Maura Jorge também se destacou no debate da TV Mirante

A candidata da coligação (Renovação de Verdade), Maura Jorge (PSL), a exemplo do senador Roberto Rocha (PSDB), também se destacou no debate realizado na noite de ontem pela TV Mirante.

Firme em seus posicionamentos e com questionados formulados para cada uma das respostas dadas pelo governador Flávio Dino, Maura Jorge conseguiu chamar a atenção do eleitorado.

Ficou nítida também a estratégia da candidata de alinhar-se ao presidenciável Jair Bolsonaro, também do PSL e que lidera todas as pesquisas de intenções de votos no país.

Na visão do blog, contudo, Maura errou na mão, nos dois últimos blocos, ao exagerar na referência a Bolsonaro e deixar, ao mesmo tempo, de abordar temas importantes no embate contra os adversários.

No final do debate a avaliação é de que a candidata, apesar de alguns tropeços e do nervosismo inicial, foi bem.

A expectativa da coordenação de campanha de Maura é de que ela consiga subir alguns pontos na disputa.

É aguardar…

Justiça determina suspensão da propaganda política de Flávio Dino

Propaganda trata de construção dos IEMAs, apontados como da gestão Roseana

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão determinou a suspensão imediata de duas propagandas do governador Flávio Dino no horário eleitoral. Para a Justiça Eleitoral, as duas informações foram consideradas fake news.

Uma das propagandas trata dos Institutos de Educação do Maranhão os Iemas. A coligação da ex-governadora Roseana Sarney (MDB) conseguiu provar que foi ela quem construiu os prédios e Flávio Dino apenas mudou a nomenclatura de toda uma estrutura já existente.

“Assim, quando o representante afirma que a candidata representante durante toda sua gestão não fez nenhum IEMA (Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão–IEMA), quer levar a crer que não foi construído por ela nenhum centro estadual de capacitação tecnológica, o que se constata que é uma inverdade uma vez que funcionavam 13 (treze) Centros de Capacitação Tecnológica do Maranhão – CETECMAs e 06 (seis) estavam prestes a funcionar, sendo que estes centros passaram da estrutura da Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia – SECTEC para a estrutura da Universidade Virtual do Estado do Maranhão – UNIVIMA, esta última renomeada pelo representado para IEMA”, diz trecho da decisão.

A outra fake news da propaganda de Flávio Dino retirada do ar trata dos hospitais construídos na gestão de Roseana Sarney. A Justiça Eleitoral considerou inverdade a afirmação de que foi Dino quem construiu as unidades de saúde.

“É de conhecimento geral que os hospitais mencionados na propaganda contestada tiveram sua edificação iniciada ainda no governo anterior, alguns dos quais foram entregues à nova gestão em fase avançada de construção e próximos à conclusão, sendo despicienda a análise de quaisquer documentos para se alcançar esse entendimento. Dito isso, reputo que a divulgação da informação de que a candidata Representante teria passado longo tempo à frente da Chefia Estadual sem empreender a construção de hospitais de grande porte em quantidade significativa, além de não corresponder à realidade, tem o condão de ofender a sua honra objetiva, compreendida como o juízo que terceiros fazem acerca dos atributos de alguém, ante ao fato de que sua imagem enquanto gestora foi conspurcada com as pechas da displicência e descaso”, destaca o despacho do juiz eleitoral Alexandre Lopes de Abreu.

A propaganda de Flávio Dino tentava fazer crer que oito dos 10 hospitais macrorregionais foram todos construídos pelo comunista. Com a decisão, Dino fica proibido de usar novas propagandas tratando dos dois temas considerados inverdades.

Com informações de O Estado

Saída de Eduardo Braide pode ter sido um erro fatal para a oposição

Jorge Aragão – É claro que ainda existe muito tempo, faltam 17 dias para as eleições e muita coisa ainda pode acontecer, mas se for confirmada a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB), no 1º Turno, fatalmente a saída de Eduardo Braide (PMN) da disputa majoritária terá sido essencial para isso.

Política é muito cíclica, mas política também é momento. As eleições do Maranhão precisavam de uma terceira via, mas não qualquer terceira via, mas uma terceira via realmente viável e com chances reais de disputar o Governo do Maranhão.

O momento, indubitavelmente, era de Eduardo Braide. O deputado estadual, que agora busca uma vaga na Câmara Federal, saiu da disputa pela Prefeitura de São Luís, em 2016, infinitamente maior do que entrou e somado a isso a sua postura oposicionista na Assembleia Legislativa, naturalmente o fizeram pré-candidato ao Governo do Maranhão.

Só que faltou união e principalmente diálogo para a Oposição no Maranhão. Roseana Sarney, Roberto Rocha e Maura Jorge, tinham e tem um desejo em comum: tirar do Palácio dos Leões o comunista Flávio Dino.

