1.714 pacientes morreram nas unidades municipais de São Luís em 2013; média é de 5 mortos por dia

Número de mortes é elevado em unidades do município

Número de mortes é elevado em unidades do município atesta documento CNES

Itevaldo Júnior – Dados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) – base dos Sistemas de Informações em Saúde – revela que 1.714 pacientes foram a óbito em unidades de Saúde da Prefeitura de São Luís, entre janeiro e novembro de 2013.

Pelos números do CNES morreram, em média, cinco pacientes por dia nas unidades municipais de Saúde, entre janeiro e novembro do ano passado. A média mensal ficou em 156 pessoas.

No Hospital Djalma Marques (Socorrão I) e o Clementino Moura (Socorrão II) morreram 922 e 715 pacientes respectivamente. O Socorrão I teve uma média mensal de 84 mortos entre janeiro e novembro de 2013.

Em maio de 2013, a Secretaria Municipal de Saúde diz que realizou melhorias no Hospital da Criança Dr. Odorico Amaral de Matos, mas não foram suficientes para tirar a unidade da terceira colocação em número de óbitos da rede municipal de saúde.

Entre janeiro e dezembro do ano passado, 31 pacientes morreram no Hospital da Criança. Na quarta posição, aparece a Unidade Mista do Bequimão com 23 óbitos e a Unidade Mista do Itaqui Bacanga com 15 mortos.