Ibope admite 8 pontos de margem de erro em questionário de São Luís

Email foi compartilhado pela assessoria jurídica da coligação “Maranhão quer Mais”

O instituto Ibope admitiu, após cobrança da coligação “Maranhão quer mais”, uma estratosférica margem de erro de 8 pontos percentuais, para mais ou para menos, nos questionários aplicados em São Luís.

A pesquisa, contratada pela TV Mirante e divulgado ontem (4), aponta o governador Flávio Dino (PCdoB) com 59% dos votos válidos.

A analista de atendimento e planejamento Camila Camargo Passarelli confirmou, por e-mail, que a consulta ouviu apenas 168 eleitores na capital.

O email foi compartilhado pela própria coligação.

“Em São Luís temos apenas 168 entrevistas, o que não é suficiente para estimar as intenções de votos na capital, uma vez que a margem de erro amostral é de 8 pontos percentuais para mais ou para menos. O cruzamento foi fornecido apenas como um indicativo”, disse.

Ela avaliou, também, que a consulta, por ter começado antes, pode não ter alcançado o eleitorado que assistiu ao debate da TV Mirante, na terça-feira (2).

“Uma parte da nossa pesquisa foi realizada no dia 2 de outubro, antes do último debate, ou seja, a pesquisa pode não ter pego um possível efeito do debate na capital”, destacou.

Além disso, para avalizar seus resultados, a analista do Ibope compara seu levantamento com os de dois instituto usados pelo Palácio dos Leões: Exata e o já notório Econométrica, que pode ter uma “pesquisa fantasma” investigada até pela Polícia Federal.

Com informações de Gilberto Léda

Pesquisa que deu larga vantagem a Dino foi “assinada” por profissional já morta

Gilberto Léda – Essa nem mesmo os aliados comunistas conseguirão explicar. A última pesquisa sobre intenção de voto do Governo do Estado, feita pela Econométrica e publicada no último sábado, dando obviamente larga margem de votos para o atual governador e candidato à reeleição, Flávio Dino, foi assinada por uma profissional de estatística que já faleceu.

Fontes ouvidas com exclusividade pelo blog apontam que a professora Celene Raposo de Aquino, que aparece no site do TSE como responsável técnica pelo levantamento, estava morta 19 dias antes do registro da pesquisa, que foi feito no Tribunal em 26 de agosto deste ano.

De acordo com as mesmas fontes, Celene Raposo faria 81 anos de idade no próximo dia 14 de novembro, no entanto, os últimos cinco meses de vida da então professora foram em um leito de UTI de um hospital particular da capital maranhense. Ela foi diretora do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado, além de professora universitária e, durante algum tempo, chancelou pesquisas da Econométrica. O Sindicato ao qual ela esteve filiada chegou a emitir um manifesto de pesar pelo seu falecimento.

No tal levantamento divulgado com pompa pelos aliados dinistas, mesmo depois de morta, a profissional teve seu nome usado para “esquentar” números, que foram efusivamente festejados em todas as redes sociais pelos aliados do candidato à reeleição, Flávio Dino.

Pelo que ainda apurou o blog, mesmo depois de já falecida, nem mesmo a direção da Econométrica sabia do fato.

Que coisa…

Pesquisa Vox Populi destacada no cenário nacional

A coluna DIário do Poder, do jornalista Cláudio Humberto, destacou o resultado da pesquisa Vox Populi, divulgada ontem em São Luís.

A pesquisa foi a primeira, de um instituto nacional, a avaliar os cenários para o Governo do Maranhão e o Senado referente às eleições 2018.

Sob o título: ‘Dino não decola’, Humberto comentou os números apresentados pelo instituo.

“Pesquisa Vox Populi no Maranhão aponta empate entre Flávio Dino (PCdoB), com 37% e Roseana Sarney (PMDB), 35%. No poder há 3 anos, Dino tem feito uma gestão considerada medíocre”, afirmou o colunista.

Foi o bastante para provocar a ira de aliados do governador.

Sei não…

Escape

O governador Flávio Dino (PCdoB) comemorou ontem, em seu perfil, em rede social, o resultado de mais uma pesquisa de opinião pública do Instituto Exata, que aponta a aprovação de 58% da gestão comunista.

Compreensível o entusiasmo do governador, não fosse uma estranha coincidência em todo esse contexto: a pesquisa, bem como as anteriores, surgiu justamente após novo desgaste enfrentado pelo Governo do Maranhão.

Além do escândalo dos desvios de recursos públicos da Saúde, apontados pela Polícia Federal no bojo da Operação Rêmora – caso mostrado em rede nacional pelo programa Fantástico, da TV Globo -, e da proposta de criação de uma CPI na Assembleia Legislativa para apuração justamente dos supostos desvios no setor, a publicação da pesquisa ocorreu após surgir nos bastidores a informação de que o Instituto Escutec já guardava números desde a última sexta-feira de um levantamento de intenções de votos no Maranhão.

A Escutec, revelada apenas ontem, atesta vantagem da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) sobre o comunista para a disputa de 2018. Talvez esse seja o principal motivo da exploração do levantamento da Exata nos perfis em rede social do governador e na mídia alinhada ao Palácio dos Leões.

A bem da verdade, Flávio Dino sente o peso das denúncias que atingiram a rede de saúde pública estadual. Observa com temor a possiblidade – ainda que remota -, de instalação de uma CPI na Assembleia Legislativa e se preocupa com o avanço de adversários junto ao eleitorado maranhense.

Resta a ele, de forma não tão exata assim, analisar os números.

Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão

Pesquisa Exata: Flávio Dino tem 58% de aprovação

A nova pesquisa Exata/JP divulgada na noite de ontem, mostra que o Governo do Maranhão mantém os bons índices de aprovação. Realizada entre 14 a 17 de junho, a pesquisa identificou que o governo apresenta 58% de aprovação. Ainda segundo a pesquisa, a gestão não conta com a aprovação de 38% dos entrevistados, enquanto 4% não sabem avaliar.

A figura do governador segue tendo uma avaliação melhor que a do governo como um todo. O gestor Flávio Dino tem 59% de aprovação, contra 37% de desaprovação. Cerca e 46% dos entrevistados consideram a postura pessoal do governador “muito positiva” ou “positiva”, enquanto apenas 18% a consideram “negativa” ou “muito negativa”.

“O Governo Flávio Dino demonstra sólida imagem positiva perante a maioria do eleitorado e resiliência em face da deterioração do ambiente político nacional que afeta em cadeia todos os gestores públicos no país”, comenta o instituto, em sua avaliação analítica. “A elevada aprovação do Governo, considerando todo o contexto, reforça inegavelmente o imenso favoritismo do governador Flávio Dino nas eleições do próximo ano”.

A pesquisa Exata/JP foi colhida entre os dias 14 e 17 de junho com 1.404 pessoas. Tem margem de erro de 3.2 pontos percentuais para mais ou para menos e índice de confiabilidade de 95%.

Com informações de O Informante

Exata aponta vantagem de Edivaldo sobre Braide

edivaldo_braide-2A pesquisa de intenções de votos do instituto Exata, divulgada há pouco pela TV Guará, aponta vantagem do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) sobre o adversário Eduardo Braide (PMN).

Edivaldo  aparece no levantamento com 57% dos votos válidos, enquanto Braide apresenta 43%.

A pesquisa ouviu 800 eleitores entre os dias 25 e 27 de outubro e está registrada na Justiça Eleitoral sob o número nº MA-04457/2016. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e o grau de confiabilidade é de 95%.

