ Temos um plano de governo audacioso, e que eu sei que posso fazê-lo, cumpri-lo. Por isso, peço uma demonstração de confiança. Um voto no dia das eleições para que possamos transformar aquilo que queremos e que desejamos para nossa querida Timon em realidade. Um voto no 55”, afirmou.

Alexandre Almeida ressaltou que, até o dia 25 deste mês, faltando poucos dias para o encerramento da campanha, deverá fazer ato semelhante ao registrado neste domingo (18) na Zona Sul. O candidato, a cada debate e inserção no rádio, TV e nas redes sociais, reforça a tese de ser o mais bem preparado para a cidade, tendo propostas para todos os setores.

Ele garantiu, como parlamentar, entre outras ações, o sistema de videomonitoramento, a primeira escola de música do município e a promoção de eventos esportivos para o desenvolvimento dos ideais de cidadania. Assim que for prefeito, Alexandre deverá executar o projeto Vale Futuro (de apoio à formação profissional dos mais jovens) e construir um hospital materno-infantil. “ Nossa Timon será diferente. Acredite. Você fará parte desta transformação”, finalizou Alexandre.