Promessa, fracasso, intervenção e Justiça…

Terminal do São Cristóvão: caos

Terminal do São Cristóvão: caos

A inédita decisão judicial de intervir na Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), para que a licitação das linhas de ônibus, uma das promessas de campanha do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC), seja de fato cumprida, é mais uma demonstração do quanto fracassada é a mudança imposta em São Luís pelo grupo político liderado pelo governador eleito Flávio Dino (PCdoB).

Edivaldo foi eleito em 2012 com o discurso do “novo e da mudança”. Prometeu revolucionar a educação, mas não conseguiu evitar que a maior greve da história dos professores da rede municipal ocorresse. Nada, portanto, de revolução num setor que sofre graves problemas na capital.

Ele também prometeu construir o Hospital dr. Jakcson Lago, mas nunca conseguiu sequer confirmar o local da obra ou fazer a licitação dos serviços. O 24º Batalhão do Exército Brasileiro, chegou a propor uma parceria e cedeu parte do seu território, na Avenida dos Africanos, mas Edivaldo recuou para beneficiar financiadores de campanha, e simplesmente não avançou.

Edivaldo foi eleito para fazer mudança, mas não conseguiu

Edivaldo foi eleito para fazer mudança, mas não conseguiu

Edivaldo também prometeu agir forte na mobilidade urbana, e construir novas vias para acabar com os congestionamentos na capital. Não há, no entanto, um meio-fio sequer na cidade, construído por Edivaldo. Nem a terceira etapa da Via Expressa, que segundo a parceria institucional com o Governo do Estado ficaria sob a sua responsabilidade, foi licitada. A terceira etapa, para quem não sabe, sairia do Cohafuma até a Avenida Santos Dumont.

O prefeito da mudança também não instalou GPS nas paradas de ônibus, resistiu em licitar as linhas de ônibus [também para favorecer financiadores de campana], não implantou o Bilhete Único e apenas aumentou a tarifa de ônibus da capital.

O novo e a mudança, portanto, apenas mexeu no bolso do contribuinte. Além de aumentar o valor da passagem [sem apresentar qualquer investimento no setor], Edivaldo reajustou o IPTU e tirou de milhares de famílias a isenção do imposto.

A intervenção na SMTT é sem dúvida um alívio para a população, que tem a esperança de algo definitivamente melhore. Porque se depender do prefeito que aí está…

2 pensou em “Promessa, fracasso, intervenção e Justiça…

  1. esse prefeitinho de ….. não sabe o que está fazendo na administração da cidade.
    parece que entrou na disputa somente para eleger o pai e depois sair.
    os amiguinhos dele na CPL parece que estão no jardim de infância. nada sabem fazer, pois sempre precisam interromper a licitação e correr para pedir ajuda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *