Wellington diz que vai cobrar conclusão de obra na BR-135

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) esteve presente no ato de entrega e liberação do primeiro trecho de duplicação da BR-135, que vai da Estiva até Bacabeira, compreendendo o Vampo de Perizes. Após quase 2 anos de reuniões e cobranças para que a obra fosse concluída, Wellington destacou que continuará na luta para que haja a conclusão da duplicação até Miranda do Norte, conforme projeto.

Na ocasião, Wellington destacou que a duplicação da BR-135 é um dos pontos de sua defesa, nos limites de sua competência de deputado estadual, desde o início do mandato, ainda em 2015.

“Participamos da entrega e liberação do primeiro trecho de duplicação da BR-135, que vai da Estiva até Bacabeira, compreendendo o Campo de Perizes. Essa é uma luta nossa, nos limites da competência de deputado estadual, desde o início do mandato. Destacamos, também, a atuação e comprometimento da Bancada Federal com ações e emendas de Bancada, que possibilitam a realização da obra. Continuaremos o trabalho, fiscalizando e solicitando que a duplicação seja feita em toda a Rodovia. Embora a BR-135 seja de competência federal, nós não nos omitimos na Assembleia Legislativa e atuamos de forma permanente junto ao DNIT e a Bancada Federal. Continuaremos na luta para que haja a conclusão da duplicação até Miranda do Norte. Contem conosco!”, disse Wellington.

Ascom

Nova promessa…

Deputados federais e estaduais estiveram pela enésima vez vistoriando as obras de duplicação da BR-135, na última segunda-feira. E maios uma vez ouviram do DNIT a promessa de entrega, de pelo menos um trecho de 7 quilômetros, em até 10 dias.

Já tem um sem-número de vezes que o Ministério dos Transportes e o seu braço local, o DNIT, prometem entregar a obra, que deveria ter ficado pronta ainda em 2014. São três anos de atraso, portanto.

A duplicação da BR-135 – no trecho entre São Luís e Miranda do Norte, passando por Bacabeira, Santa Rita e Itapecuru-Mirim – é, na verdade, uma batalha antiga da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), desde o seu primeiro mandato, ainda nos anos 90. A confirmação da obra foi uma luta intensa também do ex-deputado e ex-senador Chiquinho Escórcio (PMDB), que pressiono tanto o ministério dos Transportes quanto o DNIT para a realização da duplicação.

Desde que a obra começou, nos idos de 2010, apenas parlamentares ligados ao grupo da ex-governadora – primeiro Chiquinho, depois Hildo Rocha e Pedro Fernandes – têm se desdobrado na pressão aos órgãos interessados. Outros que mobilizam céus e terra são os deputados estaduais Eduardo Braide (PMN) e Wellington do Curso (PP).

Curiosamente, não se viu nenhuma mobilização do governador Flávio Dino (PCdoB) e, principalmente, do prefeito Edivaldo Júni9or (PDT) em torno da obra. Mas certamente os dois estarão presentes na inauguração deste trecho de 7 km. Isso se ocorrer, de fato.

Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão