Bolsonaro é eleito presidente e interrompe sequência de vitórias do PT

O deputado federal pelo PSL, Jair Bolsonaro, foi eleito presidente do Brasil.

Ele obteve mais de 55% dos votos válidos e derrotou o candidato Fernando Haddad, do PT, defendido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba.

Com a vitória, Bolsonaro interrompe uma sequência vencedora do PT.

Logo após ter sido eleito, o futuro presidente do Brasil prometeu respeitar a Constituição Federal, trabalhar pelas liberdades individuais e quebrar paradigmas na administração pública.

Já o PT, precisará se refazer para os próximos anos…

Edilázio agradece ao povo por expressiva votação no domingo

O deputado estadual Edilázio Júnior obteve votação expressiva e se elegeu deputado federal após a conclusão da apuração dos votos válidos pela Justiça Eleitoral em todo o Maranhão.

Ao todo, o parlamentar obteve 106.576 votos. Ele foi o sétimo candidato de maior votação do estado para a Câmara Federal.

Deputado estadual por dois mandatos consecutivos e um dos parlamentares de maior produtividade na Assembleia Legislativa, Edilázio afirmou que manterá o seu trabalho com uma atuação municipalista e em prol do desenvolvimento do estado.

Ele agradeceu o eleitorado pela expressiva votação obtida ontem e reafirmou o seu compromisso de luta por todas as regiões do estado.

“Quero agradecer ao povo maranhense que reconheceu todo o trabalho que temos realizado na Assembleia Legislativa, e me conferiu mais uma oportunidade de representá-lo, agora, na Câmara Federal. Vou honrar cada um dos mais de 106 mil votos e continuar lutando pelo nosso estado”, disse.

Edilázio assume mandato na Câmara Federal em fevereiro de 2019.

Saiba Mais

Edilázio foi o deputado federal de oposição que mais cresceu no Maranhão. De todos os parlamentares que ocupavam a oposição desde janeiro de 2015, ele foi o único a consolidar-se para a Câmara Federal. Ë também o único da família Sarney a conseguir mandato em Brasília para os próximos 4 anos.

O pai da criança…

edivaldo-caminhadaDesde o fim das eleições de São Luís iniciou-se uma intensa discussão nos bastidores da prefeitura sobre os responsáveis pela reeleição do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

O PDT, obviamente, atribui a recuperação de Edivaldo – que apresentava rejeição de quase 50% no início da campanha – ao presidente do partido, Weverton Rocha, e à garra da militância. Para os pedetistas, foi a injeção de gás imposta pelo partido que construiu a imagem de coragem e pulso firme que o prefeito não tinha até o início de 2016.

Para o publicitário Evilson Almeida, no entanto, a vitória se deve ao trabalho de marketing de campanha, com programas otimistas e foco nas obras do prefeito, que, juntadas todas nas mesmas esquetes, deram o volume necessário para a imagem de prefeito trabalhador que Almeida buscou construir.

Até o pai do prefeito, deputado estadual Edivaldo Braga (PTC), que andou incógnito na gestão do filho durante os quatro anos, reclama para si a responsabilidade da vitória. Para Edivaldo-pai, foi ele o responsável pela virada na área Itaqui-Bacanga, feito que, diz, já havia conseguido também em 2012.

E é claro que o governador Flávio Dino (PCdoB) também se acha pai da vitória do prefeito, embora só tenha aparecido nos últimos cinco dias do segundo turno, quando gravou vinheta dizendo que iria votar em Edivaldo.

E é claro que cada “pai” quer o seu quinhão no futuro da criança que nasceu em 30 de outubro e vai se desenvolver ao longo dos próximos quatro anos.

Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão

Flávio Dino é eleito governador do Maranhão

unnamedO comunista Flávio Dino (PCdoB) se elegeu governador do Maranhão para mandato que vai de janeiro de 2015 até 31 de dezembro de 2018.

Candidato pela coligação “Todos pelo Maranhão”, o comunista obteve xx dos votos válidos, contra xx do segundo colocado, senador Lobão Filho (PMDB).

Flávio Dino tem como vice-governador eleito, o deputado federal Carlos Brandão (PSDB).

Ele deve realizar uma carreata pelas principais avenidas de São Luís, e depois dirigir-se para a Beira-Mar, onde um palco foi montado desde a madrugada de hoje.

Flávio Dino concederá entrevista coletiva às 20h30.