Escutec aponta disputa acirrada entre Flávio Dino e Roseana

A primeira pesquisa de intenções de votos Escutec/O Estado para análise de cenário das eleições 2018, mostrou disputa polarizada e cenário de provável segundo turno entre os candidatos Flávio Dino (PCdoB), da coligação “Todos pelo Maranhão” e Roseana Sarney (MDB), da coligação “O Maranhão quer Mais”.

No cenário estimulado do levantamento, registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-07603/2018, Flávio Dino aparece na liderança com 42% das intenções de votos. Roseana aparece em seguida, com 36% da preferência do eleitorado e apenas 6 pontos percentuais de desvantagem, sem levar em consideração a margem de erro, de 2 pontos para mais ou para menos.

O senador Roberto Rocha (PSDB), candidato da coligação “Coragem e União para fazer o Maranhão melhor” tem 6% das intenções de votos e Maura Jorge (PSL), da coligação “Renovação de Verdade” é a quarta colocada na pesquisa com 5% das intenções de votos.

Ramon Zapata, do PSTU aparece no levantamento com 1% da preferência do eleitorado e Odívio Neto (PSOL), da coligação “Vamos sem medo de mudar o Maranhão” com 0%.

Outros 6% dos entrevistados afirmaram não votar em nenhum dos candidatos apresentados e 4% não souberam ou não responderam aos questionários.

Espontâneo – No cenário espontâneo, que é desenhado quando não há apresentação de nomes de candidatos ao eleitorado, Flávio Dino aparece com 23%. Roseana é a segunda colocada, com 16% da preferência do eleitorado, seguida por Roberto Rocha, com 1% e Maura Jorge, com 1%. Ramon Zapata e Odívio Neto não pontuaram e ficaram com 0%, cada.

O eleitorado que afirmou não votar em nenhum candidato ao Governo foi de 1%. Não souberam ou não responderam, outros 58%.

A pesquisa Escutec/O Estado também analisou a rejeição dos candidatos ao Governo do Maranhão. Roseana aparece com 34%. Flávio Dino tem rejeição de 29%. Roberto Rocha aparece com 14%, seguido por Ramon Zapata, 5%; Maura Jorge, 4% e Odívio Neto, 2%. Apontaram nenhum deles, 3% e não souberam ou não responderam, 9%.

Saiba Mais

A pesquisa de intenções de votos Escutec/O Estado [ MA-07603/2018] foi realizada entre os dias 25 e 28 de agosto e ouviu 2 mil eleitores em mais de 80 municípios. O levantamento tem filtragem de 100% dos questionários aplicados e possui intervalo de confiança de 95%. A margem de erro máxima é de 2.19% para mais ou para menos.

De O Estado

Escape

O governador Flávio Dino (PCdoB) comemorou ontem, em seu perfil, em rede social, o resultado de mais uma pesquisa de opinião pública do Instituto Exata, que aponta a aprovação de 58% da gestão comunista.

Compreensível o entusiasmo do governador, não fosse uma estranha coincidência em todo esse contexto: a pesquisa, bem como as anteriores, surgiu justamente após novo desgaste enfrentado pelo Governo do Maranhão.

Além do escândalo dos desvios de recursos públicos da Saúde, apontados pela Polícia Federal no bojo da Operação Rêmora – caso mostrado em rede nacional pelo programa Fantástico, da TV Globo -, e da proposta de criação de uma CPI na Assembleia Legislativa para apuração justamente dos supostos desvios no setor, a publicação da pesquisa ocorreu após surgir nos bastidores a informação de que o Instituto Escutec já guardava números desde a última sexta-feira de um levantamento de intenções de votos no Maranhão.

A Escutec, revelada apenas ontem, atesta vantagem da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) sobre o comunista para a disputa de 2018. Talvez esse seja o principal motivo da exploração do levantamento da Exata nos perfis em rede social do governador e na mídia alinhada ao Palácio dos Leões.

A bem da verdade, Flávio Dino sente o peso das denúncias que atingiram a rede de saúde pública estadual. Observa com temor a possiblidade – ainda que remota -, de instalação de uma CPI na Assembleia Legislativa e se preocupa com o avanço de adversários junto ao eleitorado maranhense.

Resta a ele, de forma não tão exata assim, analisar os números.

Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão

Escutec: Roseana aparece com vantagem de 7 pontos sobre Flávio Dino

O instituto Escutc divulgou somente hoje uma pesquisa de intenções de votos contratada pelo PMDB, que aponta vantagem da ex-governadora Roseana Sarney sobre o governador Flávio Dino (PCdoB).

O levantamento coloca Roseana Sarney com 32,9% das intenções de votos, contra 25,9% de Flávio Dino. São exatos sete pontos de vantagem.

Na terceira colocação aparece o deputado estadual Eduardo Braide (PMN), com 11,4% e logo em seguida o senador Roberto Rocha (PSB), com 6,6%. Maura Jorge é a última colocada, com 2,5% da preferência do eleitorado.

Ao todo, 12,6% dos entrevistados afirmaram não votar em nenhum dos candidatos listados e 8,1% não souberam ou não responderam.

A pesquisa Escutec ouviu 2034 eleitores em 80 municípios do Maranhão.

Escutec aponta empate: Edivaldo 45%; Eduardo Braide 45%

edivaldo-caminhadaA segunda pesquisa de intenções de votos do instituto Escutec referente ao segundo turno de São Luís, apresentou empate rigoroso entre os candidatos Edivaldo Holanda Júnior (PDT), da coligação “Pra Seguir em Frente” e Eduardo Braide, do PMN.

Edivaldo e Braide aparecem com 45% da preferência do eleitorado, cada, num cenário até então inédito na disputa eleitoral da capital.

Neste mesmo quadro, apresentado pelo instituto como estimulado – quando os nomes dos candidatos são apresentados ao eleitor -, 4% dos entrevistados afirmaram “Nenhum deles” e outros 6% não souberam ou não responderam ao item.

eduardo braide comitê 2Se considerados os votos válidos – excluídos os eleitores que dizem não saber, não responderam ou não votam em nenhum dos postulantes ao cargo de prefeito -, segundo o instituto Escutec, os candidatos também aparecem em empate, com 50% das intenções de votos, cada.

Rejeição – Na pergunta, “Se as eleições fossem hoje, e sendo estes os candidatos, em quem o(a) senhor(a) não votaria para prefeito?”, 40% dos entrevistados apontaram o nome de Edivaldo Holanda Júnior e 38% assinalaram o nome de Eduardo Braide.

Outros 5% apontaram “Nenhum deles” e 17% não souberam ou não responderam ao questionamento.

A pesquisa Escutec de intenções de votos, contratada pelo jornal O Estado do Maranhão, ouviu 1.110 eleitores com idade acima dos 16 anos, entre os dias 19 e 21 deste mês.

O levantamento, registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-01476/2016, possui intervalo de confiança de 95% e margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

A disputa de segundo turno da eleição municipal entre Eduardo Braide e Edivaldo Holanda Júnior ocorrerá no próximo domingo. Edivaldo busca a reeleição de seu mandato, já Braide busca a primeira experiência no comando do Executivo.

De O Estado

Eleitores de Wellington e Eliziane migraram para Braide, aponta Escutec

escutec-cruzamentosO Estado – A pesquisa Escutec/O Estado divulga ontem e que já aponta uma virada do candidato do PMN, deputado estadual Eduardo Braide, sobre o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), candidato à reeleição pela coligação “Pra seguir em frente”, levantou também de onde viram os votos dos dois postulantes ainda na disputa pelo cargo de prefeito de São Luís.

Antes de perguntar em quem os entrevistados votariam no 2º turno, o instituto procurou saber em quem eles votaram no dia 2 de outubro.

O resultado mostra que, mesmo sem oficialmente receber apoio dos outros três principais concorrentes na disputa – Wellington do Curso (PP), da coligação “Por amor a São Luís”; Elliziane Gama (PPS), da coligação “São Luís de verdade”; e Fábio Câmara (PMDB), da coligação “Coragem para fazer” -, o deputado Eduardo Braide tem sido o destinatário natural dos votos votos dados antes a esses candidatos.

Os dados específicos apontam que o eleitor que mais se identifica com o atual líder da corrida eleitoral é o do também deputado estadual Wellington do Curso. Segundo o Escutec, 78,79% dos eleitores do pepista declaram votar, agora, em Braide. O prefeito é o preferido para 5,05% desses eleitores.

De Eliziane Gama, o candidato do PMN fica com 60% dos eleitores e com 60,61% dos que votaram em Fábio Câmara – o atual prefeito recebe, respectivamente, 14,55% e 6,06% dos votos desses eleitores.

Já oficialmente na base de apoio a Braide, a vereadora Rose Sales (PMB) dá ao novo aliado 63,64% dos seus votos – e 27,27% a Edivaldo.

Mudança – A consulta revela, ainda, uma curiosidade: há um pequeno percentual de eleitores que afirma já haver mudado de voto em relação ao primeiro turno.

Dos entrevistados que disseram haver votado em Edivaldo Holanda Júnior no 1º turno, 5,32% admitem que votarão em Eduardo Braide no segundo. Por outro lado, 2,77% trocaram o candidato do PMN pelo pedetista.

A pesquisa Escutec, contratada pelo jornal O Estado, foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-03647/2016 e ouviu 1.100 eleitores ludovicenses, nos dias 10 e 11 de outubro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais, ou para menos – o que ainda leva os dois oponentes a uma situação de empate técnico -, e o intervalo de confiança é de 95%.

Escutec confirma vantagem de Edivaldo em São Luís

pesquisa-sao-luis-setembroA pesquisa Escutec de intenções de votos divulgada hoje em primeira mão por O Estado, registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-04039/2016, confirma liderança do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e possível vitória no primeiro turno.

No levantamento, Edivaldo aparece com 45,3% das intenções de votos, contra 24,0% de Wellington do Curso (PP) e 8,8% de Eliziane Gama (PPS).

Quarto colocado na pesquisa, Eduardo Braide (PMN) aparece com 5,5%, contra 3,0% de Fábio Câmara (PMDB); 2,0% de Rose Sales (PMB); 0,5% de Zeluis Lago (PPL); 0,5% de Cláudia Durans (PSTU) e 0,5% de Valdeny Barros (PSOL).

Outros 4,0% apontaram “nenhum deles” e 6,0% não souberam ou não responderam.

A pesquisa Escutec ouviu 800 entrevistas e realizada entre os dias 21 e 23 deste mês.

Escutec: Gilberto Aroso lidera corrida em Paço do Lumiar

pacoPesquisa Escutec contratada pelo jornal O Estado e realizada em de Paço do Lumiar mostra que há menos de duas semanas para as eleições deste ano, o ex-prefeito Gilberto Aroso (PRB) lidera a corrida sucessória na cidade. Segundo o levantamento, se a votação fosse hoje ele teria 30,7%.

São quase sete pontos percentuais a mais que os obtidos pelo ex-deputado Domingos Dutra (PCdoB), que aparece em segundo, com 23,8% das intenções de voto. O terceiro colocado é o atual prefeito, Josemar Sobreiro (PSDB), que busca a reeleição, mas teria apenas 10,7% dos votos se a eleição fosse hoje.

Os três líderes são seguidos por Inaldo Pereira (PPL), com 8,7%; Raimundo Filho (PT), 3,3%; e Moraes Maninho (PCB), 1,5%.

Não sabem ou não responderam somaram 9,2% e, ainda, 12,2% disseram não votar em nenhum dos seis candidatos.

Expectativa

O instituto Escutec também apurou a expectativa de vitória em Paço do Lumiar, ao perguntar quem o eleitor acredita que será eleito no dia 2 de outubro, independentemente da sua preferência.

Nesse quesito Gilberto Aroso também aparece à frente, com 32%, seguido por Domingos Dutra (15,3%), Professor Josemar (10,2%), Inaldo Pereira (3,3%), Raimundo Filho (1%) e Moraes Maninho (0,5%).

No quesito rejeição, Professor Josemar é quem aparece na frente: 48,5% dos entrevistados disseram não votar nele de jeito nenhum. Domingos Dutra é o segundo mais rejeitado, com 13,3%, e Gilberto Aroso, que lidera em intenções de voto, tem apenas 9,8% de rejeição.

A pesquisa Escutec/O Estado foi realizada nos dias 17 e 18 de setembro, com 600 entrevistados. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o protocolo MA­08845/2016. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais, para mais, ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%.

Escutec: crescimento de Edivaldo foi acima da margem de erro

Escutec setembro

Pesquisa divulgada hoje mostra Edivaldo com 31,6% contra 19,5% de Wellington e 18,5% de Eliziane Gama

O candidato a prefeito pela coligação “´Pra Seguir em Frente”, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), foi o que mais cresceu em pontos percentuais no comparativo entre as duas últimas pesquisas do instituto Escutec.

Na pesquisa divulgada no dia 6 de agosto, registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-09198/2016, o pedetista aparecia com 25,2% das intenções de votos, contra 21,8% de Eliziane Gama (PPS) e 18,7% de Wellington do Curso (PP).

O crescimento de Edivaldo foi de 5,4 pontos percentuais, número que está acima da margem de erro, que é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Já Eliziane Gama, caiu de 21,8% para 18,5%, ou seja, 3,3 pontos percentuais.

Wellington do Curso, por sua vez, subiu de 18,7% para 19,5%, mantendo-se dentro da margem de erro, ou seja, no mesmo patamar.

Eduardo Braide saiu de 4,9% na primeira pesquisa para 6,5% na atual. Rose Sales caiu de 6,6% para 4%. Fábio Câmara tinha 4,3% e agora aparece com 4,1%.

Cláudia Durans e Valdeny Barros não chegaram a ter 1% no levantamento do mês passado e agora não pontuaram. Zeluis Lago não pontuou na pesquisa de agosto e agora alcançou 1% na atual.

ss

Pesquisa Escutec do mês de agosto mostrava cenário diferente do atual 

Escutec: Edivaldo com vantagem de 11,1 pontos sobre adversários em São Luís

Escutec setembroO prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), da coligação “Pra Seguir em Frente”, é quem lidera a pesquisa de intenções de votos do Instituto Escutec. O levantamento foi publicado hoje com exclusividade por O Estado.

Na pesquisa, Edivaldo, candidato a reeleição, aparece com 30,6% das intenções de votos. Na segunda colocação, aparece Wellington do Curso (PP), da coligação “Por Amor a São Luís”, com 19,5% da preferência do eleitorado, empatado tecnicamente com a candidata Eliziane Gama (PPS), da coligação “São Luís de Verdade”.

Em seguida aparecem os candidatos Eduardo Braide (PMN), com 6,5%; Fábio Câmara (PMDB), com 4,1%; Rose Sales (PMB), com 4% e Zeluis Lago (PPL), com 1,0%. Valdeny Barros (PSOL) e Cláudia Durans (PSTU), não pontuaram.

Assinalaram nenhum deles, 9,8% dos entrevistados e não souberam ou não responderam, 6,0%

A pesquisa Escutec/O Estado mostra ainda que os candidatos da chamada ultraesquerda, Cláudia Durans (PSTU) e Valdeny Barros (PSOL) da coligação São luís, o caminho é pela esquerda! Não pontuaram. A opção nenhum deles aparece com 9,8% e não sabe ou não responderam somaram 6%.

O levantamento foi encomendado pelo jornal O Estado. Foram entrevistadas 800 eleitores nos dias 31 de agosto e 1º e 2 deste mês. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O registro da pesquisa na Justiça Eleitoral é nº. MA 01182/2016.

Disputa equilibrada em Timon, aponta Escutec

Luciano Leitoa e Alexandre Almeida: 8,2 pontos de diferença

Luciano Leitoa e Alexandre Almeida: 8,2 pontos de diferença

A pesquisa Escutec de intenções de votos, publicada hoje por O Estado, mostrou cenário equilibrado na cidade de Timon. Candidato a reeleição pela coligação “Juntos Pra Fazer Mais”, Luciano Leitoa aparece na liderança, com vantagem de apenas 8,2 pontos sobre o seu adversário.

O socialista tem 46,3% da preferência do eleitorado, contra 38,1% do deputado estadual Alexandre Almeida (PSD), candidato da coligação “Unidos Somos Mais Fortes”.

Ao todo, 4,0% dos eleitores afirmaram que não votariam em nenhum dos candidatos apresentados e 11,6% não souberam ou não responderam ao questionamento.

A pesquisa Escutec foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-06847/2016. Os questionários foram aplicados nos dias 15 e 16 de agosto para 430 eleitores. O intervalo de confiança do levantamento é de 95% e a margem de erro é de 4,0% para mais ou para menos.