Afonso Manoel é obrigado a retornar ao PMDB

Afonso Manoel já havia assinado a ficha no PSD

Afonso Manoel já havia assinado a ficha no PSD

O deputado estadual Afonso Manoel será obrigado pela direção estadual do PMDB a retornar às fileiras da legenda. A informação é do jornalista Jorge Aragão.

Ele havia deixado a sigla e ingressado no PSD, presidido hoje pelo secretário de estado da Fazenda, Cláudio Trinchão, para disputar a reeleição em 2014. Afonso chegou a discursar na tribuna da Assembleia Legislativa, no mês passado, informando que passaria a integrar o PSD.

Ocorre que o presidente estadual o PMDB, Remi Ribeiro, jamais concordou com a desfiliação de Manoel, e ameaçou pedir à Justiça Eleitoral, o mandado do parlamentar.

Na terça-feira, no entanto, eles haviam chegado a um acordo e Remi recuou de sua decisão, sob a justificativa de que o correligionário permaneceria na base do Governo. A direção nacional do partido, no entanto, logo em seguida, orientou todos os diretórios estaduais a não aceitarem a saída amigável de membros do partido, o que fez com que Remi obrigasse Afonso Manoel a voltar para a sigla.

O deputado estadual, então, deve deixar imediatamente o PSD e retornar para os quadros do PMDB. Não tem conversa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *