Enfermeiros de UPAs do Maranhão têm salários cortados

Enfermeiros das UPAS de Codó, Timon, Coroatá e Timbiras reclamam desde ontem de cortes indevidos nas suas remunerações.

Os trabalhadores prestam serviços à Saúde do Estado por meio da terceirizada Biosaúde – que absorveu funcionários antes contratados pelo ICN e pelo Instituto Corpore, e posteriormente requisitados administrativamente pela Emserh.

Eles acusam a empresa de reduzir unilateralmente os salários.

Na maioria dos casos, os cortes variam de R$ 200 a R$ 400, mas há casos em que a redução passa de R$ 1 mil.

Alguns deles já falam em greve.

Em tempo: o contrato da Biosaúde com a Emserh é de “módicos” R$ 264 milhões, por um ano de prestação de serviços.

Com informações de Gilberto Léda

Econométrica: Vianey Bringel lidera com folga em Santa Inês

Pesquisa Santa InêsA ex-deputada estadual Vianey Bringel (PSDB), lidera todos os cenários da pesquisa de intenções de votos Econométrica, divulgada hoje por O Estado.

A pesquisa foi feita nos dias 1 e 2 deste mês e ouviu 540 eleitores na área urbana e na zona rural de Santa Inês. O levantamento foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão com o número MA-02067/2016, de 15 de junho e possui margem de erro 4,1% e intervalo de confiança de 95%.

Na estimulada, Vianey Bringel aparece com 45,9% das intenções de votos. Ela é seguida por Cirino com 6,1%; pelo prefeito Ribamar Alves (PSB) com 3,5% [candidato a reeleição]; delegado Walter com 3% e Robert Bringel com 1,3%. Outros nomes foram citados, mas aparecem com menos de 1% cada. Dos que responderam não votar em ninguém são 3,1% e não sabe ou não respondeu 34,8%.

No primeiro cenário estimulado, a pré-candidata tucana aparece com 66,5%. Cirino vem logo em seguida com 11,9% e Delegado Walter com 7,2%. O prefeito Ribamar Alves aparece em quarto com somente 4,6% das intenções de votos. Fernando Ipiranga foi citado por 1,3% dos entrevistados e Sousa Neto (PROS) por 1,1%. Não sabe ou não respondeu somou 4,3% e nenhum dos candidatos, 3,1%.

Em uma segundo cenário, tendo somente Vianey Bringel e Ribamar Alves na disputa, a tucana aparece com 83,3% e o prefeito, 6,3%. Anulariam o voto 6,5% dos entrevistados e não sabe ou não respondeu somou 3,9%.

Em outro cenário, se a eleição fosse somente entre Cirino e Vianey Bringel, ela ganharia com 76,3% e seu adversário somaria 16,1%. Votos nulos somaram 3,5% e não sabe e não respondeu, 4,1%.

Em um último cenário com uma disputa entre Bringel e Delegado Valter, a pré-candidata do PSDB aparece com 80,2% e o outro candidato com 11,3%. Anulariam o voto 4,6% e não sabe e não respondeu somou 3,9%.

Com informações de O Estado