“É zero!”, diz Ribamar Alves sobre participação do PSB no governo Holanda Júnior

Ribamar Alves continua insatisfeito com o PSB no governo Edivaldo

Ribamar Alves continua insatisfeito com o PSB no governo Edivaldo Holanda Júnior 

O prefeito de Ribamar Alves voltou a mostrar insatisfação com a falta de espaços do PSB no governo Edivaldo Holanda Júnior (PTC).

Após a demissão da secretária adjunta da Semapa Conceição Marques, que é ligada a ele, Alves reagiu.

Ribamar Alves tem perdido a queda de braço com o vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha, que apesar de ser o presidente municipal da legenda, não demonstra preocupação com a falta de espaço. Possível candidato ao Governo em 2014, Rocha já conseguiu arrancar pelo menos o apoio de Edivaldo ao Senado Federal, seu principal objetivo.

“Como já disse antes, não indiquei ninguém para a Prefeitura de São Luís. É Zero. Essa é minha participação na gestão. Se há membros do PSB nomeados, eles são indicações pessoais do prefeito e de seus aliados mais próximos, até porque desde o início o próprio Edivaldo Holanda Júnior me informou que não aceitaria minhas indicações”, declarou.

Além da falta de espaços na gestão petecista, o PSB enfrenta outra crise interna. O deputado Marcelo Tavares e o seu tio, José Reinaldo Tavares devem deixar a legenda, por conta da candidatura de Rocha.

A O Estado, Marcelo disse apoiar Flávio Dino. “A candidatura de Roberto Rocha não faz o menor sentido”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *