Descaso na Vila Luizão

973c77d89066bc585f8fe25a9433976fÉ precária a situação de ruas e avenidas do bairro Vila Luizão, na capital. Sem uma infraestrutura decente, as vias foram afetadas pelas chuvas que caíram em São Luís nos últimos dias, prejudicando moradores, pedestres e motoristas.

Exemplo disso é a Rua do Canavial, que há anos tem recuperação prometida por prefeitos e vereadores [Ivaldo Rodrigues (PDT)] e Marquinhos (DEM)], que atuam na região.

Sem pavimentação e sistema de drenagem de águas pluviais, a rua se tornou num verdadeiro lamaçal. Um risco para pedestres, sobretudo gestantes, crianças, idosos e deficientes físicos, que precisam utilizar a rua para chegar em casa.

Um descaso, semelhante às centenas de exemplos espalhadas por toda a cidade. Mas, as eleições estão chegando…

Placa foi colocada por moradores em forma de protesto contra os vereadores Ivaldo Rodrigues e Marquinhos

Placa foi colocada por moradores em forma de protesto contra os vereadores Ivaldo Rodrigues e Marquinhos

Policial mata manifestante na Vila Luizão

Imagem retirada do blog do Gilberto Léda

Imagem de confronto entre manifestantes e a PM retirada do blog do Gilberto Léda

Um cabo da Polícia Militar, identificado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) como Marcelo Monteiro dos Santos, assassinou a tiros um manifestante, na manhã de hoje, na Vila Luizão.

O policial participava de uma operação de reintegração de posse de um imóvel, situado na Rua Liberdade, naquele bairro.

Além de um morto, outros manifestantes, que protestavam pela reintegração de posse, acabaram feridos pela PM.

Em nota oficial, classificou o episódio como uma ação isolada do policial. Informa também que o militar foi preso em flagrante delito na Delegacia de Homicídios e responderá a processo. O comandante da operação, que não teve o nome revelado, também será investigado, segundo a SSP.

Foi mais um caso de truculência da polícia na nova administração. E novamente com um final trágico…

O jogo duplo – triplo e até quádruplo – de Marquinhos da Vila Luizão…

Marquinhos com Edivaldo...

Marquinhos com Edivaldo…

Marco D’Eça – O vereador Marquinhos da Vila Luizão (PRB), é mais um desses oportunistas que tanto fazem para alcançar mandato eletivo,  negociando de um lado e de outro – e, felizmente, por isso, não consegue,m ter vida longa na política.

Já esteve com Max Barros e Julião Amin, deixou os dois por outros caminhos, voltou pra Max, depois pra Julião e, por último, estava com Cléber Verde (PRB).

Assumiu o mandato em janeiro, já como membro da bancada do prefeito Edivaldo Júnior (PTC), depois de fazer campanha para João Castelo (PSDB) no segundo turno.

Fez até campanha para o candidato de Holandinha a presidente da Câmara, para não ficar no mesmo palanque que Ivaldo Rodrigues (PDT).

... e com Luis Fernando

… e com Luis Fernando

Na Câmara, tem pressionado o prefeito como pode – de pedidos de CPI dos Transportes a investigação no programa do Peixe.

Mas sempre que é atendido, muda radicalmente o pensamento – como ocorreu, aliás, na CPI do Bom Peixe, do qual era membro e depois saiu, sem maiores explicações.

Nos últimos meses, fez zoada contra Holandinha na Vila Luizão depois que recebeu do governo Roseana Sarney (PMDB) a instalação de uma USC policial no bairro.

Depois disso, passou a colar no pré-candidato de Roseana ao governo, Luis Fernando Silva (PMDB).

Agora, quando o seu partido declara apoio oficial à candidatura de Luis Fernando, ele resolve dizer que não sentou com Luis Fernando.

O que ele quer desta vez???