Eliziane rechaça ter encaminhado emenda a Mato Grosso: “não é verdade”

Eliziane Gama na Câmara Federal

Eliziane Gama na Câmara Federal

A deputada estadual Eliziane Gama (Rede), rechaçou há pouco ao blog, ter encaminhado emenda parlamentar para  estado do Mato Grosso.

A parlamentar explicou que o que houve foi um erro de digitação, quanto ao nome do estado para onde foi destinado R$ 500 mil.

O mal entendido começou com a publicação de um documento que mostra o valor descrito para a Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedhpop), daquele estado.

Ocorre que em Mato Grosso sequer há essa secretaria. A pasta foi criada sim, no Maranhão, pelo governador Flávio Dino (PCdoB) no ano passado. Gama explicou que um assessor acabou cometendo o erro.

“Um assessor colocou colocou MT naquele cursor que vai girando no sistema do Ministério, ao invés de MA, o que provocou o pequeno erro. Mas todo o escopo da emenda fala que é para o Maranhão. A justificativa da emenda descreve Maranhão, o município e  o bairro para onde é destinado o valor. No espelho da matéria também está descrito Maranhão. A emenda é para o Maranhão e não para Mato Grosso”, afirmou.

Explicações dadas, informação esclarecida e polêmica já vencida.