Escutec aponta empate: Edivaldo 45%; Eduardo Braide 45%

edivaldo-caminhadaA segunda pesquisa de intenções de votos do instituto Escutec referente ao segundo turno de São Luís, apresentou empate rigoroso entre os candidatos Edivaldo Holanda Júnior (PDT), da coligação “Pra Seguir em Frente” e Eduardo Braide, do PMN.

Edivaldo e Braide aparecem com 45% da preferência do eleitorado, cada, num cenário até então inédito na disputa eleitoral da capital.

Neste mesmo quadro, apresentado pelo instituto como estimulado – quando os nomes dos candidatos são apresentados ao eleitor -, 4% dos entrevistados afirmaram “Nenhum deles” e outros 6% não souberam ou não responderam ao item.

eduardo braide comitê 2Se considerados os votos válidos – excluídos os eleitores que dizem não saber, não responderam ou não votam em nenhum dos postulantes ao cargo de prefeito -, segundo o instituto Escutec, os candidatos também aparecem em empate, com 50% das intenções de votos, cada.

Rejeição – Na pergunta, “Se as eleições fossem hoje, e sendo estes os candidatos, em quem o(a) senhor(a) não votaria para prefeito?”, 40% dos entrevistados apontaram o nome de Edivaldo Holanda Júnior e 38% assinalaram o nome de Eduardo Braide.

Outros 5% apontaram “Nenhum deles” e 17% não souberam ou não responderam ao questionamento.

A pesquisa Escutec de intenções de votos, contratada pelo jornal O Estado do Maranhão, ouviu 1.110 eleitores com idade acima dos 16 anos, entre os dias 19 e 21 deste mês.

O levantamento, registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-01476/2016, possui intervalo de confiança de 95% e margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

A disputa de segundo turno da eleição municipal entre Eduardo Braide e Edivaldo Holanda Júnior ocorrerá no próximo domingo. Edivaldo busca a reeleição de seu mandato, já Braide busca a primeira experiência no comando do Executivo.

De O Estado

Ibope registra pesquisa para avaliar intenções de votos de São Luís

IBOPE-43O Instituto Ibope registrou na manhã de hoje nova pesquisa de intenções de votos. A pesquisa, contratada pela TV Mirante, ouvirá 805 eleitores de hoje ao dia 27 [quinta-feira], dia da divulgação do resultado.

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-03448/2016 e custou R$ 63.595,00 mil.

O resultado do levantamento será divulgado pela emissora no JMTV 2ª edição.

 

Pesquisa DataM coloca vantagem de 12 pontos para Edivaldo

A pesquisa de intenções de votos do Instituto Data M, divulgada hoje, coloca Edivaldo Holanda Junior, com 12,1 pontos à frente do candidato do PMN, Eduardo Braide.

Na pesquisa estimulada, onde são apresentados os nomes dos candidatos ao eleitor, Edivaldo está com 54,7% de intenções de voto e Eduardo Braide com 42,6%. 1,5% disseram que não votariam em nenhum dos candidatos e 1,2% não sabem ou não responderam.

A pesquisa foi encomendado pela Rádio/ TV Difusora e Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão/ Sinduscon, e registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA­09325/2016.

DataM inverte cenário e aponta vantagem de Edivaldo sobre Braide

A pesquisa DataM de intenções de votos inverteu o cenário apontado pelos instituto Escutec e Ibope e colocou o candidato Edivaldo Holanda Júnior (PDT) em vantagem sobre o seu adversário, Eduardo Braide (PMN), em São Luís.

Na pesquisa, registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-02401/2016, Edivaldo aparece com 53,7% da preferência do eleitorado, contra 42,7% de Eduardo Braide. São exatos 11 pontos percentuais de vantagem.

Neste mesmo cenário, apenas 1,6% dos eleitores disseram que votariam em nenhum dos candidatos ou não responderam ao levantamento.

A pesquisa foi contratada pela TV Difusora e pelo Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão/Sinduscon e ouviu 800 eleitores entre os dias 10 e 12 deste mês. A margem de erro é de 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos.