Edilázio prestigia festejo junino em municípios do interior do estado

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) participou de eventos culturais e arraiais juninos no interior do estado ao longo da semana. Ele prestigiou eventos nos municípios de Belágua, Matinha, Cajari e Urbano Santos.

Em Belágua, foi recebido pelo prefeito Herlon Costa, o vice-prefeito Norton Nazareno e lideranças políticas da região. Lá, acompanhou a apresentação do Boi Barrica, de quadrilhas e dezenas de brincadeiras.

Já em Matinha, foi recebido primeiro na residência da liderança ‘Cabeça’, onde participou de um almoço, que contou as presenças do ex-prefeito Sibá, de Bacurituba e dos vereadores Pacote, Chico Barros, Júlio do Carmo, além da ex-prefeita de São Vicente Férrer Maria Raimunda, do presidente da Câmara Municipal de São Vicente Férrer, Jailson, dos vereadores Taba de Cururu, Zequinha e Bajaco. Os vereadores de Matina, Tom, Junior Pereira, Ulisses, Rosiolete Rabelo, e a liderança Maria de Jesus, também estavam no evento político, bem como o deputado estadual Adriano Sarney (PV).

No período da noite, o deputado participou do tradicional “Encontro de Bois” na Praça Matriz da cidade, que marcou como ponto alto, a festa junina de Matinha.

Em Cajari, onde a agenda havia sido iniciada Edilázio participou, ao lado do deputado César Pires (PEN) e do ex-candidato a prefeito, Padre Paulo, do arraial da cidade.

E em Urbano Santos, Edilázio foi recebido pela prefeita Iracema do Vale; a vice-prefeita Darcy Almeida, secretários municipais, lideranças e o dr. Marcio Endles. Lá, prestigiou a apresentação do Boi Nina Rodrigues, Boi Barrica, quadrilhas e brincadeiras culturais.

Prefeitura exclui metade das atrações inscritas para o São João 2013 em SL

 

Brincadeiras foram reduzidas pela metade

Apenas metade das brincadeiras inscritas deverão se apresentar

Do blog de Daniel Matos – Prefeitura de São Luís excluiu metade das brincadeiras inscritas para se apresentar nos arraiais da Praça Maria Aragão, da Cohab, novo terreiro junino montado pelo Município, e em outros arraiais patrocinados pelo governo municipal. Na última quarta-feira, a Fundação Municipal de Cultura (Func) divulgou a lista dos grupos selecionadas para se apresentar na programação, que será realizada de 13 a 30 de junho, diferente dos anos anteriores, quando se estendia por mais de um mês.

Das 435 atrações artísticas inscritas, nada menos que 210 foram excluídas, entre grupos de bumba-meu-boi, tambor de crioula, quadrilhas, dança portuguesa, cacuriá, shows e diversas outras manifestações folclóricas. A exclusão de quase metade das atrações que pleiteavam espaço na programação causou revolta em artistas, donos de brincadeiras e produtores culturais,  que vêm taxando o São João deste ano como o menos democrático de todos os tempos.

Além dos arraiais da Maria Aragão e da Cohab, os grupos selecionados, desta vez por meio de chamada pública, se apresentarão em eventos juninos comunitários apoiados pela administração municipal em mais de 50 bairros.

Comércio

A Func também impôs rígido controle à venda de bebidas, comidas típicas, sorvete e até pipoca, crepes, balões, maçã do amor, churros e bombons na Maria Aragão. Só não se sabe se haverá estrutura para conter o comércio informal clandestino, que costuma atuar livremente em eventos promovidos naquele espaço.

Ciente da insatisfação gerada pelo crivo imposto às brincadeiras, a Func deu prazo de 48 horas – de hoje até a próxima segunda-feira (3) – para que grupos excluídos do São João da prefeitura apresentem recurso contra a medida. A tendência é que haja uma enxurrada de contestações.

Abaixo, o número de grupos inscritos, dividido por tipo de manifestações:

Tambor de Crioula (37)

Cacuriá (25)

Dança Cigana (2)

Bumba-meu-boi (164)

Shows (55)

Dança do Boiadeiro (20)

Alternativo (14)

Dança do Coco (2)

Teatro (5)

Dança Portuguesa (55)

Dança do Caroço (2)

Dança do Lelê (1)

Forró Pé de Serra (24)

Quadrilha (29)

Total: 435