PSOL lança pré-candidato ao Governo e tenta coligação com PCB, REDE e PPL

A direção estadual do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) lançou pré-candidato o professor Odívio Neto ao Governo do Maranhão.

Odívio é engenheiro civil, tem mestrado pela USP, é professor do IFMA e analista ambiental da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA). É também militante há mais de 20 anos, dos quais 6 no PSOL.

Odívio foi candidato a prefeito de São João dos Patos em 2012, candidato a vice-governador em 2014 e candidato a vereador de São Luís em 2016.

Senado – A executiva estadual da sigla também informou que no dia 25 de março de 2018 a conferência eleitoral do PSOL/MA irá aprovar os nomes dos 2 pré-candidatos ao Senado, vice-governador, deputados estadual e federal.

O partido também já abriu diálogo com o PCB, REDE e PPL para discussão para uma composição de chapa majoritária. O objetivo é entrar na eleição com uma coligação de esquerda…

Joabson Júnior defende renovação na Câmara Municipal de São Luís 

Joabson 2

Pré-candidato tem investido tempo em projetos voltados para crianças e adolescentes

O advogado Joabson Júnior, pré-candidato a vereador pelo PHS em São Luís, defende a renovação do Legislativo Municipal.

Vice-presidente municipal do PHS, Joabson tem investido na articulação junto a lideranças comunitárias em todas as regiões da capital.

Joabson 1

Ele também tem ouvido a população para construir propostas para o Legislativo

Ele tem forte atuação na área de Direitos Humanos e defesa dos direitos das minorias, e alcançou notoriedade no ano passado, quando se destacou na advocacia maranhense, ao tornar-se vice-presidente da Comissão de Direito da Pessoa com Deficiência da OAB, secção Maranhão.

Ele também tem atuação consistente na defesa dos direitos do consumidor, o que o credenciou – na condição de especialista -, a duas entrevistas junto a bancada do Bom Dia Mirante, quando esclareceu dúvidas sobre os direitos para este segmento.

 

Jabson surge na política com o sonho de contribuir para construção de uma nova São Luís. Ele defende a “oxigenação” da Câmara Municipal e transparência no Legislativo.

E é também por isso que se coloca à disposição do eleitorado ludovicense.

Leia um pouco mais sobre Joabson aqui

Bentivi tem pré-candidatura ameaçada no PHS

phsO pré-candidato a prefeito de São Luís, João Bentivi (PHS), pode estar com sua candidatura ameaçada na capital. Isso porque pré-candidatos a vereador pelo Partido Humanista da Solidariedade (PHS), estão insatisfeitos com o desempenho do correligionário e avaliam a possibilidade de mudança no projeto em reuniões do diretório municipal.

O PHS possui hoje 60 pré-candidatos a vereadores em São Luís, e a maioria sustenta que o desempenho do médico nas pesquisas de intenções de votos não favorece o projeto da sigla para o Legislativo Municipal.

O objetivo é eleger pelo menos dois vereadores para a próxima legislatura.

O partido decidirá em reunião, nos próximos dias, qual posição será tomada em relação à pré-candidatura do médico. Caso o nome dele seja vetado na sigla, a tese que ganha força é a de possibilidade de aliança para a disputa majoritária, com a composição junto a outro pré-candidato.

Outro lado

O blog já tentou entrar em contato com o pré-candidato, mas não conseguiu. O espaço seguirá aberto para a manifestação de Bentivi.

TCE rejeita as contas de João Castelo

castelopreocupadoO deputado federal e ex-prefeito de São Luís João Castelo (PSDB) teve as suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Maranhão.

As contas desaprovadas do tucano são do exercício financeiro de 2010. A informação foi dada hoje pela assessoria do tribunal, numa matéria que tratava da rejeição de contas de Rosário.

Castelo trava uma batalha com a direção do PSDB, para disputar as eleições municipais pela legenda.

Apesar de figurar na terceira posição nas pesquisas de intenções de votos, atrás apenas de Eliziane Gama (Rede) e de Edivaldo Holanda Júnior (PDT), ele tem sido barrado pela sigla.

Com essa reprovação de contas a missão ficará ainda mais difícil…

E Neto Evangelista, voltará ao cenário?

Evangelista e Castelo candidatos em 2012

Evangelista e Castelo candidatos em 2012

O deputado estadual licenciado, secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista (PSDB), parece querer voltar, mesmo que ainda timidamente, ao cenário político da capital.

Ele participará na sexta-feira de um encontro da Juventude do PSDB, núcleo do partido que o deu fôlego nas campanhas eleitorais de 2012 – quando foi candidato a vice-prefeito de João Castelo (PSDB) e de 2014, quando se reelegeu deputado.

Afastado das discussões pela sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), Evangelista, que já teve o nome cogitado para a disputa das eleições, isolou-se das articulações políticas após ter se submetido à imposição de Flávio Dino (PCdoB), de que nenhum dos membros do primeiro escalão poderia disputar as eleições deste ano.

Neto se afundou num ostracismo e foi, naturalmente, deixando de ter seu nome lembrado para a corrida eleitoral. As duas últimas pesquisas de intenções de votos sequer citaram o outrora pré-candidato.

Se vai, a partir de sexta-feira, retornar às discussões políticas em torno das eleições 2016, ainda é uma incógnita.

Mas ele parece já incomodado com a neutralidade imposta por Dino no Governo.

Algo que ele não deveria ter aceitado em janeiro de 2015…

PSTU define pré-candidatura ao Governo do Estado

Saulo Arcangeli disputará o Governo em outubro

Saulo Arcangeli disputará o Governo em outubro

Jorge Aragão – Nesta quarta-feira, dia 12 de fevereiro, o PSTU Maranhão fará em São Luís o lançamento oficial da candidatura do servidor público federal e professor universitário Saulo Arcangeli ao governo do Estado. A atividade iniciará a partir das 9 horas com uma coletiva à imprensa na Assembleia Legislativa e logo após às 10h30 ocorrerá um ato político no auditório do Sindicato dos Bancários no Centro.

A candidatura de Saulo, um ativista presente nas principais lutas que ocorreram no Maranhão nos últimos anos, é a expressão no campo eleitoral das reivindicações dos trabalhadores e da juventude maranhense que desejam não só o fim de uma Oligarquia, mas também buscam construir um Maranhão livre do latifúndio e do coronelismo.

Ao mesmo tempo, o PSTU mantém o chamado feito ao PSOL e PCB no sentido da constituição de uma Frente de Esquerda que apresente uma única candidatura ao Governo do Estado em 2014.

Estará presente também o presidente nacional do Partido, o metalúrgico Zé Maria de Almeida, que é o pré-candidato do PSTU à Presidência da República. “Minha candidatura parte da necessidade de apresentar uma alternativa de classe e socialista perante as candidaturas da presidente Dilma Roussef (PT) e os candidatos da direita representados pelo PSDB de Aécio Neves e o PSB de Eduardo Campos” afirma Zé Maria.

Segundo o pré-candidato do PSTU, estes dois campos políticos, no entanto, representam o mesmo modelo econômico e o mesmo projeto para o país, que privilegia os bancos, grandes empresas e o agronegócio em detrimento das necessidades e reivindicações os trabalhadores, do povo pobre e da juventude.