Governo vai recuperar estrada que liga Quebra Pote à BR-135

Foto 1 Ordem de Serviço foto Antônio MartinsO secretário de estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva (PMDB), assinou, na tarde de ontem, na sede da Associação do Bumba Boi do Quebra Pote, ordem de serviço para recuperação asfáltica de mais de 12 quilômetros, na estrada que liga o povoado Porto, no Quebra Pote, zona rural de São Luís, à BR-135. O investimento do Governo do Estado na obra é de R$ 631.522,77. Também assinaram o documento os vereadores Francisco Carvalho (PSL), Bárbara Soeiro (PMN), Isaías Pereirinha (PSL) e Armando Costa (PSDC).

“A estrada foi feita há 14 anos dentro de São Luís, durante o 1º governo de Roseana Sarney, mas depois não teve conservação. Estamos aqui, atendendo a um pedido da comunidade e de vereadores da capital, para reconstruir e recuperar os 12 quilômetros da estrada beneficiando 12 comunidades, inclusive pequenos produtores e pescadores”, disse Luis Fernando.

O secretário lembrou que a empresa responsável pela obra já deu início aos trabalhos de recuperação, com a operação tapa-buracos, e que a zona rural é uma região importante para São Luís, pois é geradora de emprego e renda.

“A obra tem um sentido especial, por esta ser uma área de produção rural, e com a estrada funcionando fica mais fácil retirar daqui a produção agrícola, que é o sustento de muitas famílias. A estrada vai beneficiar aqueles que produzem e precisam escoar a produção, os jovens e crianças, que se deslocam daqui para estudar em outros bairros, e os pais e mães de famílias que passam o dia fora e precisam retornar em um transporte seguro, por um caminho seguro”, frisou Luis Fernando.

A vereadora Bárbara Soeiro afirmou que a estrada vai abrir caminhos em várias áreas beneficiando as comunidades. “Quando se tem estrada chega saúde, educação, respeito e dignidade para aquela população”. “A alegria maior de ver essa obra sendo realizada é para vocês que moram aqui, e graças à sensibilização do secretário Luis Fernando e do Governo do Estado, é possível ver que as ações já tiveram início e vão continuar”, complementou o vereador Francisco Carvalho.

Informações da Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *