Tensão e factoide

Lobão aguarda o levantamento do Ibope mais tranquilo

Lobão aguarda o levantamento do Ibope mais tranquilo

Os candidatos a governador – todos eles – assumiram ontem que a pesquisa do Ibope, que será divulgada amanhã pela TV Mirante e na edição de domingo de O Estado, será mesmo a baliza que norteará a corrida eleitoral no Maranhão.

O levantamento a ser divulgado amanhã pelo JMTV 2ª Edição, da TV Mirante, que o contratou, mantém a tradição de várias eleições, seguindo, assim, uma orientação da nave-mãe, a Rede Globo. Isso não significa dizer que pesquisas de institutos como Escutec e Econométrica não possam fazer esse balizamento.

Flávio Dino tenta criar factoides antes do levantamento

Flávio Dino tenta criar factoides antes do levantamento

Podem, sim, porque são empresas de estatística sérias, acreditadas e de qualidade comprovada. Serão sempre referência, porque o histórico de cada uma o justifica. O Ibope, porém, além de ser uma espécie de “instituição nacional” das pesquisas, tem peso decisivo na medição da sucessão presidencial, estando, portando, em condições de causar maior impacto com a divulgação do cenário que encontrar na corrida sucessória no Maranhão.

Os seus números certamente balizarão a disputa e serão levados em conta na tomada de posição dos candidatos a governador e a senador no Maranhão. Não é sem razão, portanto, que os dois principais candidatos a governador estão aguardando os números com posições tão diferentes. As seguintes: Lobão Filho está tranqüilo, apesar da forte expectativa. Flávio Dino e seus assessores mais próximos estão muito tensos, e criam até factoides para amenizar a tensão.

Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão

Iziane nega apoio a Flávio Dino

izianeA jogadora de Basquete, Iziane Marques, que já atuou pela Seleção Brasileira, desmentiu e desmoralizou o comunista Flávio Dino (PCdoB), candidato a governador do Maranhão.

Flávio utilizou em seu site oficial de campanha supostas declarações da atleta com um tom eleitoral, como se ela tivesse feito elogios à atuação do comunista, principalmente em relação ao período em que exerceu mandato de deputado federal.

A matéria foi publicada ontem no site de Flávio, e até a postagem desse texto [19h30], permanecia disponível na página de campanha.

Iziane, no entanto, por meio de sua assessoria de imprensa, desmentiu o texto publicado no site de Flávio e afirmou que o seu “palanque é a quadra”.

Abaixo a nota assinada pela assessoria da atleta. A Flávio Dino, fica a crítica do blog em relação a mais um factoide criado…

 Nota

A atleta Iziane Castro Marques, jogadora do Maranhão Basquete, Seleção Brasileira e WNBA, afirmou, em nota, que sempre defendeu a valorização e estruturação do esporte maranhense e que essa defesa é permanente e apartidária, não implicando em declaração de voto, como fez crer release distribuído pela assessoria do candidato ao governo do Estado, Flávio Dino, do PCdoB.

“Fico sempre muito feliz quando ouço propostas de projetos que envolvem o esporte. Para mim, o importante é a conscientização de que esporte é educação, pois a prática esportiva cria hábitos que são para a vida toda”, declarou Iziane.

“E eu sou um exemplo disso, pois nasci e fui criada em um bairro da periferia de São Luis e, graças ao esporte, cheguei à Seleção Brasileira e à maior liga de basquetebol do mundo, nos Estados Unidos, além de ter jogado em times de vários países”, disse.

Para Iziane, o incentivo ao esporte tem que constar dos planos de governo de todos os candidatos: “eu apoio o esporte, independentemente de tudo. Aliás, foi graças à Lei de Incentivo ao Esporte, do governo do Estado, que conseguimos firmar o basquete do Maranhão entre os melhores do Brasil”.

“O meu palanque é a quadra e o meu candidato é, e continuará sendo, o esporte”, enfatizou a atleta, para concluir que “essa é uma opção que está acima de candidatos ou partidos”.

Desfeito mais um factoide da oposição contra Lobão Filho…

lobao_ficha-limpaDesde o início da semana, blogs e deputados oposicionistas insistem no factoide de que o senador e pré-candidato Lobão Filho (PMDB) teria contra si uma condenação na Justiça Federal com pena de detenção.

O deputado Bira do Pindaré (PSB), que há pouco respondia a um processo no Tribunal de Contas da União (TCU), chegou a questionar se o peemedebista poderia ou não disputar a eleição de outubro, levando-se em consideração a Lei da Ficha Limpa. Uma tentativa de levar a população a ficar em dúvida em relação à legitimidade da candidatura de Lobão.

Mesma tática adotada por Flávio Dino (PCdoB), segundo Igor Lago (PPS), filho do ex-governador Jackson Lago (PDT), na eleição de 2010. Igor afirmou inúmeras vezes, que Jackson foi vítima de perseguição e traído pelo comunista naquela oportunidade.

Hoje, uma certidão da Justiça Federal lança por terra o factoide criado pela oposição, que parece em desespero com o crescimento e a consolidação de Lobão Filho na disputa eleitoral.

A certidão mostra que “nada consta” contra o senador. Certamente, a oposição agora providenciará algum outro factoide para tentar frear o avanço do adversário, que em pouco mais de um mês de pré-campanha já aparece em pesquisa de intenção de voto com cerca de 20 pontos percentuais.

Desespero?

Mais um factoide da oposição…

Lobão Filho é o candidato do grupo para a eleição

Lobão Filho é o candidato do grupo para a eleição

Talvez assustada com o desempenho do senador e pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, Lobão Filho, oposicionistas insistem em plantar o factoide de que o candidato do grupo para a eleição de outubro será o senador João Alberto (PMDB) e não Lobão Filho.

Lobão assumiu a condição de representante do grupo no dia 6 de abril, logo após a desistência do ex-secretário de estado da Infraestrutura, Luis Fernando Silva (PMDB). De lá para cá, conseguiu apoio do ex-presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, do PT, de todos os deputados estaduais da base governista e de mais de uma centena de prefeitos do Maranhão.

Na pesquisa de intenções de votos Exata/TV Guará, registrada na Justiça Eleitoral e que entrevistou 2 mil eleitores em 49 municípios do estado, Lobão aparece com 23% das intenções de votos, mesmo sem ter peregrinado pelo interior do estado, como faz há pelo menos dois anos o seu adversário, o comunista Flávio Dino (PCdoB).

Em pouco tempo, Lobão já conseguiu mostrar maturidade e convicção da possibilidade de ser eleito ainda no primeiro turno. Não recua diante das provocações da oposição e já propôs um  debate político com Flávio.

Tudo isso parece incomodar a cada dia os membros da oposição, que tentam espalhar aos quatro ventos que ele não será mais candidato. Uma tentativa de enfraquecer e provocar constrangimento ao peemedebista.

Bobagem e desespero.

Lobão é o candidato legítimo do grupo. E é bom que a turma dinista comece a se acostumar com a ideia, até porque não há outra alternativa no grupo governista.

O factoide da oposição…

Marcelo Tavares

Deputado estadual Marcelo Tavares

O deputado estadual Marcelo Tavares (PSB), tentou criar hoje, na Assembleia Legislativa, a imagem de um Governo do Estado que não se preocupa com a sua capital, São Luís. Puro oportunismo e jogo político.

Levou uma espécie de planilha de convênios firmados entre o Executivo Estadual e prefeituras, que somam o equivalente a R$ 500 milhões. Segundo ele, nenhum centavo destinado à capital.

Nem precisa fazer um esforço grande de memória para saber que os maiores investimentos do governo Roseana Sarney (PMDB) foram na capital.

Somente São Luís recebeu 7 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e que atendem a população com excelência, fato inúmeras vezes até reconhecido pela oposição. Também houve investimento na reforma dos hospitais como o Geral, Carlos Macieira e o Juvêncio Matos. Vale destacar que o Carlos Macieira se tornou um hospital de Alta Complexidade.

Na área de infraestrutura estão para serem entregues duas novas avenidas que devem melhorar pelo menos de forma sensível o tráfego de veículos em São Luís: a Via Expressa e a IV Centenário. Também está em andamento a duplicação da Avenida dos Holandeses, no trecho do Araçagi.

Em relação a Via Expressa, especificamente, uma coisa precisa ser inclusive esclarecida. No ano passado, após firmada uma parceria institucional entre Governo e Prefeitura, Edivaldo Holanda Júnior (PTC) ficou com a responsabilidade de construir a terceira etapa da avenida, que vai do Ipase ao Anil, ligando a via à Santos Dumont. Até hoje, no entanto, ele sequer elaborou o projeto.

Também no ano passado, como bem lembrou o deputado Roberto Costa (PMDB), o Governo do Estado tentou asfaltar as ruas da Vila Luizão. Edivaldo, no entanto, no jogo sujo da política e orientado por comunistas, mandou a Blitz Urbana impedir que as máquinas da Sinfra atuassem. Resultado: quem perdeu foi a população, que não viu o serviço por parte do Governo ser feito, muito menos assistiu iniciativa da Prefeitura no mesmo sentido.

E depois de tudo isso quem não cuida do município é a administração estadual. Pode.?