Ponte sobre Estreito dos Mosquitos ainda sob análise para liberação

Operários atuam para reparar rachadura em estrutura da ponte / Foto: Diego Chaves

O Estado – Uma visita técnica à ponte Marcelino Machado hoje (22), a partir das 9h, feita por representantes da Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), definirá se a estrutura – que está em obras desde o dia 23 de junho deste ano e que foi interditada parcialmente há um mês – será liberada para o tráfego de veículos. A preocupação, em especial, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), é com o aumento no fluxo de carros que partirão para o interior do estado ou que chegarão à capital maranhense para as festas de fim de ano já que, caso seja mantida a interdição, poderão ser formados longos engarrafamentos.

Segundo o DNIT, durante a visita, será verificado por exemplo se o concreto fixado em vigas de sustentação para o reforço da ponte está totalmente firme. Na tarde de ontem, O Estado esteve no local e acompanhou os últimos reparos feitos por técnicos da construtora responsável pelos trabalhos. Segundo os operários, em dois pontos da pista, ainda são necessários reparos que, caso sejam finalizados a tempo, liberarão a ponte para o tráfego hoje (22) a partir do meio-dia.

Em entrevista por telefone, o superintendente regional do DNIT no Maranhão, Gerardo Fernandes informou que, após a visita, será possível dar um prazo para liberação. “Se tudo estiver cem por cento, liberamos a pista ainda amanhã [hoje]. Caso contrário, o planejamento será refeito”, disse.

Questionado sobre os serviços que foram executados, o superintendente deu outro parecer e disse que, pela avaliação preliminar, os trabalhos deverão se estender até a semana que vem. “Pela complexidade do trabalho, deveremos penso eu terminar em até quatro dias o serviço, ou no máximo na semana que vem”, disse. Segundo o dirigente, pela possibilidade de descumprimento do prazo inicial de entrega das obras, o DNIT agiu para entregar o trecho duplicado da BR-135 (no sentido capital-interior), que passa pelo Campo de Perizes.

Flávio Dino anuncia obra de mobilidade e diz ter recebido sugestão no Twitter

flavio-dino-projeto-twitterO governador Flávio Dino (PCdoB) utilizou o seu perfil no Facebook para anunciar a obra de uma ponte que fará a ligação entre as estradas de Ribamar e da Maioba, duas rodovias estaduais.

O objetivo da obra, segundo o comunista, é dar fluidez ao trânsito na Forquilha, que também é alvo de um projeto de intervenção da Prefeitura de São Luís.

O detalhe curioso e interessante no anúncio da obra, que segundo o governador, terá duração de 10 meses, diz respeito ao fato de ele ter recebido a proposta por meio de seu perfil no Twitter.

– Um detalhe que faço questão de sublinhar: recebi por intermédio do Twitter a sugestão de estudar a proposta -, disse, sem revelar a autoria da sugestão.

Acima, a publicação do governador na íntegra.

Wellington do Curso classifica obra de Edivaldo de “ponte fantasma”

Deputado Wellington do Curso

Deputado Wellington do Curso

O deputado estadual Wellington do Curso (PPS) cobrou do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) na manhã de hoje, esclarecimentos a respeito da demora na construção da ponte Pai Inácio sobre o Rio Gangan, que ligará a avenida General Arthur Carvalho (Turu) à Avenida Nossa Senhora da Vitória  (Parque Vitória).

O parlamentar lembrou que Edivaldo havia apresentado a obra como concluída em outubro de 2013. Apesar disso, “lançou” novamente a obra nesta semana, em parceria com o Governo do Estado.

Wellington questionou o destino dos recursos da obra.

“Já se passaram 10 anos e a população sente-se enganada com as promessas não cumpridas. O atual prefeito também fez o lançamento da obra em outubro de 2013 e ontem voltou a lançar a construção da ponte. A mesma ponte construída duas vezes? Ou a ponte fantasma agora será de fato construída? E os recursos de 2013 para a construção? Espero que essa obra possa realmente ser concluída e que não fiquemos no plano das ideias e da enganação. A população de São Luís espera uma resposta e que a Ponte seja realmente construída”, pontuou.

A promessa do Pericumã

Flávio Dino é governador do Maranhão

Flávio Dino é governador do Maranhão

No dia 28 de setembro de 2014, no auge da campanha eleitoral, o então candidato a governador Flávio Dino (PCdoB) fez o seguinte discurso em Guimarães, na presença de prefeitos e populares de vários municípios da Baixada.

“Eu posso garantir que aplicando bem o dinheiro público é possível sim concluir o sonho desta região e fazer a famosa ponte sobre o rio Pericumã. Eu assumo esse compromisso pela primeira vez. E graças a Deus estou sendo filmado, e quero que vocês me filmem, para me cobrar. Quando vocês estiverem passando por cima da ponte, vocês irão lembrar deste dia aqui em Guimarães”.

O tempo passou e chegou a hora da cobrança. Quase dois meses depois de assumir, e após intensas gestões do prefeito de Mirinzal, Amaury Almeida, que preside o Consórcio dos Guarás, a Secretaria de Infraestrutura não demonstra encaminhamento algum para o projeto.

Ontem, após visita no dia anterior ao local da futura obra ­ em que os prefeitos já disponibilizaram máquinas para o trabalho ­, o deputado José Inácio Rodrigues foi à tribuna da Assembleia Legislativa para lembrar do compromisso de Dino.

“Coloca­-se agora nas mãos do governador Flávio Dino a execução desse importante projeto que é a ponte sobre o Rio Pericumã ligando Bequimão a Central do Maranhão. Inclusive registrando também aqui que o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, já assinou a ordem de serviço que garante a realização do projeto técnico que vai dizer o custo dessa ponte sobre o Rio Pericumã”, disse o deputado.

Os prefeitos já começaram obras para melhorar a estrada que chega até o rio. Tudo na esperança de que a promessa de campanha de Dino ­ gravada, como ele próprio pediu ­ seja, de fato, cumprida.

Da coluna Estado Maior