Empresa já recebeu R$ 11 milhões para cuidar da imagem de Flávio Dino

A empresa Informe Comunicação Integrada faturou, somente em 2017, R$ 5,5 milhões do Governo do Maranhão apenas para cuidar da imagem do governador Flávio Dino (PCdoB) na mídia nacional.

Os dados, do Portal da Transparência, foram explorados primeiro pelo jornalista Gilberto Léda.

A empresa pertence a Rebeca Scatrut, esposa do jornalista Ricardo Noblat, e mantém contrato com o Executivo desde 2015, quando participou sozinha de um processo licitatório.

Desde então, mantém-se por meio de aditivos.

No total, desde 2015, os gastos com assessoria e imagem do comunista já chegam à casa dos R$ 11,32 milhões, assim detalhados:

R$ 5,59 milhões em 2017
R$ 4,72 milhões em 2016
R$ 1,01 milhão em 2015

Empresa que doou para a campanha de Flávio Dino é autorizada pelo Governo a explorar gás no Maranhão

Flávio Dino é governador do Maranhão

Flávio Dino é governador do Maranhão

O Estado – A empresa Parnaíba Gás Natural (PGN), que doou R$ 1,1 milhão para a campanha do governador Flávio Dino (PCdoB), no ano passado, recebeu ontem, oficialmente, autorização do Governo do Estado para explorar a Área de Descoberta de Gás do Sudeste de Bom Jesus.

Segundo o Executivo, o campo tem volume estimado de gás in place de 1,34 bilhão de metros cúbicos, com início de produção previsto para o primeiro semestre de 2016.

O governador Flávio Dino tinha presença confirmada no evento que marcaria a declaração de comercialidade deste campo de exploração e a retomada dos investimentos em gás natural no Maranhão por meio da sua doadora de campanha.

O evento estava marcado para ocorrer no Hotel Luzeiros, em São Luís. Durante toda a disputa eleitoral, a Parnaíba Gás Natural fez 12 transferências paras as contas de campanha do então candidato a governador ou para seu comitê financeiro estadual. Para o comitê, de uma única vez, foram doados R$ 400 mil. Os R$ 715,1 mil restantes foram divididos em 11 transferências endereçadas à conta de campanha do comunista. A menor delas foi de R$ 2.448,00 e a maior, de R$ 562.500,00.

Segundo nota encaminhada à imprensa na tarde de ontem anunciando a exploração, Flávio Dino considerou a declaração de comercialidade deste campo “mais uma conquista para o Maranhão, contribuindo para o desenvolvimento do estado”.

Audiência entre a diretoria do SET e rodoviários pode evitar greve

Audiência entre rodoviários e representantes do Sindicato das Empresas de Transporte (SET), mediada pela presidente do  Tribunal  Regional do Trabalho (TRT), desembargadora Ilka Esdras, pode evitar a greve marcada para amanhã, de cobradores, motoristas e fiscais de ônibus que atuam no sistema de transporte público da capital.

Na semana passada o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário decretou greve por tempo indeterminado, a partir de amanhã, após pelo menos oito rodadas de negociação com os empresários. A última audiência fracassada havia sido realizada na Procuradoria Regional do Trabalho. Por conta disso, o TRT se antecipou e determinou que durante a greve, pelo menos 50% dos ônibus continuem circulando normalmente, e marcou para hoje a audiência.

Em entrevista a veículos de comunicação locais, o presidente do sindicato dos rodoviário adiantou que não abrirá mão das reivindicações para os trabalhadores. Os empresários, por sua vez, esclarecem que não há condições de arcar com os custos do aumento salarial exigido, se não houver aumento na tarifa. A situação permanece indefinida.

A última reunião antes da greve marcada,  está marcada para começar por volta das 15h:30. Mais informações daqui a pouco.