Militantes do PRTB declaram apoio a Eduardo Braide

eleicoesO suplente de vereador Basileu, Marcelo Carneiro e o vereador eleito Silvino Abreu, todos do PRTB, declararam apoio ao candidato Eduardo Braide, na noite desta segunda-feira (10).

“O time 33 tem ganhado reforços importantes. Quem está vindo para a nossa campanha entendeu que o nosso projeto é governar São Luís para a população, que merece uma cidade digna, com serviços que funcionem. O apoio do grupo do PRTB vem somar a esse nosso projeto para os próximos quatro anos”, disse Eduardo Braide.

Oficializada fusão de PV e PRTB com o Bloco Democrático na Assembleia

Edilázio é o líder do bloco

Edilázio é o líder do bloco

Foi oficializada ontem na Assembleia Legislativa, a fusão entre as bancadas do PV e do PRTB com o Bloco Parlamentar Democrático, que agora passa a ter o status de maior bloco da Casa.

Além dos dois partidos, o colegiado conta com deputados do PEN e do PR, e tem 10 membros ao todo.

O parlamentar Edilázio Júnior (PV) é quem lidera o bloco. Já o  deputado Jota Pinto (PEN), que integra o colegiado, foi eleito – após idas e vindas -, para a presidência da CCJ em 2014.

O bloco já negocia a participação nas demais comissões da Casa, que serão discutidas a partir da próxima semana.

Prisão de Carioca é revogada

Suplente de vereador já havia conseguido habeas corpus na Justiça Estadual

Carioca havia deixado a prisão semana passada

Carioca havia deixado a prisão na semana passada

O suplente de vereador de São Luís, Paulo Roberto Pinto Lima, o Carioca (PRTB), conseguiu na Justiça alvará de soltura, assinado pela juíza Samira Barros Heluy. Carioca, que havia sido preso por ter faltado às audiências de instrução de um processo em que ele é acusado de posse sexual mediante fraude, já estava solto desde a semana passada, mas apenas por força de um habeas corpus concedido pelo desembargador José Bernardo Silva Rodrigues.

O alvará de soltura ocorreu logo após advogados do suplente de vereador entrarem com recursos na 2ª Vara da Comarca de Itapecuru-Mirim. Na decisão, a juíza Heluy destaca que após ter analisado os autos, verificou que “restaram demonstradas as alegações do reu, bem como a falta de concreta ameaça à aplicação da lei ou instrução processual com sua soltura”.

“Ocorre que, consoante demonstrado no presente pedido, por meio de farta documentação, é o acusado pessoa pública, porquanto suplente de vereador na cidade de São Luís, fato de ampla notoriedade, com endereço fixo e família constituída, sem antecedentes criminais, não havendo, portanto, que se cogitar, no presente momento, na existência de qualquer ameaça à aplicação da lei penal”, considerou.

“À vista de tais considerações, revogo a prisão preventiva decretada em desfavor do de Paulo Roberto Pinto Lima”, decidiu a juíza.

 

Carioca consegue Habeas Corpus e deixa a prisão

Carioca deixa a prisão hoje

Carioca deixa a prisão hoje

O suplente de vereador de São Luís, Paulo Roberto Pinto Lima, o Carioca (PRTB), que concedeu entrevista ontem à Rádio Mirante AM para falar a respeito do medo de ser assassinado no presídio de Pedrinhas, para onde seria encaminhado hoje, conseguiu habeas corpus do Tribunal de Justiça do Maranhão, e irá ser colocado em liberdade.

Carioca, que havia sido preso por ter faltado às audiências de instrução de um processo em que ele é acusado de posse sexual mediante fraude, permanecia no centro de triagem de presos. O crime de posse sexual mediante fraude ocorreu em Itapecuru-Mirim, em 2006.

O habeas corpus concedido ao suplente de vereador é assinado pelo desembargador José Bernardo Silva Rodrigues.