A maioria dos analistas políticos afirmavam à época que a presença de Eduardo Braide na disputa seria a certeza de um Segundo Turno e todos, sem exceção, só acreditavam na derrota de Dino num eventual Segundo Turno.

Só que apesar de tudo isso, jamais houve qualquer diálogo entre os oposicionistas, apesar de terem basicamente o mesmo objetivo. Diálogo esse defendido aqui no Blog do Jorge Aragão, por diversas vezes, pelo analista político e ex-deputado Joaquim Haickel.

Ora, se todos querem a derrocada de Flávio Dino, se a derrocada do comunista passava por um eventual Segundo Turno e se a candidatura de Eduardo Braide era sinônimo desse Segundo Turno, porque não fomentaram tal candidatura?

Faltando 17 dias para a eleição, esse prognóstico vai se confirmando, pois com a saída de Braide, restou a Oposição uma estratégia extremamente arriscada: torcer para um crescimento das candidaturas de Maura Jorge e Roberto Rocha. Só que os dois, mesmo juntos, não conseguem alcançar dois dígitos e a eleição pode sim ser finalizada no dia 07 de outubro.

É claro que a eleição ainda não está definida e mesmo sem Braide pode chegar ao Segundo Turno, mas que a desarticulação facilitou a caminhada de Flávio Dino em busca da reeleição, isso ninguém tem dúvida, nem antes e muito menos agora.

É aguardar e conferir, afinal faltam somente 17 dias.

Coligação de Roseana classifica de patética a ação de Rubens Júnior

A coligação “O Maranhão quer Mais”, da candidata ao Governo Roseana Sarney (MDB) classificou de patética a notícia de inelegibilidade criada pelo deputado federal Rubens Júnior (PCdoB) contra a emedebista.

Rubens protocolou a ação na Procuradoria Regional Eleitoral do Maranhão com a sustentação de que Roseana não teria se afastado de supostos cargos de administração das empresas do Grupo Mirante.

Na nota, a coligação rebateu forte a ação do comunista. Afirmou que a ação é na verdade uma tentativa de nivelar Roseana ao candidato Flávio Dino, declarado inelegível pela juíza Anelise Nogueira Reginato, e citou a inelegibilidade dos pais do deputado do PCdoB.

“O advogado e deputado Rubens Júnior tem intimidade com o instituto da INELEGIBILIDADE. É filho de políticos com problemas insanáveis nessa matéria, por práticas que nem de longe se atribuem a Roseana, verdadeira depositária das esperanças do povo maranhense”, disse.

Abaixo a nota da coligação “Maranhão quer Mais”.

NOTA DA COLIGAÇÃO O MARANHÃO QUER MAIS

Maranhenses,

É patética a “argumentação jurídica” do advogado Rubens Júnior para propor a impugnação de Roseana como candidata ao governo do Maranhão.

Sabíamos que eles estavam pressionados para produzir alguma coisa do gênero, numa tentativa desesperada de nivelar nossa candidata ao candidato sub judice Flávio Dino, flagrado, COM IMAGENS, quando chantageava o eleitorado de Coroatá para votar em um candidato seu, deformando um resultado eleitoral.

Flávio Dino está condenado.

Roseana foi vencedora em todas as suas eleições como sócia cotista do Sistema Mirante, mas ao contrário do que ele diz na peça oferecida ao Tribunal Regional Eleitoral, Roseana jamais exerceu cargo de direção da empresa. Portanto, ela não teria que renunciar ao que ela não é.

O advogado e deputado Rubens Júnior tem intimidade com o instituto da INELEGIBILIDADE. É filho de políticos com problemas insanáveis nessa matéria, por práticas que nem de longe se atribuem a Roseana, verdadeira depositária das esperanças do povo maranhense.

Coligação “O Maranhão quer Mais”

Roseana reúne multidão em Timon e inicia campanha

Uma multidão deu uma calorosa recepção à candidata a governadora Roseana (MDB) e sua comitiva em Timon, encerrando o primeiro dia de campanha que incluiu também visitas aos municípios de Parnarama e Matões, onde atraiu centenas de moradores ao lado de seu vice Ribinha Cunha. Sob aplausos, Roseana destacou que, se eleita, vai retomar o desenvolvimento econômica e social do Maranhão.

“Escolhi começar nossa campanha pela Região dos Cocais. Há tempos, onde tenho andado, percebo o povo triste. Por isso gostaria de governar mais uma vez este estado que amo, e venho pedir seu voto. Temos uma chapa experiente, que já fez pelos maranhenses e podemos fazer mais”, disse Roseana.

Em Parnarama, com os candidatos ao Senado, Sarney Filho e Edison Lobão, e os candidatos a deputados Adriano Sarney, César Pires, Carlos Filho e Edilázio Júnior,  Roseana foi recepcionada pelo ex-deputado JJ Pereira, 44 anos de vida pública e liderança da Região dos Cocais. “Vou votar em Roseana, porque ela respeita a classe empresarial, não cria impostos, não persegue. Roseana é humana, sensível às causas dos mais necessitados, tem obras em todo o estado do Maranhão”, enfatizou JJ Pereira.

Dentre as principais ações realizadas pelo governo Roseana em Parnarama, citadas pelas lideranças Valdemar Junior e José Henrique, estão a pavimentação de 4 km de vias urbanas, melhoramento de estradas vicinais, pagamento de 10.230 contas de luz pelo Governo do Estado e assistência técnica e extensão rural gratuita, beneficiando 2.414 agricultores familiares, pescadores artesanais e aquicultores.

“Estamos com ela pelo trabalho que Roseana fez aqui na região, e também basta olharmos as diversas obras em todas as áreas feitas pela ex-governadora em todos os municípios”, justificou Gabriel Tenório.

Todas as lideranças que falaram, em um palanque improvisado devido a quantidade de correligionários que foram ao local, ressaltaram a importância das obras e planejamento feito por Roseana na Região dos Cocais. Algumas citadas foram a transferência de mais de R$ 390 mil para fundo de saúde do município; recuperação da MA-026, no trecho Matões/Parnarama; serviços de melhoramento e pavimentação das rodovias MA-262/MA-034, trecho Matões/entroncamento; MA-034/entroncamento da BR-226 (Baú) – extensão de 71,50 km e serviços de pavimentação de vias urbanas na sede. Além de 17.430 contas de luz pagas pelo Governo do Estado.

Em Timon, a ex-prefeita Socorro Waquim, candidata à deputada estadual pelo MDB, enfatizou o “verdadeiro descaso do atual governo com o Polo Industrial, ferramenta que poderia estar gerando emprego e renda para pessoas de todas as faixas etárias, inclusive os jovens”. Ela lembrou das 7.000 casas que entregou no município durante sua gestão com o apoio do Governo Roseana, o que, segundo ela, beneficiou mais de 30 mil cidadãos timonenses.

Ainda em Timon, na reunião organizada pela vereadora Professora Cláudia, Roseana foi recebida por agentes de saúde do município, membros de 22 grupos culturais, pastores de igrejas evangélicas, professores e grupos de estudantes.

Assessoria de campanha de Roseana Sarney

Roseana mostra força política e consolida candidatura em convenção

Cinco partidos políticos consolidaram na manhã de hoje no Espaço Renascença, a candidatura da ex-governadora Roseana Sarney (MDB) ao Governo do Estado.

Além do MDB, participaram da convenção da emedebista  o PV, o PSD, o PSC e o PRP.

Candidatos a deputado estadual, federal e ao Senado dividiram o palanque com Roseana, Edison Lobão e Sarney Filho – os dois últimos candidatos ao Senado.

Usaram o microfone, como descreveu o jornalista Daniel Matos, os candidatos a deputado federal Cláudio Trinchão (PSD), Victor Mendes (PSD), Hildo Rocha (MDB), Edilázio Júnior (PSD) e João Marcelo de Souza (MDB) e os candidatos a deputado estadual Adriano Sarney (PV), Arnaldo Melo (MDB), Roberto Costa (MDB), César Pires (PV) e outros. Candidato a vice-governador, o empresário Ribinha Cunha, da cidade de Imperatriz, também usou a palavra e prometeu total empenho na campanha, rumo a mais uma vitória do grupo liderado por Roseana.

Lobão enumerou obras das gestões do grupo político, desde o mandato do ex-presidente José Sarney (1966-1970) até Roseana (2011-2014).

Presente à convenção, o ex-presidente José Sarney foi convidado pela filha, Roseana, a discursar. Em meio a aplausos e gritos de “Sarney, guerreiro do povo brasileiro”, o experiente político também recorreu ao passado para demonstrar que seu grupo fez muito pelo Maranhão. E afirmou um mandato é tempo suficiente para revolucionar um estado, contrariando o argumento dos governistas de agora de que quatro anos é pouco tempo para trabalhar.

“Em apenas quatro anos como governador do Maranhão eu fiz o Porto do Itaqui, a Barragem do Bacanga, a Ponte do Caratatiua, a estrada São Luís-Teresina (BR-135), a estrada Santa Luzia-Açailândia, a usina de Boa Esperança e ainda deixei pronto o projeto da Ponte Bandeira Tribuzi”, listou.

Roseana reconheceu que o governo Flávio Dino tentou, de alguma forma, dar continuidade a boa parte dos projetos da sua gestão, mas afirmou que foi pouco, para um governo que se apresentou como agente da mudança.

Ela prometeu acabar com a política tributária implementada pelo governo comunista que, segundo ela, contribuiu para que mais de 300 mil maranhenses voltassem à situação de pobreza extrema desde 2015.

Também se comprometeu a rever a cobrança de ICMS sobre a conta de energia elétrica, elevada no governo atual e retomar programas bem sucedidos como o Primeiro Emprego, o Saúde é Vida e o Viva Luz, este último voltado a famílias carentes, beneficiadas com o pagamento de 100% das suas contas de energia elétrica.

Além do MDB, integram a coligação de Roseana o PV, PSD PSC e PRP.

Com texto de Daniel Matos

A articulação de Edilázio na Caravana de Roseana…

O deputado estadual Edilázio Júnior, pré-candidato do PSD a uma vaga na Câmara Federal, demonstrou força política durante a última etapa da ‘Caravana da Guerreira’, como é chamada a agenda de pré-campanha da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), pré-candidata ao Governo do Maranhão.

Ao lado da emedebista, Edilázio percorreu 11 municípios e consolidou apoios à sua pré-candidatura: Lago do Junco, Lago da Pedra, Lago dos Rodrigues, Igarapé Grande, Bernardo do Mearim, Pedreiras, Trizidela, Lima Campos, Timon, Caxias e Codó.

Em três dos maiores municípios visitados: Lago da Pedra, Timon e Codó, Edilázio apresentou poder de articulação e força política.

No primeiro, foi recebido ao lado de Roseana, pelo ex-prefeito Luíz Osmani, que reuniu seu grupo político para o ato. Vereadores e lideranças da região também participaram, bem como o ex-prefeito Santa Inês, Dr. Cabral; o ex-prefeito de Pindaré Mirim, Paruru; o ex-prefeito de Igarapé Grande, Breado e o ex-prefeito de Lago do Junco, Haroldo Leda.

Em Timon Edilázio foi recebido com Roseana pela ex-prefeita Socorro Waquim e todo o seu grupo político, que organizou uma grande festa e em Codó foi recebido pelo ex-prefeito Biné Figueiredo.

Edilázio vai disputar uma vaga na Câmara Feeral na eleição do mês de outubro.

Roseana inicia caravana e reúne multidão em municípios

A pré-candidata ao governo Roseana Sarney (MDB) juntamente com o senador Edison Lobão (MDB) e comitiva visitou os municípios de Lago do Junco e Lago da Pedra ontem.

Foi o início da terceira etapa da caravana na capital. “Eu fiquei muito emocionada, tanto em Lago da Pedra como em Lago do Junco de ver a receptividade das pessoas e o carinho que me trataram. Em uma pré-campanha você fala o que sente e as pessoas dão opinião. Esta troca de palavras e de informações é muito importante” declarou.

Em Lago do Junco foram recebidos na Câmara Municipal. Já em Lago da Pedra na residência do ex-prefeito Luis Osmani. A multidão caminhou junto com Roseana e sua comitiva todo o trajeto.

Hoje e amanhã Roseana percorrerá outros nove municípios…

O apoio de Roseana a Lula

A ex-governadora Roseana Sarney, pré-candidata ao Governo do Maranhão pelo MDB, manifestou solidariedade ontem ao ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por meio de seu perfil em rede social.

Na publicação, Roseana cobrou ato por justiça em decorrência da condenação e prisão do petista.

A luta de Lula por justiça também é nossa”, disse e completou: “O Maranhão está com Lula, eu também estou”.

Roseana também publicou um vídeo de ato político ao lado do ex-presidente, onde o petista faz referência à lealdade da ex-governadora e da aliança que ambos mantêm desde a campanha eleitoral de 2002.

Foi o bastante para provocar a ira de adversários políticos da emedebista, que se acham “donos” de Lula.

Na manhã de hoje o pré-candidato a deputado federal e homem de confiança do governador Flávio Dino, Márcio Jerry, esperneou no twitter.

Chamou o ato de solidariedade de Roseana de cinismo. Chateado com a amizade entre Roseana e Lula, ele disse que há ‘desfaçatez’.

Vai entender…

“O Maranhão elegeu uma mentira”, diz Lobão sobre Flávio Dino

O senador Edison Lobão (MDB), pré-candidato à reeleição, foi duro com o governador Flávio Dino (PCdoB), ontem (21), durante seu discurso em ato da ex-governadora Roseana Sarney (MDB).

Para ele, o eleitor do Maranhão desiludiu-se com o comunista.

“O povo foi iludido uma vez, não será iludido uma segunda”, declarou.

O senador acrescentou que o estado “paga o preço” de ter acreditado nos comunistas.

“O Maranhão elegeu uma mentira. Erramos, e porque erramos estamos pagando o preço”, concluiu.

Do blog de Gilberto Léda