Rádio Mirante AM começa a entrevistar candidatos ao Senado

A partir desta segunda-feira (27), a Rádio Mirante AM vai entrevista todos os onze candidatos ao Senado Federal pelo Maranhão.

As entrevistas serão feitas no programa Ponto Final, apresentado pelo jornalista Roberto Fernandes e terá a duração de uma hora, sempre das 10h às 11h.

A ordem dos entrevistados foi definida através de sorteio e o primeiro entrevistado é o candidato Saulo Pinto (PSOL).

Os ouvintes, através do WhatsApp da Rádio Mirante AM (98) 99142-5060, poderão encaminhar, por meio de mensagem de texto, perguntas aos candidatos ao Senado. Veja abaixo a relação dos candidatos e respectivas datas.

Segunda-feira (27/08) – Saulo Pinto (PSOL)
Terça-feira (28/08) – Alexandre Almeida (PSDB)
Quarta-feira (29/08) – Saulo Arcangeli (PSTU)
Quinta-feira (30/08) – Iêgo Bruno (PCB)
Sexta-feira (31/08) – José Reinaldo Tavares (PSDB)
Segunda-feira (03/09) – Sarney Filho (PV)
Terça-feira (04/09) – Weverton Rocha (PDT)
Quarta-feira (05/09) – Preta Lú (PSTU)
Quinta-feira (06/09) – Eliziane Gama (PPS)
Segunda-feira (10/09) – Samuel Campelo (PSL)
Terça-feira (11/09) – Edison Lobão (MDB)

“Quem está preparado para governar não pode escolher adversário”, diz Edivaldo

Edivaldo foi o entrevistado de hoje na Sabatina O Estado

Edivaldo foi o entrevistado de hoje na Sabatina O Estado/ Foto: Biaman Prado

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) afirmou que está preparado para o embate direto contra o seu adversário no segundo turno, Eduardo Braide (PMN).

A declaração do prefeito ocorreu há pouco, durante a Sabatina O Estado, transmitida ao vivo dos estúdios da TV Mirante pelo site do jornal O Estado do Maranhão e pela rádio Mirante AM.

O posicionamento do prefeito, candidato à reeleição, ocorreu durante as perguntas de tema livre, quando foi ele questionado a respeito da surpresa da presença de Braide na disputa do segundo turno.

“Quem está preparado para governar não pode escolher adversário. Eu estou preparado para o debate no segundo turno, assim como estava no primeiro. Eu não escolho adversário”, disse.

A entrevista com Edivaldo ocorreu das 10h às 11h.

Amanhã, no mesmo horário, o entrevistado será o deputado estadual Eduardo Braide.

Wellington rechaça apoio de Waldir Maranhão

wellingtonO deputado estadual Wellington do Curso (PP), candidato a prefeito pela coligação “Por Amor a São Luís”, rechaçou hoje, durante entrevista ao vivo concedida ao JMTV 1ª edição, da TV Mirante, apoio de Waldir Maranhão (PP) à sua candidatura.

“Eu não tenho nenhum tipo de aliança com o deputado Waldir Maranhão. […] Não tem nenhuma participação na nossa campanha, e não terá nenhuma participação no nosso mandato. Naõ que esteja escondendo o deputado Waldir Maranhão, não se trata disso. Mas no meu arco de aliança partidária […] eu não tenho contato com o deputado Waldir Maranhão”, declarou.

Wellington também se esquivou das administrações fracassadas do PP em alguns municípios do interior do estado e do envolvimento da sigla em escândalos nacionais, como na Operação Lava Jato.

“Wellington é diferente, tem uma história de vida de superação e de transformação da vida das pessoas”, disse.

Educação será carro-chefe, diz Eliziane Gama

Foto: Zeca Soares

Foto: Zeca Soares

Zeca Soares – A deputada federal Eliziane Gama (PPS) encerrou a série de entrevistas no programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM, com Roberto Fernandes com os nove candidatos à Prefeitura de São Luís. Ela disse que sempre atuou em defesa das minorias.

“Eu sempre defendi as minorias e eu vejo que o poder público não olha para as minorias. O poder público existe para compensar as deficiências da população, mas quando o poder público falha fica muito difícil. Eu vou ser prefeita de verdade dessa cidade, eu vou olhar para a nossa cidade”.

Eliziane Gama defendeu como prioridade investimentos na Educação. “Hoje como prefeita de São Luís eu quero investir em Educação. Através da Educação nós vamos mudar a cidade de São Luís. Vamos recuperar a rede física e dotar as nossas escolas de melhores instalações. Se de fato investirmos em Educação nós vamos mudar a realidade de São Luís. A Educação será carro-chefe no meu governo”.

A candidata do PPS comentou as últimas pesquisas e disse receber os números com transquilidade. “As pesquisas são cenário de momento. A campanha começou na semana passada na televisão e rádio e você vai puder se apresentar melhor. Eu sempre recebi com tranquilidade as pesquisas eleitorais até mesmo porque o que eu sinto nas ruas é um sentimento muito forte de calor humano. Isto para mim é o que é mais forte. As pesquisas estão muito confusas e a gente não pode se guiar por pesquisa A ou B. O eleitor tem que se guiar pelo melhor programa para a cidade”, destacou.

Eliziane defendeu maior participação das mulheres na vida pública. “No nosso governo nós teremos uma participação importante das mulheres não apenas numa assistência social, mas em outros setores de forma dar um olhar muito mais humano e mais sensível na solução dos problemas da cidade”.

A candidata do PPS defendeu a qualificação profissional dos jovens para prepará-los para o mercado de trabalho. “Vamos transformar o Centro Histórico no Projeto Cidade Escola”, afirmou. Ela prometeu resgatar a Escola Municipal de Música criada pelo ex-prefeito Tadeu Palácio e que desde a gestão de João Castelo foi desativada. “A questão da música terá uma atenção toda especial”, disse.

Eliziane defendeu investimentos no Esporte e Cultura. “Nas nossas praças precisam existir com bancos, com uma quadra, mas também pode ser utilizada para zumba à noite com uma boa iluminação. A questão do esporte é fundamental. Teremos um programa que vai “caçar” os talentos da nossa cidade. Vamos fazer parcerias com as associações de bairros para investir na nossa juventude. Depois de você reformar a associação e entregar à comunidade ela cuida. E sobre a cultura eu sempre digo que a cultura não é somente São João e Carnaval é muito mais. Vamos dar atenção a todas as manifestações culturais durante o ano inteiro”, destacou.

Eliziane defendeu a implantação de um transporte de massa em São Luís. Disse que a implantação do VLT pode ser uma alternativa, mas tudo vai depender de estudos técnicos. “O que nós temos hoje em termos de trânsito em São Luís foi proejetado por Haroldo Tavares”, afirmou.

Perguntada sobre as alianças com João Castelo e Waldir Maranhão, a candidata Eliziane Gama explicou. “Muito me honra a aliança com o PSDB. Eu fico muito feliz de ter ao meu lado um vereador com a história de 7 mandatos que é o vereador José Joaquim. Eu quero dizer a você que eu não me envergonho com nenhuma das lideranças que estão conosco. O deputado João Castelo está conosco. Eu quero lhe dizer que o deputado Waldir Maranhão não faz parte da nossa campanha aqui em São Luís”.

Mobilidade urbana foi o tema mais discutido por candidatos na Sabatina O Estado

eduardo braideNenhum outro assunto dominou mais a Sabatina O Estado nestes últimos 10 dias quanto a questão envolvendo o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), comprado ainda na gestão do ex-prefeito João Castelo (PSDB), ao custo de R$ 7 milhões e hoje armazenado em um galpão no Tirirical.

welllington sabatinaE na Sabatina, quando questionados sobre o tema “Mobilidade Urbana”, os candidatos acabavam recorrendo ao assunto VLT, com forte repercussão também nas redes sociais. E cada um deles – incluindo o próprio Edivaldo, que já perdeu cerca de R$ 600 milhões para o setor – apresentou sua versão para o uso do trem.

Cláudia Durans é sabatinada por O Estado / Foto: Biaman Prado

Cláudia Durans é sabatinada por O Estado / Foto: Biaman Prado

A candidata do PPS, Eliziane Gama – aliada de Castelo que é -, não quis polemizar. Defendeu como viável o traçado original, do Centro ao São Cristovão, e foi ela quem revelou a perda dos R$ 600 milhões na gestão de Edivaldo. O prefeito, por sua vez, disse que já tem no Ministério das Cidades um projeto em análise para implantação do VLT no trecho Centro/Itaqui Bacanga.

Eliziane Gama foi sabatina por Gilberto Léda, Marco D'Eça e Ronaldo Rocha / Foto: Thamyres D'Eça

Eliziane Gama foi sabatina por Gilberto Léda, Marco D’Eça e Ronaldo Rocha / Foto: Thamyres 

Eduardo Braide (PMN) contestou as duas opiniões e ressaltou que qualquer projeto deste tipo precisa analisar também o custo das desapropriações. O candidato do PMDB, Fábio Câmara, não apresentou saída para o uso do trem e chegou a afirmar que, “se o prefeito disse que tem um projeto, eu acredito no prefeito”.

edivaldo júnior sabatinaMais curiosas foram as propostas dos candidatos Cláudia Durans (PSTU) e Wellington do Curso (PP). A ultraesquerdista classificou de “crminosa” a compra do VLT e propôs que ele servisse de prisão para o responsável por sua compra.

Wellington do Curso foi além: sugeriu o uso do veículo como uma espécie de trenzinho na Avenida Litorânea, saindo da Praça do Pescador. Na sua avaliação, seria uma atração para turistas. Um brinquedo de R$ 7 milhões.

Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão

Eduardo Braide será o último entrevistado na Sabatina O Estado

eduardo braideO deputado estadual Eduardo Braide (PMN), candidato a prefeito de São Luís, será o último entrevistado da Sabatina O Estado.

O candidato responderá a perguntas relacionadas a temas sorteados pelos jornalistas Marco Aurélio D’Eça, Ronaldo Rocha [titular do blog] e Gilberto Léda e também a perguntas feitas por interunautas, por meio das redes sociais.

Ele fechará o primeiro ciclo da Sabatina, iniciativa inédita no jornalismo maranhense, que além além de contar com uma estrutura de TV [é realizada no estúdio da TV Mirante], e com a transmissão ao vivo por meio do site oestadoma.com, inclui a interatividade direta com o leitor do jornal e internautas, que participam do programa por meio da hashtag #SabatinaOEstado e por meio de WhatsApp.

Caso haja segundo turno em São Luís, O Estado também fará a sabatina com os dois candidatos a prefeito escolhidos pelo eleitorado ludovicense.

Cláudia Durans será a entrevistada de hoje na Sabatina O Estado

Cláudia DuransA professora universitária Cláudia Durante, candidata do PSTU à Prefeitura de São Luís, será a entrevistada de hoje na Sabatina O Estado.

Ela será a sexta participante do programa, que já ouviu Rose Sales (PMB), Edivaldo Júnior (PDT), Eliziane Gama (PPS), Zeluis Lago (PPS) e Fábio Câmara (PMDB).

Cláudia Durans já foi candidatava a vice-presidente da República em duas oportunidades e representará a legenda de esquerda no pleito de outubro.

A Sabatina O Estado começará às 10h e se estenderá até às 11he será transmitida ao vivo pelo site oestadoma.com.

Durante o programa, eleitores e internautas poderão enviar perguntas por meio da hashtag #SabatinaOEstado e pelo WhatsApp 99209-2564.

Após o programa, a íntegra da entrevista será publicada na página do jornal no youtube.

Amanhã, Valdeny Barros (PSOL) será o entrevistado. Na quarta-feira o sabatinado será Wellington do Curso (PP) e na quinta-feira o deputado estadual Eduardo Braide (PMN).

Fábio Câmara será o entrevistado de hoje na Sabatina O Estado

fabioO vereador Fábio Câmara, candidato a prefeito de São Luís pelo PMDB, será o entrevistado de hoje na Sabatina O Estado, iniciada na segunda-feira, e que tem por objetivo ouvir todos os candidatos ao Executivo da capital.

Oposição ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), o peemedebista passou o período de pré-campanha inteiro reafirmando a sua candidatura. Isso porque ele não conta com o apoio das principais lideranças da sigla.

Durante os seus 3 anos e 8 meses de atuação no Legislativo Municipal [a atual legislatura se encerra em dezembro], Fábio Câmara fez inúmeras denúncias conta a gestão pedetista, principalmente em relação aos setores do transporte público e da saúde.

No setor de transporte, foi Fábio quem provocou o adiamento, em duas oportunidades, do início da licitação para o setor, após apresentar com dados indícios de vícios e direcionamento no processo.

A Sabatina O Estado será transmitida ao vivo pelo site oestadoma.com. Os internautas e eleitores poderão participar encaminhando perguntas por meio das redes sociais com a hashtag #SabatinaOEstado.

A entrevista começa às 10h e se estenderá até às 11h.sabatina 1

Zeluis Lago será entrevistado hoje na Sabatina O Estado

zeluis3O médico Zeluís Lago, candidato a prefeito pelo PPL, será ouvido hoje na Sabatina de O Estado do Maranhão.

Zeluís é o quarto entrevistado da série iniciada esta semana e que vai até o dia 18, com todos os postulantes a prefeito da capital.

Ex-candidato a governador pelo mesmo partido, o médico – que é irmão do ex-governador Jackson Lago (PDT) – pretende fazer campanha mesmo com as restrições ao PPL, em termos de propaganda e recursos do fundo partidário.

A entrevista de Zeluís Lago vai ao ar a partir das 10h da manhã, com transmissão ao vivo pelo site oestadoma.com

Marco D’Eça

Momento histórico

edivaldo júnior sabatinaA Sabatina com os candidatos a prefeito de São Luís, iniciada esta semana por O Estado, é o primeiro produto essencialmente multiplataforma utilizado em uma campanha eleitoral no Maranhão.

Pela primeira vez no estado, um veículo impresso utiliza equipamentos de TV, de última geração, para transmissão ao vivo, via internet, com ativa participação de internautas, pelas redes sociais, e com repercussão tanto na rádio quanto no próprio veículo impresso.

A Sabatina, que já é um marco na cobertura eleitoral maranhense, utiliza, de uma só vez, e ao mesmo tempo, todas as plataformas de comunicação disponíveis na atualidade, desde a geração HD de transmissão televisiva, passando pela tradição das emissoras de rádio e dos jornais impressos, e chegando às redes sociais como Instagram, Facebook, Twitter, Snapchat, WhatsApp, portais, blogs e e-mails, garantindo ao leitor do jornal e navegador de internet uma participação pari passu.

Rose Sales é sabatina pelos jornalistas Ronaldo Rocha, Marco D'Eça e Daniel Matos / foto: O Estado online

A série de entrevistas – que vai permitir a todos os candidatos a prefeito a oportunidade igualitária de falar ao eleitor – envolve dezenas de funcionários do Grupo Mirante, desde jornalistas de rádio, jornal, TV e Internet, passando por técnicos, produtores, publicitários, especialistas em marketing e diretores do grupo.

A disponibilização dos vídeos integrais na Internet, a cobertura das sabatinas na rádio e na TV, a análise das entrevistas no jornal e o passo a passo no site de O Estado dão ao eleitor todas as ferramentas possíveis para que ele esteja bem informado no momento em que a campanha começar de fato, na TV. E sobretudo na hora do voto. E é este o papel a que a Sabatina se propõe.

E O Estado executa com forte dose de orgulho.

Da coluna Estado Maior, de o Estado do Maranhão