Bolsonaro é eleito presidente e interrompe sequência de vitórias do PT

O deputado federal pelo PSL, Jair Bolsonaro, foi eleito presidente do Brasil.

Ele obteve mais de 55% dos votos válidos e derrotou o candidato Fernando Haddad, do PT, defendido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba.

Com a vitória, Bolsonaro interrompe uma sequência vencedora do PT.

Logo após ter sido eleito, o futuro presidente do Brasil prometeu respeitar a Constituição Federal, trabalhar pelas liberdades individuais e quebrar paradigmas na administração pública.

Já o PT, precisará se refazer para os próximos anos…

DataM aponta vitória de Edivaldo no primeiro turno

datamA pesquisa DataM de intenções de votos, registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-01065 e divulgada hoje, aponta vitória de Edivaldo Holanda Júnior (PDT) no primeiro turno das eleições 2016.

No levantamento, Edivaldo aparece com 47,1% das intenções de votos; contra 25,7% de Wellington do Curso (PP); 3,7% de Eliziane Gama (PPS); 2,6% de Eduardo Braide (PMN); 1,4% de Fábio Câmara (PMDB);  1,1% de Cláudia Durans (PSTU); 0,6% de Rose Sales; 0,2% de Valdeny Barros (PSOL) e 0,1% de Zeluis Lago (PPL). Apontaram “nenhum deles”, 8,9% dos entrevistados e não souberam ou não responderam, 8,7%.

Simulação – Na simulação de cenário da pesquisa estimulada apenas em votos válidos, o que acontece nas eleições, ou seja, descartando-se nulos e brancos, Edivaldo teria 57,1% dos votos válidos e seria eleito no 1º Turno. Wellington chegaria a 31,2% e Eliziane somaria apenas 4,5%.

A pesquisa DataM ouviu 1 mil eleitores entre os dias 20 e 22 de setembro, possui nível de confiabilidade de 95% e margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

TRE absolve Alexandre Almeida em processo sobre divulgação de pesquisa

Alexandre Almeida 2O deputado estadual Alexandre Almeida obteve duas vitórias no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão na semana passada quando conseguiu reverter, por unanimidade, duas decisões do juiz da 94ª Zona Eleitoral, de Timon, que aplicava multas em valor total de R$ 10.000,00 por propaganda antecipada/extemporânea. O parlamentar havia sido multado pela divulgação de duas pesquisas eleitorais relativas à disputa à prefeitura de Timon nos meses de março e maio deste ano, onde liderava as intenções de votos em ambas as pesquisas.

O Ministério Público, autor das ações, alegava que o deputado teria cometido propaganda antecipada ao divulgar o resultado de duas pesquisas eleitorais em blogs de internet e que as reportagens lhe trariam vantagem em relação aos outros candidatos. Porém o juiz Eduardo Moreira, relator do processo no TRE, entendeu que as matérias não constituíram propaganda antecipada e que não houve qualquer influência eleitoral na divulgação da pesquisa.

O relator afirmou em seu voto no processo que “as divulgações e comentários tecidos nas matérias pelos titulares dos blogs não configuram, a meu ver, propaganda eleitoral antecipada, pois da leitura das postagens colacionadas aos autos há somente conteúdo informativo do que foi constatado naquela específica pesquisa”. O magistrado também entendeu que “não houve lesão ao bem jurídico protegido (equilíbrio entre as campanhas) pela ausência de relevância/influência eleitoral na divulgação de pesquisa de intenção de votos em maio de 2015, sobretudo se considerarmos que foram mencionadas duas pretensas candidaturas e em nenhum momento houve pedido expresso de votos”.

Alexandre Almeida destacou que estava ciente de que não havia cometido nada de ilegal. “Recebemos com serenidade esta decisão. Não fizemos nada que afrontasse a legislação eleitoral. Pelo contrário, sempre nos pautamos em respeito às regras estabelecidas. Assim sendo, entendemos que a justiça foi feita”, afirmou o parlamentar. O assessor jurídico do deputado, advogado Pedro Leandro Marinho, afirmou que estava muito tranquilo em relação a esse julgamento, tendo em vista que reportagens jornalísticas não podem servir de condenação por propaganda antecipada e também por não ter dúvidas acerca da inexistência de qualquer forma de propaganda antecipada.

Dia do Corinthiano

Presidenet Lula recebe camisa daquele que se tornou o presidente mais importante da história do Corinthians, Andrés Sanches

O mais tradicional clube brasileiro e de maior importância no cenário mundial, Sport Club Corinthians Paulista, completou hoje o primeiro de muitos centenários. Com a presença do presidente da República Lula, que recebeu o título de torcedor ilustre, de jogadores consagrados, como Marcelinho Carioca, Biro Biro, Casa Grande, Sócrates, Ronaldo (goleiro), Dinei, Edilson, Vampeta, Wladmir, Henrique, Neto, Souza, dentre outros.

Ronaldo (esse resolve), ao lado de Biro Biro

O Corinthians, e não poderia ter sido diferente, comemorou o reveillon do Ccorinthiano, com contagem regressiva, show pirotécnico, animação, e muita festa. Vestidos de preto e branco, mais de 130 mil fiiéis foram às ruas comemorar o anúncio do novo estádio, o Fielzão, que com certeza será  palco de muitas glórias alvinegras.

Marcelinho Carioca - embaixador do centenário

Particularmente fico muito feliz, pois hoje também comemoro mais um ano de vida, justamente no dia do Corinthiano, dia do Timão, o dia em que Deus escolheu para me dar o fôlego de vida.

Dentinho puxa a festa corinthiana, ao lado de todos os jogadores do profisisonal

Sinto que a inveja impera nos corações de torcedores de outros clubes, que tentam sempre jogar aquele diálogo, de que  Timão ainda não tem Libertadores. Ora, se a própria Seleção Brasileira, de maior representatividade na história do futebol internacional, nunca foi campeã olimpica, tanto faz termos ou não esse título agora. Afinal, somos o primeiro campeão FIFA do mundo, com o título de 2000.

Torcida fez festa no centenário

O importante agora é comemorar, festejar essa data tão importante para o país, uma vez que a maior torcida é homenageada, e não dar importância a comentários invejosos, cheios de injurias, pouca expressão, totalmente inúteis.

EU SOU CORINTHIANS… E NUNCA VOU TE ABANDONAR… PORQUE TE AMO….

Parabéns Corinthians!!!!!!!

Amanhã (1/09) o Sport Club Corinthians Paulista, maior time da história do futebol mundial, comemora o primeiro centenário. Maior que qualquer outro título que pudesse ou ainda possa vir para o clube este ano, o anúncio oficial da construção do estádio, a casa própria, é festejada pela maioria no país. Maioria por este ter a maior torcida em território nacional.

O Fielzão veio como resposta aos inúmeros anos de espera, a má administração de alguns presidentes corruptos, vale lembrar de Dualibe e dos demais clubes de São Paulo, que mais que “zoar” pela falta de um estádio próprio, sonhavam juntos ao Corinthians no projeto.

A construção do estádio com recursos próprios, sem favores/auxílio do Poder Público, ou garantias de grupos como  a mentirosa MSI, é festejada por todos os corinthianos. Autonomia e ousadia, em um projeto de ponta, nos moldes europeus, onde a torcida terá o conforto e a possibilidade de assistir a jogos bem próxima ao gramado, e tendo a certeza de que todos os lucros, a não ser o da venda do nome, será destinada ao clube, alegra e anima o torcedor.

Amanhã é dia de festejar, de ir para as ruas vestido com a camisa alvinegra, que orgulha mais o corinthiano do que a própria Seleção Brasileira.  É dia de rir da desgraça (no sentido esportivo apenas) do São Paulo, que perdeu a chance de sediar o jogo de abertura da Copa 2014, do Palmeiras, que possui uma casa ridicula, mínima e sem condições de receber nem a final da Copa do Brasil e do Santos, que continua freguês, invejoso e menor, bem menor que o Timão.

Tnasparência foi o que o presidente Andrés Sanches pregou desde que assumiu o Timão. O projeto maior, além de tirar o time da série B do Brasileiro, (só foi por corrupção de arbitros e um grupo de clubes, como o Internacional, por exemplo), era e sempre foi da construção do estádio.

Ele sempre garantiu que no ano do centenário iria anunciar, e somente quando tudo estivesse dentro dos conformes, a construção do estádio do Corinthians. Com capacidade para receber 48 mil espectadores, a casa enche de orgulho os corinthianos. Não adianta os rivais torcerem seus narizinhos, e tentarem atrelar  essa vitória própria do Timão, à CBF, que quer incluir o projeto para a Copa do Mundo.

Da parte do Corinthians, o estádio está garantido, e será construído e pago em três anos (inveja dos demais clubs, pois uma construção como essa demanda pelo menos 10 anos para ser paga). Para ser incluso na Copa, deverá ser ampliado, no entanto, sem onerar o clube e sem a aquisição de recursos orçamentários públicos. O Ccorinthians dá um show de transoparência e credibilidade, ao não aceitar que a imagem do clube seja confundida com a do Poder Público, como ocorreu durante a realização do Pan, quando o Bota Fogo ganhou o Engenhão da Prefeitura do Rio.

O estádio é nosso, 100% nosso, a festa é nossa e a inveja é dos demais. Pode chorar torcedor São Paulino, Flamenguista, Vascaíno, Palmeirense, Botafoguense, Fluminense, Santista e o raio que o partaàdemais, porque amanhã, dia 1º é dia de festa no mundo, é o dia do Corinthiano, com a maior vitória que poderia ser alcançada durante o ano, a conquista da casa própria, da tão sonhada e almejada casa prória.

SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA
Fundado em 01 de setembro de 1910
Endereço: Rua São Jorge, 777 – Tatuapé
São Paulo/SP CEP 03087-000

Mundial de Clubes FIFA 2000
Campeonato Brasileiro 1990, 1998, 1999 e 2005
Copa do Brasil 1995, 2002 e 2009
Supercampeonato Brasileiro 1991
Camp. Brasileiro Série B 2008
Torneio Rio-São Paulo 1950, 1953, 1954, 1966, 2002
Campeonato Paulista 1914, 1916, 1922, 1923, 1924, 1928, 1929, 1930, 1937, 1938, 1939, 1941, 1951, 1952, 1954, 1977, 1979, 1982, 1983, 1988, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003 e 2009
Taça Competencia 1922, 1923, 1924
Taça Cidade de São Paulo 1922, 1942, 1943, 1947, 1948 e 1952
Torneio Inicio do Paulista 1919, 1920, 1921, 1929, 1936, 1938, 1941, 1944, 1955
Torneios Nacionais/Estaduais
Torneio Quinela de Ouro
Campeão do IV Centenário
Taça São Paulo
Torneio Laudo Natel
Centenário da Independência
Copa Bandeirantes
Taça do Povo
Taça Gov. do Estado SP
Taça Cid. de Porto Alegre (RS)
Torneio de Brasilia
Pentagonal de Recife (PE)
Triangular de Goiania (GO)
Taça Ballor
Taça Fasanello
Taça Henrique Mundel
Taça Pref. Munic. de São Paulo
Taça Charles Muller
Torneio das Missões
Taça Piratininga
1942 (Taça Supremacia)
1954
1962
1973
1922
1994
1971
1977
1983
1958
1965
1967
1923, 1924 e 1928
1938
1938 (Festival do São Paulo FC)
1953
1954 e 1958
1953 (Taça Tibiriça)
1968
Torneios Internacionais
Taça Cittá de Firenze (ITA)………Pequena Taça do Mundo …………
Copa Cidade de Turim (ITA)
Torneio Costa do Sol (ESP)
Trofeu Apolo V (EUA)
Copa da Feira de Hidalgo (MEX)
Troféu Ramón de Carranza
Torneio Int. Charles Muller (BRA)
Copa do Atlântico
Copa São Paulo (BRA)
Copa das Nações (EUA)
T. de Verão Cid. de Santos (BRA)
Copa dos Campeões
1929 (ao empório Toscano, Sudan Ovais e Prof. Caputto)
1953 (Copa Pres. Marcos Perez Gimenez)
1966, 1969
1969
1969 (Torneio de New York)
1981
1996
1955
1956
1975
1985
1986 e 1987 (venceu os dois primeiros torneios)
1986
Outros Campeonatos/Taças
Taça São Paulo de Juniores
Taça dos Invictos
Dallas Cup (Juniores)
Copa Nike (Juniores)
Mundial de Clubes Sub 18
1969, 1970, 1995, 1999, 2004, 2005 e 2009.
1956, 1957, 1990 e 2009.
1999, 2000
2003
2010
Outras Taças e Troféus
Nacionais
Taça Mais Querido do Brasil (1955)
Troféu Osmar Santos (2005)Interestaduais
Char de la Victoire e Taça Vada (1928)
Taça Apea (1930)
Taça Aliança da Bahia (1936)
Taça Prefeitura de Salvador (1936)
Taça Linha Circular (1938)
Taça de Campeões Rio-São Paulo (1941)Titulos Honorificos
Galo da Várzea (1910, 1913)
Campeão do Centenário (1922)
Campeão dos Campeões do Brasil (1929)
Tri tricampeão paulista
Campeão Honorário do Brasil: Torneio Rio-São Paulo (1950)
Fita Azul do Futebol Brasileiro (1952)
Campeão Internacional dos Invictos(1954)
Campeão dos Centenários (1922 e 1954)
Campeão Paulista do Século XX
Estaduais
Taça Beneficência Espanhola (1915, 1916);
Taça Cronistas Esportivos (1916);
Taça oferecida pelo dr. Alcântara Machado (1916);
Taça oferecida pelo sr. Celinho Ambrósio (1917);
Taça Amílcar Barbuy (1919);
Taça União Brasil (1919);
Taça 47 (1919);
Taça Neco (1920);
Taça Doutor Arnaldo Vieira de Carvalho (1920);
Taça Prefeitura Municipal de Guaratinguetá (1920);
Taça Ida (1921);
Taça Antarctica (1921);
Taça ao Preço Fixo (1921);
Taça Sacadura Cabral e Gago Coutinho (1922);
Taça Cântara Portugália (1922);
Taça Joalheria Castro (1925);
Taça Guido Giacominelli (1925);
Taça Agência Ford (1925);
Taça Studebaker (1925);
Taça Lacta (1926);
Taça Centenário do Uruguai (1926);
Taça Guanará Espumante (1926);
Taça Francisco Rei (1926);
Taça Apea (1926);
Taça De Callis (1926);
Taça Elixir de Cabo Verde Composto (1926);
Taça Adamastor (1926);
Taça Fábrica de Gelo Vila Mathias (1927);
Taça Sarmento Beires (1927);
Taça Ribeiro de Barros (1927);
Taça Tipografia Carvalho (1927);
Taça O Comerciário (1927);
Taça Almirante Sousa e Silva (1929);
Troféu Washington Luís (1930);
Taça Ministro do Chile (1928, 1931);
Troféu Liga Paulista (1939);
Taça Duque de Caxias (1941);
Taça Manoel Domingos Corrêa (1942);
Troféu Bandeirante (1954);
Troféu Lourenço Fló Júnior (1962)
Taça da Solidariedade (1994)

Aqui, a integra da nota oficial do Corinthians sobre a construção do estádio.