Empresa já recebeu R$ 11 milhões para cuidar da imagem de Flávio Dino

A empresa Informe Comunicação Integrada faturou, somente em 2017, R$ 5,5 milhões do Governo do Maranhão apenas para cuidar da imagem do governador Flávio Dino (PCdoB) na mídia nacional.

Os dados, do Portal da Transparência, foram explorados primeiro pelo jornalista Gilberto Léda.

A empresa pertence a Rebeca Scatrut, esposa do jornalista Ricardo Noblat, e mantém contrato com o Executivo desde 2015, quando participou sozinha de um processo licitatório.

Desde então, mantém-se por meio de aditivos.

No total, desde 2015, os gastos com assessoria e imagem do comunista já chegam à casa dos R$ 11,32 milhões, assim detalhados:

R$ 5,59 milhões em 2017
R$ 4,72 milhões em 2016
R$ 1,01 milhão em 2015

Lobão Filho conclama a oposição: “Esse governo está trazendo infortúnio à população”

Lobão Filho 23O senador Lobão Filho conclamou as lideranças políticas do PMDB, na manhã de hoje, durante eleição do diretório estadual da sigla, a intensificarem o trabalho de oposição ao governador Flávio Dino (PCdoB).

O peemedebista destacou o fracasso da gestão comunista como principal motivação para o reagrupamento das lideranças políticas que fazem oposição ao atual Governo, e se se disse motivado a contrapor Flávio Dino.

“Nós sofremos uma pequena derrota na última eleição, mas a cada dia que passa recebemos a prova de que foi o Maranhão quem saiu perdendo. O Governo que aí está, está trazendo infortúnio aos mais de 6 milhões de habitantes. Em menos de um ano, esse Governo já conseguiu mostrar que consegue ser contrário a tudo aquilo que pregou ao longo da sua eleição. Criou uma expectativa, criou uma esperança, mas que está se revelando a cada dia que passa, uma esperança falsa”, disse e completou.

 “A frustração do povo cresce todos os dias. Mas não cresce negativamente só aqui em São Luís. Recebo diariamente notícias da insatisfação do pequeno ao grande município no interior do estado. A situação política do estado mostra que nós do PMDB vamos triunfar nas próximas eleições, com força, por causa justamente desse governo fraco que aí está, que defende interesses pouco republicanos de pequenos grupos”, enfatizou.

Lobão Filho tem observado um pouco à distância o “desenrolar” da administração Flávio Dino. Nos bastidores, já chegou a afirmar em algumas oportunidades, acreditar que esse ainda não é o momento adequado para se começar a cobrar de Flávio Dino, o cumprimento das promessas de campanha.

Mas, diante do engessamento da máquina e das constantes crises administrativas que abalam o Governo, parece que vai mudando de opinião.