Além de Iziane, vereador Nato também desmente apoio a Dino

Vereador disse não ter fechado com Flávio Dino

Vereador disse não ter fechado com Flávio Dino

O vereador de São Luís Jose Raimundo Alves Sena, o Nato (PRP), e a atleta de basquetebol Iziane Marques, do Maranhão Basquete, da Seleção Brasileira e da

WNBA, negaram ontem ter dado declarações de apoio ao candidato a governador Flávio Dino (PCdoB), da coligação “Todos pelo Maranhão”, como tentou fazer parecer sua assessoria em textos disparados à imprensa nos últimos dias.

Pela manhã, após evento do qual participou o comunista na Câmara Municipal de São Luís, a imprensa ligada ao candidato noticiava uma suposta declaração de apoio do parlamentar do PRP.

“Não pude resistir”, teria dito o vereador, em discurso, sobre uma proposta – não se sabe de que tipo – para aderir ao projeto dinista.

Em entrevista a O Estado, Nato negou haver dado a declaração. “Nunca disse isso. Disse que é difícil resistir a uma proposta como essa, mas não acertei nada com ninguém”, declarou.

Segundo ele, há conversas com o grupo comandado por Flávio Dino – que recebeu o apoio de 15 vereadores e quatro suplentes -, mas nada ficou definido e ele permanece na base de apoio da governadora Roseana Sarney (PMDB).

“Eu sempre fiz parte do grupo que está na base de apoio da governadora Roseana Sarney. Já me procuraram pessoas ligadas ao Flávio Dino me fazendo uma proposta. Eu disse e repito que é uma proposta difícil de resistir, mas não fechei nada com ninguém”, reafirmou.

Esporte – Também na quarta-feira a jogadora de basquetebol Iziane Marques negou, por meio de nota, que tenha dado qualquer declaração de apoio a Flávio Dino. Segundo sua assessoria, a coordenação de campanha do comunista “fez crer”, em release distribuído à imprensa, que atleta havia-se posicionado a favor do comunista após um encontro onde foram debatidas propostas de incentivo ao esporte. A repercussão política do caso foi rechaçada.

Para Iziane, o incentivo ao esporte tem que constar dos planos de governo de todos os candidatos. “Eu apoio o esporte, independentemente de tudo. Aliás, foi graças à Lei de Incentivo ao Esporte, do Governo do Estado, que conseguimos firmar o basquete do Maranhão entre os melhores do Brasil”, lembrou Iziane, que completou: “O meu palanque é a quadra e o meu candidato é, e continuará sendo, o esporte. Essa é uma opção que está acima de candidatos ou partidos”.

Informações de O Estado

Iziane nega apoio a Flávio Dino

izianeA jogadora de Basquete, Iziane Marques, que já atuou pela Seleção Brasileira, desmentiu e desmoralizou o comunista Flávio Dino (PCdoB), candidato a governador do Maranhão.

Flávio utilizou em seu site oficial de campanha supostas declarações da atleta com um tom eleitoral, como se ela tivesse feito elogios à atuação do comunista, principalmente em relação ao período em que exerceu mandato de deputado federal.

A matéria foi publicada ontem no site de Flávio, e até a postagem desse texto [19h30], permanecia disponível na página de campanha.

Iziane, no entanto, por meio de sua assessoria de imprensa, desmentiu o texto publicado no site de Flávio e afirmou que o seu “palanque é a quadra”.

Abaixo a nota assinada pela assessoria da atleta. A Flávio Dino, fica a crítica do blog em relação a mais um factoide criado…

 Nota

A atleta Iziane Castro Marques, jogadora do Maranhão Basquete, Seleção Brasileira e WNBA, afirmou, em nota, que sempre defendeu a valorização e estruturação do esporte maranhense e que essa defesa é permanente e apartidária, não implicando em declaração de voto, como fez crer release distribuído pela assessoria do candidato ao governo do Estado, Flávio Dino, do PCdoB.

“Fico sempre muito feliz quando ouço propostas de projetos que envolvem o esporte. Para mim, o importante é a conscientização de que esporte é educação, pois a prática esportiva cria hábitos que são para a vida toda”, declarou Iziane.

“E eu sou um exemplo disso, pois nasci e fui criada em um bairro da periferia de São Luis e, graças ao esporte, cheguei à Seleção Brasileira e à maior liga de basquetebol do mundo, nos Estados Unidos, além de ter jogado em times de vários países”, disse.

Para Iziane, o incentivo ao esporte tem que constar dos planos de governo de todos os candidatos: “eu apoio o esporte, independentemente de tudo. Aliás, foi graças à Lei de Incentivo ao Esporte, do governo do Estado, que conseguimos firmar o basquete do Maranhão entre os melhores do Brasil”.

“O meu palanque é a quadra e o meu candidato é, e continuará sendo, o esporte”, enfatizou a atleta, para concluir que “essa é uma opção que está acima de candidatos ou partidos”.