Rodoviários ameaçam parar ‘de novo’ em São Luís

Nota

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão comunica a toda população de São Luís, que mais uma vez, os empresários tentam descumprir acordo firmado em convenção coletiva de trabalho. Em algumas garagens, os trabalhadores foram informados que o adiantamento de salário, que deve ser depositado nas contas todo dia 20, nesse mês, pode ser pago com atraso, ou seja, somente no dia 25.

A entidade torna pública, a insatisfação diante dessa informação. A diretoria do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão reafirma que não vai mais tolerar esse tipo de postura adotada pela classe empresarial, que fere diretamente os direitos dos trabalhadores e causa inúmeros transtornos a categoria. A orientação, é que se na data prevista para o pagamento de adiantamento de salário (20 de fevereiro), os empresários não cumprirem, o que determina a convenção, motoristas, cobradores e fiscais deverão cruzar os braços, logo na data posterior, ou seja, 21 de fevereiro.

Lembramos que no caso das empresas, com pagamento dos trabalhadores em dia, essas não sofreram qualquer tipo de punição, já que estão cumprindo corretamente o acordo.

São Luís registrou 657 assaltos a ônibus em 2015

onibusO número de assaltos ônibus quase dobrou em 2015, em relação ao ano de 2014. É o que mostra relatório do Sindicato dos Rodoviários de São Luís, apresentado hoje à imprensa.

No ano passado, quando Flávio Dino (PCdoB) iniciou o seu primeiro ano de mandato, foram registrados 657 assaltos, contra 366 em todo o ano de 2014.

Resta saber qual será o posicionamento do Governo do Estado a partir de agora, já que tem manipulado com frequência dados sobre a violência em São Luís.

Aluisio Mendes será homenageado em São Paulo

AluisioO Sindicato dos Servidores Públicos Civis Federais do Departamento de Polícia Federal no Estado de São Paulo (Sindpolf/SP) elegeu o deputado federal Aluisio Mendes (PMB) como ‘Personalidade do Ano 2015’, pela atuação em defesa da categoria e da segurança pública. Ele receberá a homenagem na próxima segunda-feira, no auditório da entidade, na capital paulista.

O presidente do Sindpolf/SP, Alexandre Santana Sally, explica que o sindicato criou este ano essa forma de homenagear as personalidades que se destacam na defesa dos policiais federais. Ele ressaltou que o deputado federal Aluisio Mendes tem abraçado todas as causas da categoria.

“O deputado Aluisio tornou uma referência muito importante para nós na Câmara Federal. Ele abriu portas para a Federação Nacional dos Policiais Federais e é quem melhor representa nossa categoria, pois além de deputado é também agente federal. Nós precisávamos dessa representação no Congresso Nacional”, enfatizou Alexandre Sally.

Em sua atuação parlamentar, Aluisio Mendes tem cobrado melhores condições de trabalho para os policiais federais e, dentre outras medidas, a convocação dos excedentes em concursos da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O Sindpolf/SP convidou todos os seus associados para a homenagem que será feita às 14 horas da próxima segunda-feira na sede da entidade em São Paulo, logo após assembleia geral da categoria.

Professores da UFMA querem se livrar da Apruma

Sindicato I

Uma guerra sindical está em curso na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Cansados e inconformados com a política trabalhista mantida pela Apruma, que é controlada pelo PSTU, nanico da ultraesquerda zangada, professores estão formando um novo sindicato. Esse grupo, que reúne representantes das mais diversas áreas, avalia que a Apruma não mais os representa.

Sindicato II

Uma fonte do movimento de criação do novo sindicato de professores da UFMA cita o momento atual como exemplo da decadência da Apruma. Informou que numa assembleia que contou com a participação de apenas 19 associados, o comando da Apruma decidiu parar fechar o campus. A julgar pelo ânimo dos organizadores, o novo sindicato vem forte e decidido a atropelar a Apruma.

Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão

Roberto Costa diz que Flávio Dino manipula Sinproessema

Roberto diz que há manobra de Dino

Roberto diz que há manobra de Dino

O deputado estadual Roberto Costa (PMDB) denunciou hoje na Assembleia Legislativa, uma tentativa da oposição de desestabilizar o Governo do Estado com o que classificou de “falsas denúncias” referentes ao setor de Educação. Segundo o parlamentar, Flávio Dino (PCdoB) tem se aproveitado do Sinproessema para colocar a gestão da Seduc contra a opinião pública.

De acordo com o peemedebista, não é verdade que haverá cortes na educação em 2014 como protesta o sindicato. Ele afirmou que tudo não passa de um total desespero de oposicionistas. “O secretário Pedro Fernandes inclusive já veio a público informar que não haverá cortes. Pelo contrário, há um acréscimo de quase R$ 200 milhões na pasta se levarmos em consideração o último orçamento do Estado”, afirmou.

Ele afirmou que o sindicato dos professores tem se deixado usar pela oposição, o que compromete sua credibilidade na representação dos direitos da categoria. “O sindicato para mim não tem compromisso com a categoria. Tenta criar um movimento onde não se tem sentido dentro da categoria. Não se pode discutir a educação sem levar em consideração os avanços do governo Roseana Sarney. Nós aprovamos aqui o Estatuto do Professor, a maior reivindicação da categoria, uma reivindicação histórica. Agora o professor Júlio tenta uma manobra político partidária para beneficiar o chefe dele, o doutor Flávio Dino”, afirmou.

“Tenho certeza de que não é o sindicato e sim Flávio Dino quem tenta criar essa instabilidade. Mas o sindicato vai mais uma vez passar vergonha, porque não tem o apoio da maioria dos professores. O sindicato perdeu credibilidade”, completou.

Corre nos bastidores da Assembleia, que o presidente do Sindicato dos Professores, Júlio Pinheiro, será candidato a deputado estadual em 2014. Será?