AMMA já interpelou Fernando Furtado

Fernando Furtado é do PCdoB

Fernando Furtado é do PCdoB

A Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) já interpelou o deputado estadual Fernando Furtado (PCdoB), que no mês de julho, durante uma audiência pública, assegurou ter presenciado um esquema de venda de sentenças entre um colega de parlamento e um emissário de desembargador, num posto de combustíveis na capital.

Na interpelação, que ocorreu por meio de processo criminal em tramitação até ontem no Órgão Especial do Tribunal de Justiça, a AMMA requereu ao deputado que declinasse, em juízo, deforma exata e concreta, os nomes dos membros da Justiça Estadual envolvidos no suposto esquema de corrupção.

O órgão sustenta que as declarações atribuídas ao parlamentar e divulgadas na imprensa, atentam contra a honra, a dignidade e garantias de todos os membros do Tribunal de Justiça – que foi quem determinou a interpelação -, e consequentemente, a todos os magistrados. O desembargador Paulo Vélten foi quem atuou como relator no processo.

Fernando Furtado, como atesta o sistema de busca de processos judiciais JurisConsult, já respondeu á interpelação. O blog, contudo, não teve acesso ao conteúdo da resposta do parlamentar.

Por meio de sua assessoria, o deputado Fernando Furtado afirmou que não se manifestará à imprensa sobre o tema.

3 pensou em “AMMA já interpelou Fernando Furtado

  1. quinta-feira, 5 de novembro de 2015 – Blog Correio Buritiense
    MINISTRO DO TSE CONCEDE LIMINAR E RAFAEL MESQUITA VOLTA À PREFEITURA DE BURITI/MA.
    De Brasília, o prefeito Rafael Mesquita concedeu entrevista, EXCLUSIVA, por telefone, ao Correio Buritiense.
    Em sua fala ao blog, ele acusou haver interferência do Palácio dos Leões na decisão que o cassou no Maranhão.

  2. Pingback: Deputado comunista vai ter quer dizer nomes de juízes envolvidos em propina

  3. Pingback: Deputado comunista vai ter quer dizer nomes de juízes envolvidos em propina | Blog do Ludwig

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *