Pré-candidatos a prefeito de São Luís têm até sexta-feira para trocar de partido

ElizianePré-candidatos a prefeito de São Luís só têm até a próxima sexta-feira para efetuar a troca de partido político, sem que haja o risco de perda de mandato eletivo.

Isso porque no dia 18 de fevereiro deste ano, o Congresso Nacional promulgou emenda à Constituição (PEC) que fixava janela para que todo detentor de mandato pudesse se desfiliar de partidos sem perder o mandato por infidelidade partidária.

Na capital, as atenções se voltam principalmente para a deputada federal Eliziane Gama, hoje no Rede, para o deputado estadual Bira do Pindaré, no PSB e para o deputado federal, João Castelo, do PSDB.

BiraGama tem convite para filiar-se ao PSB. Migrando para o partido, ela conseguiria neutralizar e inviabilizar a pré-candidatura de Bira do Pindaré pela sigla. Apesar disso, há resistência ao seu nome na legenda. Esta resistência é capitaneada por Marcelo Tavares, secretário-chefe da Casa Civil e por Luciano Leitoa, presidente do PSB e prefeito da cidade de Timon.

Bira do Pindaré, por sua vez, tem convite para filiar-se ao PT, sigla pela qual iniciou a sua trajetória política. Ele, contudo, tenta se manter no PSB, onde também teria como vantagem a estrutura partidária.

Castelo enfrenta tem como adversário dentro do PSDB, Neto Evangelista

Castelo enfrenta tem como adversário dentro do PSDB, Neto Evangelista

Já o deputado federal João Castelo, analisa a possiblidade de ingressar em outra legenda, diante da dificuldade imposta pelo comando do PSDB, à sua candidatura. Castelo não se relaciona com o vice-governador Carlos Brandão, presidente estadual do partido, e enfrenta, agora, a pré-candidatura do também tucano, Neto Evangelista.

A saída do PSDB, portanto, não está descartada.

O prazo, no entanto, que cada um dos pré-candidatos dispõe no momento, é a sexta-feira. Depois disso, não haverá mais o que fazer…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *