Eliziane diz que PPS não indicou Batista Matos para a Secom

Eliziane diz que PPS não tem cota no Governo Municipal

Eliziane diz que PPS não tem cota no Governo Municipal

A deputada estadual Eliziane Gama (PPS) afirmou com exclusividade a O Estado que a indicação do suplente de vereador Batista Matos (PPS) para a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luís não partiu do PPS, legenda a qual a parlamentar é presidente no Maranhão.

De acordo com a popular socialista, Batista faz parte da cota pessoal de Edivaldo e o seu vinculo com a administração petecista não tem relação alguma com o partido político. Eliziane Gama é virtual candidata a prefeita de São Luís em 2016 e portanto, adversária de Edivaldo, que buscará a reeleição.

“O PPS não tem participação alguma no governo de Edivaldo. A ida de Batista para a Secom, nada tem com o partido político. Ele é da cota pessoal do prefeito, pelo excelente jornalista que é e pelo carinho que o prefeito tem por ele”, disse.

Elziane afirmou que  o PPS permanecerá no campo da oposição ao prefeito de São Luís. “O PPS vai manter o seu posicionamento, que é o de oposição ao prefeito. Vale ressaltar que o fato de Batista Matos ter ido para a administração de Edivaldo, não significa em nada dizer que a legenda se aproximou do prefeito. Foi uma decisão de cunho pessoal, repito, que nada tem com o PPS no Maranhão”, completou.

Batista Matos ocupa a Secom

Batista Matos ocupa a Secom

Isolamento – Na semana passada, O Estado mostrou que líderes do PPS no Maranhão já se articulavam pelo isolamento da deputada Eliziane Gama, para  a eleição de 2016.

Os suplentes de vereador Batista Matos e Vieira Lima, além do segundo suplente de senador  Paulo Matos e do vice-prefeito de Imperatriz, pastor Porto, se alinham ao projeto do governador eleito Flávio Dino (PCdoB), que por sua vez já demonstrou, com algumas decisões tomadas, que trabalhará pela reeleição de Edivaldo.

Com a prerrogativa de poder indicar um nome do PPS para a administração de Flávio Dino, Eliziane Gama chegou a sondar os líderes em relação a eleição de 2016, há algumas semanas. Perguntou em quem eles votariam na próxima eleição para a Prefeitura de São Luís, caso fossem indicados para o primeiro escalão  da administração comunista. Recebeu como resposta que será no candidato apoiado por Flávio Dino.

O suplente de vereador e agora secretário Batista Matos, atuou como uma espécie de líder do Governo na Câmara Municipal durante o período em que substituiu o titular Estevão Aragão (SD).

Ele agora trabalha para que o segundo suplente, Vieira Lima, consiga assumir mandato na Câmara. Ambos contam com o apoio de Paulo Matos e do Pastor Porto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *