Confraternização: Barcelona bate o Real na Cidade Operária

A tradicional partida de futebol de confraternização de um grupo de amigos do bairro Cidade Operária, e que neste ano fez alusão ao clássico espanhol Real Madrid x Barcelona [Ël Clássico], acabou com vitória da equipe do “Barça” por 2×1.

O jogo, bastante disputado e com oportunidades de ambos os lados, foi realizado no último domingo no estádio Roseana Sarney, situado no complexo da Praça do Viva, naquele bairro.

Real Madrid foi quem começou melhor a partida, com trocas de passes no meio campo e efetividade na marcação. O volante Guilherme foi quem articulou as principais jogadas da equipe.

Logo aos 5 minutos, o Real alcançou a primeira oportunidade de gol. O meia Ronaldo aproveitou uma troca de passes da equipe no ataque, e de fora da área buscou o canto direito do gol adversário. A bola explodiu no pé da trave e saiu pela linha de fundo.

Depois disso, a equipe continuou insistindo, mas não conseguiu marcar o gol.

O Barcelona por sua vez, deu maior sustentação ao meio campo e com jogadas pelas laterais aproveitou um erro de posicionamento da equipe do Real e abriu o placar num contra-ataque.

O jovem Calebe recebeu lançamento, arrancou pela direita e cruzou a bola na área para Kleiton Oliveira [QQ], subir sozinho e marcar de cabeça.

Depois do primeiro gol o Barça melhorou, aproveitou a instabilidade da marcação adversária e ampliou o placar. Portela deu assistência para Calebe balançar as redes, sem ser incomodado pela defesa.

No segundo tempo o Real conseguiu diminuir com um chute de Glonaides [Gó] que desviou em Denilson [Muka] e enganou o goleiro. A equipe, contudo, abusou em erros de passes e não conseguiu se impor em campo.

O time do Barcelona – já superior na partida -, ainda teve um jogador expulso, Gabriel [El Loco], que pela regra do jogo teve de ser substituído, e perdeu outros dois titulares por contusão: o zagueiro Rogério e o goleiro Edson Carlos [Dedeco] mas conseguiu administrar o resultado e consolidar a vitória.

Após a partida, atletas de ambos os times, com familiares, amigos e convidados, participaram de um almoço de confraternização na Apaco.

Saiba Mais

Foi a primeira vez que a tradicional partida de confraternização – realizada há mais de 15 anos no bairro -, fez alusão ao clássico espanhol Real Madrid x Barcelona. Até o ano passado o destaque era para o clássico carioca Flamengo x Vasco. Para 2019 a proposta é manter a rotatividade de clássicos no mundo do futebol, com a provável reedição da final da Libertadores deste ano: Boca Juniors x River Plate, da Argentina. A escolha, contudo, ainda não foi definida.

Reportagem de O Estado do Maranhão

Paulo Sérgio do Sampaio tem gol eleito o mais bonito no ESPN


paulo sergioO gol de Paulo Sérgio do Sampaio Corrêa contra o Fortaleza no domingo, em partida válida pela última rodada da primeira fase do Brasileiro série C, foi eleito ontem o mais bonito do fim de semana em votação do ESPN Brasil.

Na votação dos telespectadores de um programa esportivo do ESPN, Paulo Sérgio ficou com 48% dos votos, a frente de Fernandinho do Atlético Mineiro, que ficou com 44%.

D’alessandro do Internacional [3%], Montillo do Santos [3%], Walter do Goiáis [2%]  e Geraldo do Coritiba, fecharam a lista.

Essa é a segunda vez que um gol do Sampaio Corrêa na série C 2013 vence a votação do ESPN. Tote também já teve o gol eleito o mais bonito da rodada.

Website do Moto é lançado

Moto ClubMoto Club lançou hoje o seu novo website oficial. O lançamento faz parte do projeto de reestruturação na área de comunicação e marketing do clube. O desenvolvimento e a criação ficou por conta da empresa catarinense DataClick, a mesma que vem desenvolvendo o programa sócio-torcedor que será lançado ainda no mês de agosto.

 “Estamos em uma nova fase do Moto Club. A torcida vem nos apoiando e já entendeu o recado de que as coisas irão mudar. Toda a diretoria vem trabalhando forte na reestruturação do clube e buscando dar atrativos aos nossos torcedores, passando a tratá-los como todos os motenses merecem. Com o novo site a gente passa a ter uma melhor comunicação com os nossos torcedores e com o novo programa de sócio-torcedor. A nossa certeza é de que o Moto Club vai ter um enorme avanço nesta área”, comemora Roberto Fernandes, presidente do clube.

 Agora, o website oficial do Moto Club passa a ter um novo endereço www.motocluboficial.com.br. A criação do novo canal, além de ter uma identidade totalmente remodelada e personalizada, prevê notícias atualizadas, resultados e tabela dos jogos, história completa do clube, suas principais conquistas, relação de jogadores profissionais, comissão técnica e categorias de base, apresentação de seus patrocinadores e uma integração total com as redes sociais. Uma das novidades é que o novo website também estará totalmente integrado com o novo programa de sócio-torcedor, considerando que agora o torcedor pode se associar de maneira totalmente online, sem sair de casa, além de ter acesso a rede nacional de descontos e muito em breve a Loja Virtual do clube.

 “A nossa satisfação é muito grande de estar em um clube com tanta tradição e história como o Moto Club. Fomos muito bem recebidos e estamos juntos nesta proposta da nova diretoria de reformular toda a história do Moto Club. Viemos para somar neste processo de evolução, que é constante em todos os clubes que estamos passando. Apresentamos um novo modelo de negócio e relacionamento com os torcedores e a nossa proposta é estar junto ao clube em todas as ações. Neste pensamento, além de agradecer o excelente tratamento que toda a diretoria tem nos dado, pedimos também que a torcida agora jogue junto e se aproxime cada vez mais do clube através do novo site e do programa de sócio-torcedor que em breve será lançando”, afirmou Mauro Pereira, diretor executivo da DataClick.

Parabéns Corinthians!!!!!!!

Amanhã (1/09) o Sport Club Corinthians Paulista, maior time da história do futebol mundial, comemora o primeiro centenário. Maior que qualquer outro título que pudesse ou ainda possa vir para o clube este ano, o anúncio oficial da construção do estádio, a casa própria, é festejada pela maioria no país. Maioria por este ter a maior torcida em território nacional.

O Fielzão veio como resposta aos inúmeros anos de espera, a má administração de alguns presidentes corruptos, vale lembrar de Dualibe e dos demais clubes de São Paulo, que mais que “zoar” pela falta de um estádio próprio, sonhavam juntos ao Corinthians no projeto.

A construção do estádio com recursos próprios, sem favores/auxílio do Poder Público, ou garantias de grupos como  a mentirosa MSI, é festejada por todos os corinthianos. Autonomia e ousadia, em um projeto de ponta, nos moldes europeus, onde a torcida terá o conforto e a possibilidade de assistir a jogos bem próxima ao gramado, e tendo a certeza de que todos os lucros, a não ser o da venda do nome, será destinada ao clube, alegra e anima o torcedor.

Amanhã é dia de festejar, de ir para as ruas vestido com a camisa alvinegra, que orgulha mais o corinthiano do que a própria Seleção Brasileira.  É dia de rir da desgraça (no sentido esportivo apenas) do São Paulo, que perdeu a chance de sediar o jogo de abertura da Copa 2014, do Palmeiras, que possui uma casa ridicula, mínima e sem condições de receber nem a final da Copa do Brasil e do Santos, que continua freguês, invejoso e menor, bem menor que o Timão.

Tnasparência foi o que o presidente Andrés Sanches pregou desde que assumiu o Timão. O projeto maior, além de tirar o time da série B do Brasileiro, (só foi por corrupção de arbitros e um grupo de clubes, como o Internacional, por exemplo), era e sempre foi da construção do estádio.

Ele sempre garantiu que no ano do centenário iria anunciar, e somente quando tudo estivesse dentro dos conformes, a construção do estádio do Corinthians. Com capacidade para receber 48 mil espectadores, a casa enche de orgulho os corinthianos. Não adianta os rivais torcerem seus narizinhos, e tentarem atrelar  essa vitória própria do Timão, à CBF, que quer incluir o projeto para a Copa do Mundo.

Da parte do Corinthians, o estádio está garantido, e será construído e pago em três anos (inveja dos demais clubs, pois uma construção como essa demanda pelo menos 10 anos para ser paga). Para ser incluso na Copa, deverá ser ampliado, no entanto, sem onerar o clube e sem a aquisição de recursos orçamentários públicos. O Ccorinthians dá um show de transoparência e credibilidade, ao não aceitar que a imagem do clube seja confundida com a do Poder Público, como ocorreu durante a realização do Pan, quando o Bota Fogo ganhou o Engenhão da Prefeitura do Rio.

O estádio é nosso, 100% nosso, a festa é nossa e a inveja é dos demais. Pode chorar torcedor São Paulino, Flamenguista, Vascaíno, Palmeirense, Botafoguense, Fluminense, Santista e o raio que o partaàdemais, porque amanhã, dia 1º é dia de festa no mundo, é o dia do Corinthiano, com a maior vitória que poderia ser alcançada durante o ano, a conquista da casa própria, da tão sonhada e almejada casa prória.

SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA
Fundado em 01 de setembro de 1910
Endereço: Rua São Jorge, 777 – Tatuapé
São Paulo/SP CEP 03087-000

Mundial de Clubes FIFA 2000
Campeonato Brasileiro 1990, 1998, 1999 e 2005
Copa do Brasil 1995, 2002 e 2009
Supercampeonato Brasileiro 1991
Camp. Brasileiro Série B 2008
Torneio Rio-São Paulo 1950, 1953, 1954, 1966, 2002
Campeonato Paulista 1914, 1916, 1922, 1923, 1924, 1928, 1929, 1930, 1937, 1938, 1939, 1941, 1951, 1952, 1954, 1977, 1979, 1982, 1983, 1988, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003 e 2009
Taça Competencia 1922, 1923, 1924
Taça Cidade de São Paulo 1922, 1942, 1943, 1947, 1948 e 1952
Torneio Inicio do Paulista 1919, 1920, 1921, 1929, 1936, 1938, 1941, 1944, 1955
Torneios Nacionais/Estaduais
Torneio Quinela de Ouro
Campeão do IV Centenário
Taça São Paulo
Torneio Laudo Natel
Centenário da Independência
Copa Bandeirantes
Taça do Povo
Taça Gov. do Estado SP
Taça Cid. de Porto Alegre (RS)
Torneio de Brasilia
Pentagonal de Recife (PE)
Triangular de Goiania (GO)
Taça Ballor
Taça Fasanello
Taça Henrique Mundel
Taça Pref. Munic. de São Paulo
Taça Charles Muller
Torneio das Missões
Taça Piratininga
1942 (Taça Supremacia)
1954
1962
1973
1922
1994
1971
1977
1983
1958
1965
1967
1923, 1924 e 1928
1938
1938 (Festival do São Paulo FC)
1953
1954 e 1958
1953 (Taça Tibiriça)
1968
Torneios Internacionais
Taça Cittá de Firenze (ITA)………Pequena Taça do Mundo …………
Copa Cidade de Turim (ITA)
Torneio Costa do Sol (ESP)
Trofeu Apolo V (EUA)
Copa da Feira de Hidalgo (MEX)
Troféu Ramón de Carranza
Torneio Int. Charles Muller (BRA)
Copa do Atlântico
Copa São Paulo (BRA)
Copa das Nações (EUA)
T. de Verão Cid. de Santos (BRA)
Copa dos Campeões
1929 (ao empório Toscano, Sudan Ovais e Prof. Caputto)
1953 (Copa Pres. Marcos Perez Gimenez)
1966, 1969
1969
1969 (Torneio de New York)
1981
1996
1955
1956
1975
1985
1986 e 1987 (venceu os dois primeiros torneios)
1986
Outros Campeonatos/Taças
Taça São Paulo de Juniores
Taça dos Invictos
Dallas Cup (Juniores)
Copa Nike (Juniores)
Mundial de Clubes Sub 18
1969, 1970, 1995, 1999, 2004, 2005 e 2009.
1956, 1957, 1990 e 2009.
1999, 2000
2003
2010
Outras Taças e Troféus
Nacionais
Taça Mais Querido do Brasil (1955)
Troféu Osmar Santos (2005)Interestaduais
Char de la Victoire e Taça Vada (1928)
Taça Apea (1930)
Taça Aliança da Bahia (1936)
Taça Prefeitura de Salvador (1936)
Taça Linha Circular (1938)
Taça de Campeões Rio-São Paulo (1941)Titulos Honorificos
Galo da Várzea (1910, 1913)
Campeão do Centenário (1922)
Campeão dos Campeões do Brasil (1929)
Tri tricampeão paulista
Campeão Honorário do Brasil: Torneio Rio-São Paulo (1950)
Fita Azul do Futebol Brasileiro (1952)
Campeão Internacional dos Invictos(1954)
Campeão dos Centenários (1922 e 1954)
Campeão Paulista do Século XX
Estaduais
Taça Beneficência Espanhola (1915, 1916);
Taça Cronistas Esportivos (1916);
Taça oferecida pelo dr. Alcântara Machado (1916);
Taça oferecida pelo sr. Celinho Ambrósio (1917);
Taça Amílcar Barbuy (1919);
Taça União Brasil (1919);
Taça 47 (1919);
Taça Neco (1920);
Taça Doutor Arnaldo Vieira de Carvalho (1920);
Taça Prefeitura Municipal de Guaratinguetá (1920);
Taça Ida (1921);
Taça Antarctica (1921);
Taça ao Preço Fixo (1921);
Taça Sacadura Cabral e Gago Coutinho (1922);
Taça Cântara Portugália (1922);
Taça Joalheria Castro (1925);
Taça Guido Giacominelli (1925);
Taça Agência Ford (1925);
Taça Studebaker (1925);
Taça Lacta (1926);
Taça Centenário do Uruguai (1926);
Taça Guanará Espumante (1926);
Taça Francisco Rei (1926);
Taça Apea (1926);
Taça De Callis (1926);
Taça Elixir de Cabo Verde Composto (1926);
Taça Adamastor (1926);
Taça Fábrica de Gelo Vila Mathias (1927);
Taça Sarmento Beires (1927);
Taça Ribeiro de Barros (1927);
Taça Tipografia Carvalho (1927);
Taça O Comerciário (1927);
Taça Almirante Sousa e Silva (1929);
Troféu Washington Luís (1930);
Taça Ministro do Chile (1928, 1931);
Troféu Liga Paulista (1939);
Taça Duque de Caxias (1941);
Taça Manoel Domingos Corrêa (1942);
Troféu Bandeirante (1954);
Troféu Lourenço Fló Júnior (1962)
Taça da Solidariedade (1994)

Aqui, a integra da nota oficial do Corinthians sobre a construção do estádio.