Deputados maranhenses integram a comissão que analisará a reforma política

Victor Mendes

Victor Mendes

Os deputados federais maranhenses Victor Mendes (PV) e Pedro Fernandes (PTB) vão integrar a Comissão Especial que analisará a proposta de Reforma Política no Congresso Nacional.

A confirmação do nome dos parlamentares ocorreu hoje. O  colegiado trabalhará num prazo máximo de 40 sessões para elaborar um parecer em relação a reforma política.

O deputado federal Zé Carlos da Caixa (PT) ficou na suplência da comissão.

Novos ares para cinco deputados

Deputada Eliziane Gama

Deputada Eliziane Gama

Os deputados estaduais Zé Carlos da Caixa (PT), Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Eliziane Gama (PPS), André Fufuca (PEN) e Victor Mendes (PV) serão diplomados deputados federais no fim desta semana, pelo Tribunal Regional Eleitoral. Os cinco parlamentares vão encarar novos desafios em Brasília, após dois mandatos como deputados estaduais.

Coincidentemente, Pereira Júnior, Mendes e Eliziane chegaram juntos ao parlamento estadual, em 2006. Zé Carlos da Caixa, por sua vez, está no primeiro mandato de deputado, garantindo a eleição de federal na primeira disputa, bem como André Fufuca.

Deputado Zé Carlos

Deputado Zé Carlos

Pereira Júnior e Mendes chegaram ao Parlamento na esteira da boa trajetória política dos pais, os ex­deputados Rubens Pereira e Filuca Mendes, respectivamente. Eliziane, por sua vez, chegou à Assembleia como representante da igreja Assembleia de Deus, elegendo­se na primeira disputa e fazendo carreira meteórica. Reelegeu­se em 2010 e teve excepcional desempenho nas eleições municipais de 2012, o que a credenciou a voos mais altos. Este ano, foi a deputada mais votada do Maranhão e é a favorita na disputa pela Prefeitura de São Luís.

Rubens Pereira Júnior

Rubens Pereira Júnior

Junto com os cinco deputados estaduais, o vereador Sérgio Frota (PSDB) também muda de patamar político a partir de fevereiro. Ele foi o único vereador de São Luís eleito para a Assembleia com a força de ter sido o mais votado deputado estadual na capital maranhense, superando figurões como Edivaldo Holanda (PTC), pai do prefeito homônimo, e Gardeninha Castelo (PSDB), filha do ex­prefeito João Castelo (PSDB).

Comandante do Sampaio Corrêa, que fez boa campanha na Série B do Campeonato Brasileiro, Frota chega à Assembleia com cacife para polarizar um projeto eleitoral em 2016, embora se mantenha ainda distante do tema. De uma forma ou de outra, são atores políticos que mudam de patamar em 2015.

Da coluna Estado Maior, com edição do blog

Gastão quer Victor Mendes na primeira suplência ao Senado

Victor Mendes

Victor Mendes

A decisão da Executiva Nacional do PT de abdicar da indicação do candidato a vice na chapa de Lobão Filho (PMDB) em troca da indicação do primeiro suplente de senador surpreendeu o deputado federal Gastão Vieira (PMDB), pré-candidato ao Senado.

Isso porque já havia sido acertado nos bastidores, caso Gastão fosse garantido na disputa majoritária, a indicação do primeiro suplente de senador ao deputado estadual Vitor Mendes (PV), que atua politicamente na região de Pinheiro.

A indicação de Mendes, trata-se de uma estratégia política pensada por Gastão, uma vez que o pai de Vitor, prefeito de Pinheiro Filuca Mendes, ex-presidente da Famem, tem forte articulação com prefeitos do interior do estado e capacidade de trabalhar e fortalecer a sua candidatura – ontem, por exemplo, no encontro de Gastão com prefeitos, foi Filuca quem representou os gestores municipais na mesa. Discursou em duas oportunidades -.

Filuca ganhou espaço ontem de Gastão no encontro com prefeitos

Filuca ganhou espaço ontem de Gastão no encontro com prefeitos no Praia Mar

Seria uma forma também de prestigiar o PV, que até o momento não ocupa espaços na majoritária ou no Governo, apesar de ser um dos partidos de maior representatividade na Assembleia Legislativa.

Ontem, após o encontro com prefeitos, sem citar o acordo com Mendes, Gastão comentou sobre a decisão do PT. Explicou que a reviravolta é algo interno do partido e que não pode sofrer ingerência, mas afirmou que a indicação de primeira suplência teria de ser conversada com os demais partidos que compõem a aliança. “Como é que fica o Heluy? Precisamos rediscutir essa posição do PT. Se é para a primeira suplência, precisaremos rediscutir”, afirmou.

Para bom entendedor…

Victor Mendes deixa a Sema e retorna à Assembleia Legislativa

Victor Mendes deixa a Sema

Victor Mendes deixa a Sema

O deputado estadual Victor Mendes (PV) deixará quarta-feira a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (SEMA). A informação foi dada em primeira mão pelo jornalista Jorge Aragão (veja), e mais cedo confirmada pela Casa Civil. Ele disputará uma vaga na Câmara Federal.

Para o lugar de Victor Mendes assumirá a chefe da Assessoria de Planejamento e Ações Estratégicas da pasta, Genilde Campagnaro, que é concursada. Genilde é da cota do deputado federal Sarney Filho (PV), que deverá disputar votos com Victor Mendes em Pinheiro.

Victor é o primeiro de uma média de 10 secretários que deverão deixar a estrutura de governo para a disputa da eleição de outubro. Ele esteve reunido com a governadora Roseana Sarney (PMDB) na quarta-feira, quando falou da intenção de sair, e teve a sua exoneração confirmada na manhã de hoje.

Agora, o parlamentar retorna à Assembleia Legislativa e retoma o mandato ocupado até o fim de 2013 pelo suplente Magno Barcelar (PV), vice-líder do Governo.

Até o dia 31 os demais secretários que disputarão a eleição darão uma resposta a Roseana quanto as suas saídas.